Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Super Nes’

5 jogos de wrestling até os 16 bits que você vai gostar de conhecer

underyokoEssa semana nós temos a Wrestlemania que é o maior evento do Pro Wrestling mundial. Para celebrar, vamos falar de 10 jogos de wrestling até os 16 bits que valem bastante a pena jogar. Os jogos de wrestling começaram a ficar melhores nos 32 bits com os jogos da WWF (atual WWE) e os da WCW (que atualmente pertence a WWE) como os dois WWE Smackdown e o WCW vs the World, permitindo a criação de personagens, modo carreira e muitos modos divertidos.

Nos 16 bits, muitos jogos sofrem com cortes, inclusive com personagens muito iguais, como o pesadão Yokozuna e o grandão Undertaker (veja foto) como sendo da mesma altura e peso nos sprites. Isso só mudou com a entrada da Midway no combate e mesmo com a Capcom. Essas sugestões de jogos são para quem quer conhecer melhor o esporte. O básico da luta livre é simples: Faça um pin, ou seja, prenda o adversário no chão, de modo que na contagem do juiz, até três, encerre a disputa.

Os jogos aqui talvez não sejam os melhores, mas são jogos que valem a pena conhecer.

Leia mais…

O lago da vida infinita de Super Mario World

Capa

Já pensou se alguém descobrisse que o jogo Super Mario World (Super NES), um dos jogos mais conhecidos e jogados da história dos videogames, guarda um segredo ainda desconhecido mesmo após duas décadas do seu lançamento? Já imaginou se este segredo fosse uma das melhores dicas do jogo? Pois pare de imaginar; foi exatamente isso que descobri há alguns anos e vou finalmente revelar, em primeira mão para vocês, nesta matéria.

.

Leia mais…

Categories: segredos, Super Nes

Racismo em Front Mission: Gun Hazard?

Mais um vídeo rápido sobre curiosidades nos games. Dessa vez, a pauta é sobre um arquivo de áudio escondido no cartucho de Front Mission: Gun Hazard, lançado em 1996 para o Super Nintendo apenas no Japão. A gravação é um tanto controversa, com uma mensagem preconceituosa contra os negros. De onde será que ela saiu? Veja aí 🙂

Até o próximo vídeo (sai ainda esse ano)!

MK3: Os sinos da The Bell Tower

Já tinha explorado cenários de Mortal Kombat em um post antigo, onde eu encontrava dois cameos de Pac-Man no MK1 e no MK3. Agora, vamos tentar encontrar um sino desaparecido! No Mortal Kombat 3 esse cenário às vezes aparecia com o nome de “Shao Kahn Tower” onde o adversário ia caindo andar por andar e virava uma tampa de saleiro. Conforme a tradução do nome deste cenário, ele se trata de uma torre do sino, até aí tudo bem, se o cenário não tivesse nenhum sino! É mesmo, olhe na vista geral do cenário abaixo!

Leia mais…

Sonic agora é da… Nintendo???

Pois é, acredite ou não a bagaça é séria!

SN2

Sonic, a partir de agora, terá seus jogos só nos consoles da Big N! Isso foi o que divulgou, via conferência na Nintendo Direct, o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, anunciou uma parceira com a Sega que garante a exclusividade dos próximos games do Sonic para os consoles Wii U e Nintendo 3Ds.

Mas e daí?

Leia mais…

Passagem Pirata #03 – Os jogos do futebol peruano!


Passagem Pirata está de volta! O vencedor da enquete anterior foi o jogo Futebol Descentralizado #93 para Super NES, mas como não há tanta coisa assim a falar do jogo, resolvi falar de mais dois jogos que foram feitos no Peru e que abrangem o campeonato peruano também. Fico devendo o Fútbol Peruano 97 que é baseado no International Superstar, mas o falarei em um futuro post no qual cobrirei os piratas do International Superstar Soccer Deluxe.

Resultado final da última enquete:

 

Leia mais…

Categories: Passagem Pirata, Super Nes

A Agonia (ou Tragédia) de Doha e o Super Formation Soccer’94

Eliminatórias Asiáticas para a Copa de 1994

Antes da última rodada, classificavam dois times e quem liderava era o Japão com 5 pontos e 3 gols de saldo e em segundo lugar, Arábia Saudita, com a mesma quantidade de pontos. Atrás, na sequência, todos com 4 pontos: Coreia do Sul, Iraque e Irã. Em último lugar, a Coreia do Norte com 2 pontos. Essa última fase foi toda disputada em Doha, no Catar. Na época, a vitória valia 2 pontos e não 3, como atualmente.

Leia mais…

Linha do tempo de The Legend of Zelda finalmente aparece!

UPDATE: O grande Johnny “ManoGalo” fez a tradução da linha do tempo! YAY!

Zelda é uma das franquias mais bem sucedidas da história. Arrisco até a afirmar que é a melhor – pelo simples motivo de Ocarina of Time ser sempre lembrado como um dos melhores jogos de todos os tempos. Nem sempre foi assim, mas não vamos contar com aquelas porcarias lançadas pela Phillips nos anos 90.

Fato é que nunca ninguém tinha explicado a linha do tempo da história. O que vem depois do Link’s Awakening? E onde se encaixa o Ocarina of Time e Majora’s Mask? Todos os jogos estão interligados em uma única história?

 

Leia mais…

Como seria a trilha sonora de Donkey Kong Country no Mega Drive

É sempre interessante quando pessoas se dedicam a experimentos como esse, não somente porque trazem uma nova abordagem de músicas imutavelmente clássicas, como também reafirmam de que a diferença entre os chips sonoros do Mega Drive e Super NES eram mais questão de gosto do que por parecer técnico – apesar do console da Nintendo levar realmente uma certa vantagem neste último aspecto.

Diante das discrepâncias de som entre os dois consoles, o misterioso Mixer Productions adaptou as músicas de Donkey Kong Country originalmente eternizadas por David Wise no Sony SPC700 do Super Nintendo para o Yamaha 2612 do Mega Drive. Utilizando timbres de jogos como Ristar e Ecco the Dolphin aliados aos samples (sons pré-gravados) de diversos outros jogos do console da Sega, o músico fez uma transição muito interessante das faixas, que, apesar de contarem com recursos de produção musical muito mais avançados e eficientes que os artistas em 1994 teriam à disposição para o Mega Drive, ainda nos fazem pensar como seria uma possível adaptação naquela época.

Leia mais…

20 anos de Super Nintendo – Parte 4

Este post é parte do especial “20 anos de Super Nintendo” que comemora os 2o anos de lançamento do console. São ao todo cinco posts, onde cada membro do site comenta sobre os três games mais importantes do console em sua vida, sendo organizados por um índice geral.

 

A Nintendo nunca foi minha empresa favorita, muito menos os jogos que saiam na época me interessavam tanto quanto aqueles da sua concorrente SEGA. Não sei dizer o porque – afinal, quem sabe dizer? – mas de certo tudo que joguei do SNES foi depois de me tornar um velho e chato. Então minha visão dos jogos vem descarregada totalmente de uma nostalgia, já que não tive contato algum com um SNES até os meus 13 anos. E nunca fui o feliz dono de um. Mas isso não é problema!

Leia mais…

20 anos de Super Nintendo – Parte 3

Este post é parte do especial “20 anos de Super Nintendo” que comemora os 2o anos de lançamento do console. São ao todo quatro posts, onde cada membro do site comenta sobre os três games mais importantes do console em sua vida, sendo organizados por um índice geral.

Minha história com o Super Nintendo enquanto console, se resume em um jogo: International Superstar Soccer Deluxe. Joguei muito tanto ele quanto as muitas versões piratas que circulavam por aí. Esses jogos eu só joguei com o uso de emulador, apesar de já conhecê-los a partir de revistas e todos são muito bons. Se na época tivesse um Super Nintendo, com certeza teria todos eles.

Leia mais…

20 anos de Super Nintendo – Parte 2

Este post é parte do especial “20 anos de Super Nintendo” que comemora os 2o anos de lançamento do console. São ao todo quatro posts, onde cada membro do site comenta sobre os três games mais importantes do console em sua vida, sendo organizados por um índice geral.

Cá estou, Flavio Master, na segunda etapa de nossas homenagens ao 16 bits da Nintendo. Está na cara que não vai dar pra lembrar dos games mais queridos de todos, até porque já está mais do que provado que a maioria de nós são uns “Seguistas lazarentos”, mas é impossível ignorar um console com a projeção e a história na cultura gamer que o SNes teve. E minhas escolhas são baseadas menos em parâmetros técnicos e mais na emoção e diversão que estes jogos me proporcionaram, embora alguém possa achar que estou pagando de alternativo ou imitando o Talude. Enfim, chega de conversa mole, ao post!

Leia mais…

Categories: artigos, especiais, Super Nes