Página Inicial > artigos, Videocast > Retrodia das Crianças: Vídeo-análise de World of Illusion

Retrodia das Crianças: Vídeo-análise de World of Illusion

Em contribuição ao Meme do Dia das Crianças do qual vários blogs estão aderindo, trago para vocês algo um pouco diferente. Já que todos nós temos bastante material para ler no dia de hoje, achamos interessante a ideia de fazer um review em vídeo, testando uma fórmula que estava tentando implementar a um certo tempo no blog – e que nunca foi posta em prática devido à falta de tempo decorrente da exploração proletária a qual sofremos diariamente. Mas não vamos tergiversar do assunto principal, por isso vamos direto ao tópico.

World of Illusion: Starring Mickey Mouse&Donald Duck é um jogo de Mega Drive que representou algo especial. O Dia das Crianças do ano de 2000 caiu numa quinta-feira, então meu pai decidiu me levar à locadora, para aproveitar as promoções de feriadão – alugando quarta, só devolvia na segunda. Triste fiquei ao chegar lá e perceber que, devido à falta de espaço para outros lançamentos, os donos decidiram vender todo o catálogo de jogos de Mega Drive, que era o maior de todas as outras locadoras perto de casa. Passava horas decidindo qual fita alugar, e lembro de que tive acesso a vários clássicos graças àquela locadora – como o Streets of Rage 3, que joguei pela primeira vez na versão japonesa, que só tinha lá.

Grande parte dos jogos “bons” já não estava mais na prateleira. Não tinha mais nenhum do Sonic, nem da série Streets of Rage, até a prateleira dos RPGs estava deserta. Porém, havia ali um cartucho que eu havia alugado antes e tinha gostado muito, apesar de não ter terminado a tempo para entregar; justamente o World of Illusion. Imediatamente o peguei e implorei para o meu pai levar, à quantia de míseros 20 reais – saiu bem barato para ele, já que os jogos na Casa&Video custavam na média o dobro disso aí que ele pagou.

Levei com caixa, manual e um bônus: O cheiro de locadora. Fácil dizer que aquele cartucho me divertiu por muito tempo, principalmente porque esse era um dos poucos jogos que minha irmã jogava comigo.

Assim, vamos ao vídeo. Não é algo longo, especialmente para não tomar o tempo de vocês. O vídeo originalmente foi salvo a 60 frames por segundo, mas infelizmente o Youtube abaixou para 30. Apenas um detalhe nerd!

Espero que tenham gostado, mas não deixem de comentar, mesmo se for uma crítica negativa. Dependendo, virá muito mais!

E Feliz dia das crianças a todos!

Confira os outros blogs participantes do meme “Retrodia das Crianças”

The FouronMega Drive – Dodge Ball Kuy Kid

Cosmic Effect - Retrodia das Crianças 2010

GLStoqueKirby Super Star

Retroplayers Little Nemo: The Little Master

Gagá Games - Lunar: The Silver Star Story Complete

Vão jogar - Game&Watch

O Gamer - Super Mario Kart

Santuário do Mestre RyuJogos Clássicos

Dimensão XSuper Mario Kart

Museum dos GamesJogos variados

NZ Games - Goof Troop (SNES)

Ziro Videogame NerdO Dia do Ouriço Parte 1

Puff Puff RoomZombies Ate My Neighbors

Twosday CodeKirby’s Dream Land

Macho Gamer - Yo! Noid

Games Invaders - Megaman: The Willy Wars

Memórias de um Lobo de MadeiraTiny Toon Adventures: Wild &Wacky Sports

Jornalista de games, editor de vídeo e estudante de Audiovisual, escreve atualmente para a Revista OLD! Gamer. Além dos joguinhos, também dá pitacos sobre cinema, TV e tecnologia; sempre acreditando que a ironia é a melhor forma de sinceridade. Ouve Game Music e trilhas sonoras de filmes durante a maior parte do tempo, mas jura que é uma pessoa legal. Seguista, badernista e exorcista.

Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: artigos, Videocast
  1. 11, outubro, 2010 em 22:31 | #1

    Aê Mr. Rafael, adorei mesmo!! Rapaz, você ainda tem o recurso de uma boa locução, certamente associada à sua recente contratação por uma certa rádio que só toca game music… o que dá um dinamismo bem legal ao resultado final.

    Parabéns mesmo e se quiser alguma crítica negativa, vou pensar em alguma coisa pra lhe mandar por DM! :D :D

    Que nada, pertubando mesmo, tá demais, acertou no ritmo, tecnicamente tá ótimo e queria poder vê-lo em 60 frames, é possível um arquivo bruto num share da vida? :)

    Ah, e falando de World Of Illusion um pouquinho: minha noiva tem jogado os clássicos do Master pela primeira vez, é como se ela fosse criança no que se refere à videogames. Completou Phantasy Star, Psycho Fox, Alex Kidd in Miracle World, Castle Of Illusion e a poucos dias, Dynamite Dux. Desistiu de Kenseiden e agora está jogando Sonic 1. Você acaba de definir o próximo da lista dela (que, por acaso, sou eu quem deci… digo, sugere): World Of Illusion. Amanhã de manhã ela assiste seu review comigo! :D

    Valeu e parabéns mesmo pelo vídeo.

    (ah, acabei de postar o Retrodia das Crianças lá no Cosmic Effect)

    • 00Agent
      12, outubro, 2010 em 02:41 | #2

      Valeu, rapaz! Olha, o arquivo do vídeo a 60 frames é um pouquinho pesado… Eu vou upar de qualquer forma, você me decide se baixa aí ou não, hehe!

      Vou dar uma olhada no Cosmic Effect agora!

  2. 11, outubro, 2010 em 22:53 | #3

    Eu já joguei muito com a minha irmã – lembro de termos terminado em 1 dia. Ótimo jogo. Fácil, leve e divertido.

  3. 11, outubro, 2010 em 23:18 | #5

    Parabéns! O vídeo ficou ótimo!
    Não que eu seja um maria-vai-com-as-outras, mas concordo com tudo o que foi dito pelo Eric.

    Já joguei esse jogo mas pouco me lembro dele. Parece-me bastante divertido jogá-lo com outra pessoa.

    • 00Agent
      12, outubro, 2010 em 02:43 | #6

      Obrigado mesmo! É um incentivo a fazer mais – ou seja, ferrou pra vocês!

      Cara, o jogo muda bastante mesmo em relação ao modo de primeira pessoa. É definitivamente um jogo que privilegia o modo cooperativo, e depende muito também dos jogadores. E, ainda assim, você pode ser um completo noob em relação ao seu companheiro de jogatina que ainda assim o jogo flue de uma forma muito legal!

  4. Daniel Gomes
    12, outubro, 2010 em 04:00 | #7

    Este é um tipo de jogo, no qual, vemos como a SEGA era bastante competente para criar jogos, e que, hoje em dia, acabou perdendo muito de sua essência inspiradora. World of Illusion foi um dos muitos jogos da série Illusion, Castle of e o Land of são os outros, que eu muito joguei e, para mim, é um clássico essencial para aqueles que gostam dos jogos da Disney juntamente com:

    Ducktales
    Tico e Teco
    Darkwing Duck
    Talespin
    Alladin (MD e SNES)
    Hercules (PSX)
    Toy Story

    Entre outros. World of Illusion é um daqueles jogos que realmente divertem as pessoas e demostra o quão dificeis podem ser os jogos quando bem trabalhados, não hoje em dia que com apenas 1 botão você fecha um jogo.

    E o modo cooperativo então? Diferente de um tal de L4D, que tem gente atirando na bunda dos outros e correndo para fechar a fase o mais rápido possível, este você tem de esperar o outro ficar próximo para continuar! :P

    De toda forma, este é um ótimo review para este ótimo jogo que, para mim, só não é melhor que o Tiny Toon do MD, que é fascinantemente dificil e bem estruturado.

    • 00Agent
      12, outubro, 2010 em 04:13 | #8

      Hehe, essa comparação do Left 4 Dead até que é interessante. Diferente do jogo de tiro, aqui, se você trollar o seu amigo, vai acabar trollando a si também, sem nenhuma chance de progredir sem o amigo. Sem contar que, na teoria, você está jogando ao lado dele, então as chances de sofrer alguma agressão física real são bem maiores :D

  5. 12, outubro, 2010 em 06:43 | #10

    Aliás, Excelente vídeo e o locutor é sunpipaa!! Que veham mais, Bond.

    • 00Agent
      12, outubro, 2010 em 07:03 | #11

      É, o locutor é sensacional mesmo! Mais em breve, acho! Hehe!

  6. 12, outubro, 2010 em 08:19 | #12

    POW ficou maneiro o video, continuem a faze-los feras.

  7. 12, outubro, 2010 em 09:51 | #13

    Que inveja!
    Meu sonho é fazer uma análise em vídeo de qualquer coisa.
    Adorei o vídeo, ficou excelente. Rápido, prático e eficiente.
    Parabéns!

    • 00Agent
      12, outubro, 2010 em 09:56 | #14

      A ideia é essa. Fazer algo rápido que consiga mostrar todas as qualidades do jogo! Obrigado pela inveja, Gabriel! XD

  8. 12, outubro, 2010 em 11:09 | #16

    Post Administrativo – Retrodia das Crianças!

    Blogs Participantes:

    Cosmic Effect – http://goo.gl/ZImT
    Dimensão X – http://goo.gl/ujVS
    Gagá Games – http://goo.gl/mQRB
    GAMESPORTEMANIA - http://goo.gl/iBUg
    GLStoque – http://goo.gl/6fFh
    Museumdosgames – http://goo.gl/n1J6
    Nota Zer0 Games – http://goo.gl/T662
    O Gamer – http://goo.gl/H3Pq
    Passagem Secreta – http://goo.gl/6ihS
    Puff Puff Room – http://goo.gl/sKM8
    Retroplayers – http://goo.gl/CL1U
    Santuário do Mestre Ryu – http://goo.gl/v7xo
    TheFourOn – http://goo.gl/gmaE
    Vão Jogar! – http://goo.gl/AK37
    Ziro Video Game Nerd – http://goo.gl/rfnT

  9. 12, outubro, 2010 em 13:11 | #17

    O Rafael me mandou uma prévia do vídeo antes de publicar e eu já gostei ali mesmo, e disse que ia dar o que falar. Quem sabe esses vídeo-reviews não virem uma sessão fixa no blog?

    Gostei muito do formato, da edição, do tempo nem curto nem longo demais e do jogo escolhido:

    - Gostei das pausas narrativas para dar destaque às músicas ou determinados trechos do game. Achei muito legal os vários trechos do game aparecendo em clipes.

    - Alguém percebeu a mágica que o Mickey faz ao passar pela primeira árvore da primeira fase do jogo? Mágica da edição, claro… :P

    - World of Illusion é um jogo magnífico, continuação espiritual do clássico Castle of Illusion. Gosto muito da sua OST (não deixem de ouvir!) e também dos gráficos.

    - Também gosto do game "Fantasia", que apesar de ter uma jogabilidade horrível (não refinada por pressão de prazo de lançamento do game), tem gráficos e sons dignos dos games do Mickey no Mega.

    - Há outras vozes no game, como o "Ouch!!" dos personagens, quando são atingidos, o "Ual!" também (2:35 no vídeo) – se bem que nada mais legal que o pato Donald dizendo "Alakazan!".

    Pô Rafael, o que vc tem contra o "rabo gordo" do Pato Donald? Heheheh!!

    • 00Agent
      12, outubro, 2010 em 15:30 | #18

      É, eu não havia contado os "Uau" ou "Quack" quando levam dano como vozes propriamente ditas. Mas, como são samples mesmo, elas deveriam ser consideradas sim. Mas, quando fui ver, já havia gravado a fala e quase terminado a edição :D

      Já o rabo do Donald… Bem? Ele atrapalha, né? kkkkkk

      Quanto a virar fixo, vamo ver, né? Fica complicado fazer algo fixo nesses tempos difíceis, mas pelo menos dá pra fazer mais vídeos! hehe

  10. 12, outubro, 2010 em 14:21 | #19

    Qualquer gamer na faixa dos seus 25 passou grande parte de sua jogatina graças à uma locadora qualquer. Alugar jogos era clássico, todo mundo fazia. Só os riquinhos é que tinham grana para comprar vários títulos…

    Fui dos 8bits (no meu clássico "Dynavision 3 Radical da Dynacon") aos 64 (com meu Nintendão) alimentando-me de locadoras. Não me arrependo nem um pouco e, para ser sincero, sinto até falta.

    Pena a mulecada de hoje em dia não saber quanto que era bom encontrar o povo depois da escola na locadora. =/

  11. 12, outubro, 2010 em 21:24 | #20

    Pô 00, ADOREI cara XD Ficou ótimo!!!

    Vou confessar uma coisa… Eu estava preparando uma videoanalise para o Little Nemo la no Retroplayers, mas eu simplesmente não iria conseguir terminar a tempo por que eu ainda NEM SEI como fazer XD eu ainda estava em processo de estudo para começar a fazer o negócio, então resolvi mandar uma análise convencional mesmo para poder deixar a videoanalise para depois. Se você puder me dra uns toques, eu ficaria agradecido véi!

    E quanto ao jogo, nossa, quase escorreu uma lágrima aqui… sério, sou extremamente emotivo com esse negócio de nostalgia, e quando o assunto é um jogo do patamar de World of Illusion, que eu joguei DEMAIS E DEMAIS E DEMAIS, o negócio é sinistro!
    Pra mim, TOP 10 de megadrive! Considero WoI muito superior aos outros 2 games citados, principalmente pelo modo 2 players ^^

    • 00Agent
      13, outubro, 2010 em 03:20 | #21

      Obrigado, cara! Eu também iria preparar uma análise em texto caso tudo desse errado, hehe. Mas ainda bem que não. Toques eu exatamente não sei do que passar… Vai me falando se você for empacando em algumas partes do vídeo!

  12. Flavio Master
    13, outubro, 2010 em 10:54 | #22

    Cara, ficou demais! Queria ter a manha (e a dicção) de produzir esse tipo de coisa…

    Sobre o game, admito que nuca joguei e, me lembro bem disso, a razão foi justamente o que você mencionou, um ano cheio de lançamentos disputados a tapa na locadora. Como de Mega no momento só tenho um console "pelado", vai de emulador mesmo.

    Parabéns ao 00Agent e, mesmo atrasado, feliz dia das crianças [grandes] para todos!

  13. 13, outubro, 2010 em 11:19 | #23

    Muito bom sua análise em video. Curti muito! Sua dicção é boa e sua fala fluida. Espero ver mais dessas análises por aqui.

    "rabo gordo do Donal" kkkkk. Os gordos sempre dão um jeito de fazer gordices, seja lá onde for.

    Me ralei um pouco pra zerar esse jogo, mas peguei o jeito. Aliás, descobri um jeito mais fácil de matar o último chefe, sem cheats ou qualquer trapaça, na raça mesmo.

    Parabéns pela análise 00! (as músicas do jogo se instalaram na minha cabeça novamente agora).

    • 00Agent
      13, outubro, 2010 em 14:33 | #24

      Mais uma vez, obrigado! Engraçado vocês falarem de dicção e tal… Eu simplesmente me senti bem desgradável editando o vídeo, porque eu não suporto ouvir minha voz! rsrsrs

  14. 13, outubro, 2010 em 18:30 | #25

    Veja só, eu achei o novo Lara Croft and the Guardian of Light perfeito pelos elementos de colaboração no modo de dois jogadores, quando esse jogo lançado décadas antes já explorava isso de forma tão perfeita.
    Parabéns Agent, e o Eric realmente tem razão em dizer que você tem uma boa locução, queria eu ter uma voz legal assim, nos nossos Cosmic Cast as vezes dá vergonha ouvir minha própria voz no vídeo.
    E tenho certeza que os pais de plantão aí aproveitaram legal o dia das crianças com esses jogos do retrodia.

  15. 13, outubro, 2010 em 19:27 | #26

    Eu senti muita vontade de jogar …huahauahaua é meio cliche, mas senti mó saudade da minha infancia! hauhauahauaha

    Realmente essas musicas naum saem da mente mesmo, a parte do piano, fala serio quem não tentava tirar um som ali, pulando na teclas…lol

    Realmente as fases do donald eram mais dificeis, mas eu sempre me ferrava mesmo era na parte de escolher os dados pra abrir a porta. Nunca tinha sorte!

    Vou esperar a proxima analise. Muito boa essa parabens!

  16. 14, outubro, 2010 em 09:45 | #27

    Tenho até hoje em algum canto la de casa um pôster desse game numa revista Supergame, e ta inteiro, eu cuido até hoje de minhas revistas.

    Também acho engraçado esse jogo não ter recebido tanta repercussão, mas foi pelos motivos citados, a concorrência no ano foi dose para ele, concorrer com o Sonic 2 é por si só uma covardia :P

    De qualquer maneira é um dos jogos mais divertidos do Mega Drive e lembro que no modo cooperativo dava pra fazer uns bugs engraçados, como jogar a corda pro lado errado que o personagem aparecia por mágica subindo nele, ou somente apertar o A bem rápido que isso fazia o amigo aparecer instantaneamente do lado !

    Mas parabéns pelo vídeo, pois montar/editar é algo bem trabalhoso. E não só pelo empenho, ficou algo bem divertido de ver mesmo.

  17. 23, outubro, 2010 em 05:43 | #28

    O vídeo é super legal e bem aceito pela crítica. World of Ilusion é um clássico do video-game! muitas fases, e o gráfico bem interessante é cheio de cores. Bastante divertido! Recomendo! Abraços a todos!

  18. 23, outubro, 2010 em 11:38 | #29

    O vídeo é excelente! World of Ilusion é mais um clássico da sega! bastante colorido! O game dá seqüência ao antigo Cast of Ilusion! Muito bom mesmo, para que gosta de games de aventura! Bom… finalizando, o comentário do rabo gordo do donald, deixa ele um pouco lento, mas nada que atrapalhe a diversão!

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: