Página Inicial > reviews > Night Trap – Parte 1 (Review)

Night Trap – Parte 1 (Review)

Existem games que são  tão marcantes que acabam definindo o ciclo de vida inteiro de um console, trazendo uma associação imediata entre um e outro. Esses jogos podem representar perfeitamente o quanto a plataforma sucedeu em divertir seu público, ou então, de tão ruins que são, podem representar como o console falhou nessa tarefa. Esse é o caso de Night Trap.  O jogo, lançado em 1992, representou o “ápice” do estilo de jogo FMV (Full Motion Video) , gênero caracterizado pelo uso de vídeos digitalizados como forma de jogabilidade. Lançado primeiramente para o Sega CD, o jogo não serve apenas como uma lembrança de como o Add-on para o Mega Drive foi um mico, mas também como todo um conceito de revolução foi por água abaixo com games/filmes de qualidade duvidosa, e que custaram caro demais.

Neste especial de duas partes, falaremos do jogo e da polêmica em que esteve envolvido.

Confira o review de Night Trap!

Content blocked.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou do post? Então compartilhe!
Categories: reviews
  1. 10, abril, 2010 em 12:55 | #1

    Cara, eu amo meu SEGA-CD e só de ouvir a musiquinha da rom dele já me vem aquela sensação nostálgica de reencontrar um velho amigo.
    Mas sinceramente eu não curtia os jogos FMV. Tenho Night Trap original e nunca joguei mais do que alguns minutos. Mas vou tentar novamente pra poder fazer um comentario mais decente por aqui

  2. kenny wesley
    16, fevereiro, 2011 em 11:12 | #2

    eu nunca joguei esse jogo mais fiquei sabendo pela propria internet que dana plato atriz que fez a série "Minha Família É uma Bagunça"(nome americano: Diff'rent Strokes)e no brasil batizado pela sbt como arnold conhecida como "Kimberly Drummond" kem ja jogo esse jogo poste aki queria sabe das criticas desse jogo

  1. Nenhum trackback ainda.

%d blogueiros gostam disto: