Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Nes’

5 jogos de wrestling até os 16 bits que você vai gostar de conhecer

underyokoEssa semana nós temos a Wrestlemania que é o maior evento do Pro Wrestling mundial. Para celebrar, vamos falar de 10 jogos de wrestling até os 16 bits que valem bastante a pena jogar. Os jogos de wrestling começaram a ficar melhores nos 32 bits com os jogos da WWF (atual WWE) e os da WCW (que atualmente pertence a WWE) como os dois WWE Smackdown e o WCW vs the World, permitindo a criação de personagens, modo carreira e muitos modos divertidos.

Nos 16 bits, muitos jogos sofrem com cortes, inclusive com personagens muito iguais, como o pesadão Yokozuna e o grandão Undertaker (veja foto) como sendo da mesma altura e peso nos sprites. Isso só mudou com a entrada da Midway no combate e mesmo com a Capcom. Essas sugestões de jogos são para quem quer conhecer melhor o esporte. O básico da luta livre é simples: Faça um pin, ou seja, prenda o adversário no chão, de modo que na contagem do juiz, até três, encerre a disputa.

Os jogos aqui talvez não sejam os melhores, mas são jogos que valem a pena conhecer.

Leia mais…

Passagem Pirata #07 – Especial Street Fighter nos 8 bits

A PassagemPirata2
sfPraticamente encerrando a série sobre jogos piratas no NES, vamos falar de Street Fighter. Dessa vez, não tão somente no NES, mas também nos 8 bits da SEGA. Dessa vez, não teve enquete já que ele perdeu para os outros dois candidatos: Os da SNK e Mortal Kombat. Os jogos de Street Fighter são os pais dos jogos de luta pirata, já que é com a engine de jogos como o Master Fighter II é que foram feitos os outros jogos como os Mortal Kombat citados na sua parte. Uma matéria que pode ser usada de apoio aqui é essa, sobre como as revistas viam os jogos piratas. Assumo que a minha vontade aqui era fazer um vídeo, mas não tenho recursos para tal.

Leia mais…

O grande segredo de Uncanny X-Men (NES)

60515-the-uncanny-x-men-nes-screenshot-title-screen-which-cyclesNão há dúvidas de que esse jogo seja um dos piores do NES e ao que parece, fez sucesso no Brasil. Nesse jogo, com visão por cima (de certa forma, lembra um shump livre) você começa escolhendo a fase: “Pratice”, “Futurecity Street Fight”, “Subterranean Confrontation”, “Search & Destroy the RoboFactory” e “Battle trough a living starship”. Logo depois, deve-se escolher dois personagens entre esses da lista, mesmo se for para 1 jogador: Wolverine, Cyclops, Nightcrawler, Iceman, Colossus, Storm e Wolverine. Esqueci de dizer o porquê do jogo ser ruim: Um dos motivos é que ele foi feito pela LJN, os gráficos são fracos e repetitivos, só temos tiros para todo lado contra inimigos estranhos. Veja abaixo a resenha do Angry Videogame Nerd (tradução de Mangekyou do blog Nerd Uai!)

Leia mais…

Categories: Nes, segredos

Cinco mensagens que programadores revoltados deixaram nos jogos [1]

mensagensescondidasUm programador de jogos dos anos 80/90 devia ter uma rotina frustrante, na qual eram horas dedicadas ao trabalho, com pressão para lançarem rápido o jogo (um exemplo? ET) sendo que quase que a programadora envolvida com o cancelado Sonic X-treme quase veio a falecer devido á pressões da Sega. Então, muitas vezes esses programadores resolvem extravasar contra esses chefes chatos ou contra hackers que possam mexer nos códigos dos programas. Então, eles deixam na linha de código isso, ao invés de expressar isso na imprensa, já que entrevistas com programadores nesse período era algo bem raro, mesmo em revistas especializadas, à exceção de revistas europeias sobre jogos de computador.

Leia mais…

Tecmo Super Bowl: jogo de NES que ganha versões novas até hoje

Estamos perto do Super Bowl, a grande final do futebol americano e esse é um jogo clássico. Tecmo Bowl foi um jogo lançado para os arcades pela fabricante Tecmo, que fez um sucesso moderado.

Lançado em 1988, seus gráficos seguiam um padrão já de 16 bits (Lembra até o Joe Montana Football II de Mega pelos sprites grandes). A partida rolava em duas grandes televisões que emuladas, convertem-se em uma. Tinha dois detalhes: era ao mesmo tempo realista nos gráficos, mas não realista nas ações, com muitos lances podendo render uma interceptação, algo não normal no jogo. O jogo depois, seria convertido para NES e Game Boy, com cutscenes no intervalo e ao ter touchdown.

A versão do NES foi o primeiro jogo de futebol americano a ter os nomes dos jogadores de forma oficial, sendo considerado produto oficial da National Football League (a NFL). Em 1991 sai uma atualização do jogo, somente para NES, chamado Tecmo Super Bowl que em 1993, o mesmo jogo é adaptado para Mega Drive e Super Nintendo, além de duas versões posteriores para consoles de 16 bits (II: Special Edition e III: Final Edition) até os recentes Tecmo Bowl Kickoff (para Nintendo DS) e Tecmo Bowl Throwback (para PS3 e XBox360).

Leia mais…

Categories: diferentes sistemas, hacks, Nes

Passagem Pirata #06: Especial Mortal Kombat no NES

.

.

Como Mortal Kombat venceu a última enquete, ele será o principal desse Passagem Pirata. No próximo falaremos dos Street Fighters para NES. Mas ainda aqui teremos duas enquetes para definir o jogo do Passagem Pirata 08! Veja o resultado:

Leia mais…

Categories: Nes, Passagem Pirata

Passagem Pirata #05 – Jogos da SNK para o NES

A PassagemPirata2

A partir do resultado da enquete, vamos começar as três séries especiais sobre os jogos da SNK que foram lançados para o NES de forma não oficial. Embaixo teremos mais uma enquete, com a disputa envolvendo Street Fighter e Mortal Kombat publicados para o NES.

Antes, o resultado da última enquete:

Leia mais…

Categories: Nes, Passagem Pirata

Passagem Pirata Especial: Os termos dos games

Muitas vezes os termos dos jogos piratas confundem as pessoas. Isso se deve ao fato de que há vários termos semelhantes entre si. Muitas vezes há a acusação de um jogo ser pirata enquanto ele não é e também o contrário acontece. Por isso, uma explicação rápida dos jogos que sempre entrarão. O único que não é pirata nessa lista é o Hack oficial e depois explico o porquê dele estar aqui.

Leia mais…

Linha do tempo de The Legend of Zelda finalmente aparece!

UPDATE: O grande Johnny “ManoGalo” fez a tradução da linha do tempo! YAY!

Zelda é uma das franquias mais bem sucedidas da história. Arrisco até a afirmar que é a melhor – pelo simples motivo de Ocarina of Time ser sempre lembrado como um dos melhores jogos de todos os tempos. Nem sempre foi assim, mas não vamos contar com aquelas porcarias lançadas pela Phillips nos anos 90.

Fato é que nunca ninguém tinha explicado a linha do tempo da história. O que vem depois do Link’s Awakening? E onde se encaixa o Ocarina of Time e Majora’s Mask? Todos os jogos estão interligados em uma única história?

 

Leia mais…

Passagem Pirata #2 – Somari e Sonic (NES)

Somari the Adventurer ganhou a enquete anterior por apenas um voto de diferença em relação ao segundo colocado que foi o Mortal Kombat II (que na verdade é baseado em Mortal Kombat 1). Wait and see começou na liderança, mas perdeu fôlego e ficou na última posição. Esse jogo parte de uma premissa simples, que é adaptar o Sonic do Mega Drive para o NES.

Confira o resultado da votação:

Leia mais…

Coincidência ou Plágio?

Todo mundo sabe que um jogo sem uma boa trilha sonora não é nada. Mas e quando a trilha te lembra (ou é) outra música famosa? Seria plágio? Seria uma homenagem? Só coincidência?

Sugiro que ouçam primeiro as músicas e tirem suas conclusões. Viajei nas comparações? São muito parecidas mesmo? É plágio?

Confira mais a seguir:

Leia mais…

A publicidade nos games e os advergames

Há muito tempo as empresas descobriram que os jogos podem ser uma ótima forma de divulgar o seu produto, desde os anos 80. Recentemente vêm surgindo jogos com propagandas e, além disso, jogos que convocam o jogador a participar de instituições como o exército americano. A propaganda pode ser explícita na qual pode estar no nome do jogo, inclusive.

Leia mais…