Arquivo

Arquivo do autor

5 momentos de perversão sexual nos jogos antigos

À medida que os games foram evoluindo, novos temas consideravelmente mais “adultos” passaram a ser abordados nos jogos. Inevitavelmente, o erotismo está dentre as novas tendências de roteiro dos games atuais. Cada vez mais presentes e explícitas, as cenas de sexo podem servir tanto à proposta de avançar ou adicionar algum elemento à trama – como visto em Heavy Rain –  como também a de ser apenas um minigame, uma experiência efêmera que apenas quebra o gelo – como no caso da série God of War, por exemplo. No entanto, não é de hoje que os desenvolvedores procuravam diversas formas de representar a libertinagem através das limitações tecnológicas. Às vezes, a coisa era bem sutil; em outras, nem tanto. Confira uma lista com cinco dos momentos mais devassos do retrogaming! Mas antes, claro, tire as crianças da sala.

.

Leia mais…

Categories: artigos, humor

Relançamento de Sonic CD é anunciado oficialmente pela Sega!

E o que antes era apenas um leve rumor, finalmente toma realidade. Um dos jogos mais polêmicos e negligenciados da série clássica do personagem finalmente retorna neste relançamento para as plataformas atuais. Sonic CD, lançado originalmente para o Sega CD em 1993, terá novas versões disponíveis para a Xbox LIVE Arcade, PlayStation Network, iPhone e iPod touch, iPad, PC, Android e Windows Phone; todas elas com a trilha sonora original japonesa, composta por Masafumi Ogata e Naofumi Hataya, e considerada por muitos como superior ao retrabalho que Spencer Nielsen fez à pedido da Sega para a localização da versão americana.

.

Leia mais…

Categories: notícias

Maratona Game Movies – Tomb Raider: A Origem da Vida (2003)


Ela é sexy, forte e inteligente. Tão inteligente que conseguiu mais de 274 milhões de dólares nas bilheterias do mundo todo, com Tomb Raider. É claro que, com um sucesso desses, Lara Croft deveria voltar para mais uma aventura, certo? Pois então: A Origem da Vida”, lançado em 2003, traz Angelina Jolie de volta no papel da heroína bem dotada em mais um filme entupido de ação. Mas isso é bom ou ruim? Bem, depende do ponto de vista. E o meu, você confere agora! Leia mais…

O Que Estamos Jogando #01


Bem amigos do Passagem Secreta! Hoje estamos inaugurando uma nova seção fixa no blog com a pretensão de ser regularmente periódica: O Que Estamos Jogando é o nome da dita cuja. A ideia é a de mostrar o que cada colaborador do site está apreciando no momento, através de uma leve descrição subjetiva que pode servir também como recomendação (ou não) para vocês que nos acompanham – lembrou do Reader Roundtable, do excelente Sega-16? Então, é mais ou menos por aí. Além disso, é uma ótima forma de conhecer melhor essa galera do barulho que pinta o sete em cada um dos artigos do blog, assim como debater as experiências de jogo, que como a gente sabe bem, podem variar de acordo com cada um.

Sem mais delongas, vamos seguir em frente, começando com Leia mais…

Categories: O Que Estamos Jogando

O quê Resident Evil 3 e Hellraiser têm em comum?

Quem jogou Resident Evil 3 passou por maus bocados fugindo do Nemesis. A criatura, engedrada pela Umbrella com o único propósito de aniquilar todos os membros da S.T.A.R.S., perseguia a protagonista Jill Valentine durante todo o jogo, rendendo vários sustos e momentos de tensão aos mais afoitos. Não é a toa que a versão americana tem o subtítulo com o mesmo nome da ameaça; afinal de contas, se não fosse por ele, RE 3 seria bem menos interessante.

Mas interessante mesmo seria essa possível inspiração que rolou na criação do personagem: Nemesis se parece muitíssimo com o Chatterer, um dos Cenobites do clássico de terror Hellraiser – Renascido do Inferno, lançado em 1987 e que marcou a estreia de Clive Barker como diretor de um longa-metragem.

Eis uma imagem do maior pesadelo da Jill: Leia mais…

Categories: curiosidades, Playstation

Podcast Passagem Secreta – Creepypastas, lendas urbanas e histórias cabulosas


O mês de agosto não é apelidado de “mês do desgosto” à toa. Muitos acontecimentos guardados como tragédias na História ocorreram neste período do ano, como o início da Primeira Guerra Mundial e o suicídio de Getúlio Vargas, em 1954. A crença popular determina a época como sendo do mau agouro, do azar, dos piores momentos e, para completar, é também o mês do cachorro louco!

Diante disso, é uma ótima oportunidade para lançar o mais novo Podcast do Passagem Secreta, que não somente é uma tragédia por si só, como também trata de um assunto que sempre gera interesse por parte da galera que acessa o blog: as Creepypastas mais famosas dos games!

Leia mais…

R360 G-LOC: O simulador de combate aéreo definitivo da Sega

Na época de ouro dos Arcades, os frequentadores não pagavam apenas para jogar games mais avançados tecnicamente do que os encontrados em casa; havia ali a presença de diversas máquinas prometendo novas experiências e aventuras, ao custo de alguns poucos centavos. No pioneirismo desse laboratório encontrava-se a Sega, que, desde Space Harrier e seus controles analógicos passando por Outrun e o conceito do force feedback no volante, procurava sempre imergir os jogadores através de novas e criativas formas com os seus games que utilizavam tecnologia avançada. O ápice disso pode ser representado na cabine R360, lançada em 1991, e que se tornou conhecida por um dos poucos arcades que causavam medo e pânico aos que se aventuravam nela. Quer saber por quê? Então abaixe a barra de segurança, coloque o cinto, levante o nivelador, e caso se sinta mal, lembre-se do botão de emergência!

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades

Os 5 métodos mais inusitados para combater a pirataria nos games

DRMs, distribuição digital, serviços de autenticação online: as distribuidoras de jogos estão criando cada vez mais novas barreiras para bloquear qualquer tentativa de cópia não autorizada – ou, como alguns preferem chamar, pirataria. As coisas estão ficando cada vez mais insanas, a ponto de a Ubisoft requerer conexão constante à Internet para jogar seus games; ou seja, caso sua conexão caísse ou os servidores de autenticação da empresa parassem de funcionar (o que aconteceu), o jogo deixaria de funcionar. A atitude foi desfeita pela empresa no início desse ano, mas só mostra o quão ela está disposta em controlar ao máximo seus direitos sobre determinada obra – assim como os direitos de quem comprou o jogo…

Essa nova abordagem está se tornando ainda mais discutível, graças à insatisfação dos consumidores devido aos abusos praticados pelas distribuidoras. No entanto, antes (e também depois) da Internet, havia diversas formas no mínimo inusitadas para não só combater a pirataria, como também para dar uma bela de uma sacaneada em quem havia adquirido uma cópia de forma não convencional. Em alguns jogos, a coisa se torna sádica e vergonhosa, como você verá a seguir.

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades

Censura na abertura de Street Fighter II Special Champion Edition do Mega Drive

Isso não é algo novo, tanto é que sempre é citado nos fóruns e outros posts da vida relacionados a Street Fighter II e as conversões polêmicas para os consoles. Inclusive, se não me engano, foi citado na Old Gamer Nº 1, na extensa matéria sobre o game. No entanto, para quem não conhece ainda a história, há uma diferença na abertura da conversão de Street Fighter II Special Champion Edition para o 16-bit da Sega. Na abertura original de arcade, se analisarmos a cena da forma, er, social, um afro-descendente apanha de um caucasiano, o que foi mantido na versão japonesa do game para o Mega Drive.

Leia mais…

Categories: curiosidades, Mega Drive

Giygas (Mother 2/Earthbound, SNES), o chefe mais assustador de todos os tempos

Como pode-se ver pela foto, o post não é para os cardíacos, emotivos ou simplesmente medrosos. Mas de certa forma, eu sei que você tem pedido por isso, principalmente após acompanhar outras histórias cabulosas aqui no Passagem Secreta, como o mito de Lavender Town. Porém, diferente desse caso, o post a seguir é uma experiência de jogo real, sem subliminaridades ou contos fabricados: aqui, o negócio é pra valer mesmo! Por isso, caso ainda não conheça, venha conferir a história por trás de Giygas, o chefe final de Mother 2 (Earthbound) de SNES… Se tiver coragem!

Leia mais…

Mais incrível ainda: Depois de CrazyBus, fizeram o CrazySonic!

Você já viu aqui no Passagem Secreta o jogo que rebaixou os degraus que definem a mediocridade e estuprou sua audição de forma jamais ouvida antes no Mega Drive (Menu de Sonic Spinball, estou apontando para você!). Já acompanhou também o campeonato insano feito com o jogo, em um encontro onde, parafraseando a brilhante Marina Person, “um bando de marmanjos se trancam numa casa para jogar games que a moçada de hoje nem conhece”. Agora, para dar continuidade a esta saga incrível, o Hyper Emerson, do site parceiro The Twosday Code, fez uma versão Sonic do jogo, unindo a emoção do original à adrenalina presente nos jogos do ouriço de uma forma jamais vista!

.

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades

Videocast – Sonic CD, o mais polêmico da franquia?


Não tinha como dar outra: Sonic CD ganhou a enquete realizada, com mais de 50% dos votos! Em 2º lugar, com apenas 13%, ficou o Knuckles Chaotix e, em último, Sonic R, de Saturn.

Confira o resultado do Vox populi

Por um momento, havia pensado que as pessoas estavam votando apenas para me sacanear, devido a um post recente em que me mostrava não muito favorável ao jogo. Mas depois percebi que o jogo merece ser querido, pois o joguei o suficiente para entendê-lo de outra forma, e me divertir bastante com ele.

Maaaaas Leia mais…