Arquivo

Arquivo da Categoria ‘versões’

A publicidade nos games e os advergames

Há muito tempo as empresas descobriram que os jogos podem ser uma ótima forma de divulgar o seu produto, desde os anos 80. Recentemente vêm surgindo jogos com propagandas e, além disso, jogos que convocam o jogador a participar de instituições como o exército americano. A propaganda pode ser explícita na qual pode estar no nome do jogo, inclusive.

Leia mais…

Os personagens esquecidos em diferentes versões

Talvez esquecido não seja o termo certo. A bem da verdade, esse post é sobre personagens que foram retirados de jogos pela produtora que o fez por vários motivos: limites de capacidade do cartucho, economia ou mesmo dificuldade de adaptação. Sem dúvida, retirar esses personagens aos quais falamos aqui às vezes é uma decisão extremamente bizarra. Para efeitos de comparação, os jogos aqui apresentados são de jogos para videogame  de igual semelhança (ou seja, nada de UMK3 para Java e iPhone).

Leia mais…

Ultimate Mortal Kombat Trilogy, o hack mais apelão de MK

O nome parece muito estranho, não? Mas é a verdade: O hacker bielo-russo Kabal_MK pegou o jogo Ultimate Mortal Kombat 3 de Mega Drive e teve a insana ideia de colocar todos os personagens que já existiam nos quatro Mortal Kombat desse console. E mais ainda: ele resolveu acrescentar os movimentos novos do Mortal Kombat Trilogy (como o Red Shadow Kick do Johnny Cage ou o Reverse Lighting Toss do Rayden).

Leia mais…

Categories: hacks, Mega Drive

Fighting Hero, um pirata de Street Fighter I

Como já falei gosto de descobrir cartuchos piratas, principalmente de NES onde houveram trilhões deles. Podem esperar futuramente mais posts sobre o tema “jogos piratas originais”. Esse aqui é uma versão do primeiro Street Fighter que foi lançado em 1987 pela Capcom japonesa para os Arcades e desde então rendeu muitas continuações.

Leia mais…

Categories: Nes, piratas originais

Programa russo analisa Street Fighter II… de NES

Eu sou fascinado por jogos piratas, principalmente pelos chamados “piratas originais” que são jogos desenvolvidos do zero e geralmente são adaptações de jogos já existentes. O Street Fighter II de NES (também conhecido como Master Fighter II) foi produzido pela empresa de Taiwan, Yoko Soft (que futuramente iria ser rebatizada de Cony). Brevemente, prometo falar mais dele e de outros.

Leia mais…

Quando os jogos piratas encontram o MUGEN

Eu sempre fui fã de games piratas. Isso me despertou a curiosidade sobre este vídeo no Youtube, bastante interessante:

Leia mais…

Categories: curiosidades, hacks, PC

Sonic 1 SAGE 2010 Edition – O Sonic com Achievements e estatísticas online

Essa é uma boa para quem curte jogar até esgotar todos os achievements de cada game: o hacker Cinossu, do site Sonic Retro – que contém uma série de outros romhacks muito legais do Sonic – produziu uma versão do primeiro jogo do personagem com suporte a estatísticas online no recém-inaugurado Retro Channel, que será testado enquanto os usuários o utilizam com esse game. Mas não são apenas pontuações e tempos que o sistema armazena. O jogo também possui 50 achievements para serem destravados. O mais legal é que o site não revela exatamente o que deve ser feito para conseguir tal achievement, deixando a tarefa de descobrí-los para os jogadores. Após cada novo objetivo ou recorde batido, o game envia resultados como número de inimigos atingidos, tempo e anéis pegos para o site, que associa ao login que você especifica na própria rom.

Confira abaixo o modo Boss Attack do jogo:

Leia mais…

Categories: hacks, Mega Drive, versões

Sonic 3 Limited Edition – Música final alternativa

É sabido que o Sonic 3, encaixado no cartucho de Sonic&Knuckles, é a versão completa planejada inicalmente, mas que não foi executada de uma vez só por falta de tempo para finalizar tudo. Assim, os dois jogos foram lançados separadamente, num intervalo de seis meses.

No entanto, a Sega começou a produzir uma versão especial: Sonic 3 Limited Edition tinha a intenção de unir os dois jogos em um cartucho de 24 megabit, numa opção que sairia mais em conta do que comprar Sonic 3 e o Sonic & Knuckles separadamente.

No entanto, o projeto nunca foi concluído, tendo sido cancelado perto de finalizá-lo. O que restou foi um protótipo com vários bugs, sem acabamento.

Uma das principais diferenças entre essa edição limitada e o S3&Knuckles está na música. No caso da Limited Edition, as músicas dos chefes, o tema de Knuckles e do Bonus Stage são todas aproveitadas do Sonic 3.E, uma novidade: a música dos créditos iniciais é um medley totalmente novo que inclui os temas das fases do Sonic 3 junto com S&K. Vale lembrar que, na versão Lock-On, a música dos créditos finais só possui jingles das fases do Sonic&Knuckles

Dá pra ver que faltou terminar a música, já que várias transições de uma música para outra são pouco suaves. Além disso, é um pouco longo demais. Mas vale pela curiosidade, ainda mais que nos faz pensar como seria um medley para o final do Sonic 3 avulso, ao invés daquela canção semelhante à Stranger in Moscow!