Página Inicial > artigos, game music > Sing! Sega Game Music – Temas clássicos em versão cantada

Sing! Sega Game Music – Temas clássicos em versão cantada

Se em uma coisa a Sega nunca desapontou durante toda sua trajetória na indústria gamer, ela se refere ao seu departamento sonoro. Desde a criação de uma banda que tocava as músicas de maior sucesso de seus jogos clássicos até a existência de um estúdio exclusivo para lançamento de suas trilhas sonoras, é inegável que a empresa sempre buscou a divulgação de seus artistas e composições de suas produções. Em 1992, foi lançado para o SegaCD uma versão curiosa de Teddy Boy Blues – clássico dos arcades – que continha 9 músicas em formato de trilha de áudio, para serem ouvidas tanto em um CD-Player quanto como música de fundo do próprio jogo, através de uma tela de seleção. E o que eram essas canções? Simplesmente versões bastante exóticas de temas de jogos de sucesso da Sega com vocais do grupo B.B Queens, interpretando as letras no melhor do engrish que só o Japão consegue nos presentear. Confira aqui as versões exclusivas de Outrun, After Burner e até Golden Axe II!

 

A versão de Teddy Boy Blues de Sega CD é bastante fiel à do Arcade, sendo que esse jogo teve sua versão disponibilizada também para o Mega Drive no Japão, através do serviço MegaNet. Por alguma razão, porém, o lançamento é mais um “CD de música com jogo dentro” do que o contrário. Como se pode ver pela capa, não nem mesmo menção à presença do jogo no disco, dando mais destaque à banda B.B. Queens, que interpretou as canções do álbum. A seleção de músicas, aliás, é bem eclética, variando de jogos clássicos até completos desconhecidos de nós, pobres ocidentais. Vamos então às melhores faixas desse CD.

.

Funky Brothers ~ Image from Teddy Boy Blues

Composição Original
Interpretada por: Yuko Tsubokura
Letra da música

Essa música não é uma nova versão da Teddy Boy Blues original que inspirou o Arcade, e também não tem relação alguma com a versão alternativa que temos nas versões para Master System; tanto na versão japonesa quanto nas versões europeia e americana.

Em resumo, a Sega criou um jogo de arcade baseado numa canção pop, e na conversão para o SMS, tirou todas as referências relativas à canção – colocando uma outra música no lugar. Como se isso já não fosse suficiente, a versão ocidental do game recebeu uma alteração na música alternativa. Pois bem, a versão que presente nesse CD não tem nada a ver com isso; zerou. Essa música agora é uma composição específica feita para as novas conversões dos consoles de 16-bit, ou seja,referentes a esse jogo presente no disco, que, como dito antes, seria lançado posteriormente para a Meganet e também para a coletânea de Sega CD ‘Game no Kanzume Vol. 2’.

Foi isso que aconteceu com você? Não entendeu? Sugiro, então, dar uma olhada nesse artigo que o Talude fez há um tempo atrás, esclarecendo um pouquinho sobre as versões originais de AC/SMS.

Se ainda assim essa explicação não foi suficiente, apenas ouça e concorde comigo: A original de 1986 era bem melhor, não?

.

After Tonight ~ Image from Outrun

Composiçao Original: Last WaveHiroshi Miyauchi
Interpretada por: Yuichii Ikusawa & Maki Ohguro
Letra da música
 

 

Eu sempre imaginei a Last Wave como uma música de despedida, ou, sendo mais subjetivo, como uma música reflexiva, para ilustrar aquela visão do pôr-do-sol, em frente a uma praia, ou algo assim. De certa forma, é algo que remete ao saudosismo. Agora, esse pessoal devia estar mesmo inspirado para transformar a composição em uma balada romântica digna desses programas de rádio que tocam esse tipo de música. E o pior é que deu certo, apesar da letra cafona que fica ainda pior quando os cantores demonstram o máximo de potencial do Engrish. A melodia composta pelo Hiro ficou bem interessante nessa versão, e é uma boa pedida para mandar para algum amor não correspondido que curta Game Music, ou pelo menos tenha gosto para ouvir uma canção romântica que cheira a queijo. Ou seja, quase ninguém.

.

Dangerous Heart ~ Image from Earnest Evans

Composição Original: First StageMotoi Sakuraba
Interpretada por: Fusanosuke Kondou
Letra da música
 

O predecessor de El Viento começou como um projeto ambicioso, e acabou virando um belo de um mico. Com uma animação robótica e jogabilidade horrenda, o game acabou sendo um fracasso de crítica. Porém, sua trilha sonora era impecável. Composta pelo Motoi Sakuraba, as músicas são sensacionais, principalmente na versão de SegaCD. Uma pena que o jogo não faz jus à trilha. (Aliás, esse é um bom jogo para… bem, vocês também lembraram, né?). Essa versão ficou muito boa, apesar de ainda preferir a instrumental.

.

Speed of Love ~ Image from Super Monaco GP II

Composição Original: Unknown (Sound Test 14)Bo, Lotty
Interpretada por: Yuichi Ikusawa
Letra da música
 
 
 

A continuação do clássico jogo de corrida do Mega Drive, infelizmente, não acompanhou seu antecessor na qualidade das composições musicais. Tudo bem que esse é um game de Fórmula 1, mas… Se o foco não estivesse nas músicas, para quê elevar o nível tão alto com o Theme of Monaco, por exemplo? De qualquer forma, temos aí uma versão cantada de uma música que nem se sabe porquê está no jogo. E, de certa forma, o B.B Queens meio que tirou leite de pedra.

.

Burning Love ~ Image From After Burner

Composição Original: After BurnerHiroshi Miyauchi
Interpretada por: Keiji Katayama & Maki Ohguro
Letra da música
 
 
 

E mais uma música clássica da Sega ganha uma adaptação romântica, que, assim como a Last Wave, consegue se sobressair, apesar das letras cafonérrimas. De fato, as composições do Hiro têm melodias bem “cantáveis”, fáceis de “vocalizar”. After Burner não foge à regra , trazendo um resultado bem legal nessa versão do álbum.

.

(I Fight) Fire With Fire ~ Image From Golden Axe II

Composição Original: Raveged VillageNaofumi Hataya
Interpretada por: Keiji Katayama
Letra da música
 
 
 

Para encerrar, uma versão cantada de uma trilha subestimada: “Fire With Fire” utiliza os arranjos da música da primeira fase de Golden Axe II de Mega, tomando algumas liberdades sobre a composição original – e até tornando ela um pouco menos reconhecível. Ainda assim, é uma ótima versão, soando bem épica e com uma letra bastante interessante, principalmente se você colocar essa como música de fundo do Teddy Boy Blues 😛 Realmente é uma surpresa encontrar algo da trilha sonora de Golden Axe II nessa compilação, ainda mais que é um jogo que gosto muito, principalmente pela sua trilha sonora.

.

Concluindo…

Sing! Sega Game Music Presented by B.B Queens é mais uma prova do quanto a Sega dá valor ao trabalho de seus compositores. Apesar da iniciativa esdrúxula, o álbum é mais uma ótima adição às dezenas de arranges e remixes que a empresa produziu durante todo esse tempo para seus jogos clássicos. Vale a pena conferir as músicas, e guardar para ouví-las de vez em quando. Ainda mais pelas versões curiosas de Last Wave e After Burner.

Download do álbum completo

Jornalista de games, editor de vídeo e estudante de Audiovisual, escreve atualmente para a Revista OLD! Gamer. Além dos joguinhos, também dá pitacos sobre cinema, TV e tecnologia; sempre acreditando que a ironia é a melhor forma de sinceridade. Ouve Game Music e trilhas sonoras de filmes durante a maior parte do tempo, mas jura que é uma pessoa legal. Seguista, badernista e exorcista.

Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: artigos, game music
  1. 4, janeiro, 2011 em 11:35 | #1

    Nossa, essa "After Tonight" foi de lascar, cafonice japa rules! 🙂

  2. 4, janeiro, 2011 em 12:22 | #3

    Kct, não é que algumas ficaram legais mesmo? Não acredito que o nome "Burning Love" vai aparecer no display do som do carro e eu vou ficar feliz com isso. A "cafonice japa" que o Gagá falou aí rules mesmo eheheheheh

    Bom, valeu mesmo, "download do álbum completo".

    Ah, o Andrey que faz nossas aberturas e aquelas "pitfalizações" nos nossos vídeos lá é fã numero 0 de Last Wave. Vamos ver o que ele vai achar dessa versão…

  3. 4, janeiro, 2011 em 12:52 | #5

    Eu tenho essa música do Teddy Boy Blues antes mesmo do post 🙂

  4. Andrey
    6, janeiro, 2011 em 08:16 | #6

    Ola Amigos!

    Obrigado Eric! Fan numero zero sim! Eu ate demorava pra escrever aquelas 3 letras no ranque so pra ouvir a musica ate o final!
    Tudo bem… o trabalho foi ok, mas senti um clima de karaoke japa. Daqueles de final de reuniao de trabalho no escritorio central da empresa. Pra cantar junto com aquela colega que insistiu em puxar os mais timidos pra frente da festa.
    Tudo bem…
    Deixo a avaliacao musical, harmonica, etc para quem entende. (Eric!)
    Gostaria humildemente de dizer que na minha opniao Last Wave e' uma musica pra o final de um dia tipico de OutRun. Apos a corrida, premiacoes etc as pessoas se reunem para o bate-papo e o nosso querido casal Outrun ta ali tambem.
    Imaginem as frases dita por alguem: "Voce lembra daquela curva do inicio?" "Poxa, claro!" "Aquela terceira pista…", "Quen tava dirigindo aquele fusca?". E por ai vai a tardinha chegando amigos. Lembrancas de um dia incrivel.

    Algo que faltou mencionar em alguma parte da letra, sutilmente, foram as palavras 'Last Wave' por exemplo:

    (Final da musica)
    Until the last wave
    'til the last wave
    …last waaave

    Pra algo acontecer ate que a ultima onda se quebre significa pra sempre, e' ou nao e' amigos ? Rss
    Uma vez disse pra uma garota:
    "Vou esperar voce la na praia ate a ultima onda."
    Tudo bem… eu ja tava desistindo de contar quando ela chegou, ahaha (Ok, voltando ao assunto.)

    Deve haver direitos autorais etc, etc, que possam ter impedido mais referencias ao jogo mas foi otimo ouvir esta versao. Espero que muitas outras aparecam sim. Quem sabe um Bossa LastWave no estilo Wave de Jobin?

    Obrigado amigos!

    Felicidades ate' a ultima onda pra todos voces!

    Andrey

    • 6, janeiro, 2011 em 08:38 | #7

      Eita, isso sim é um fã número zero da música mesmo! Gostei da análise, e a opinião que você tem da Last Wave original não é muito diferente da minha. O que é interessante é que as letras realmente não fazem muitas referências ao jogo original… Assim como as outras músicas de todo o álbum.

      Não sei porquê, lembrei daquele final do episódio do Chaves em Acapulco 😀

  5. 6, janeiro, 2011 em 21:44 | #8

    Muito boa estas versões das músicas de Out Run e After Burner! A de Golden Axe 2 ficou legalzinha também, mas poderia ter se mantido mais fiel à original. Aliás, concordo, Golden Axe 2 é um game bem underrated quanto às suas músicas.

    Nossa, destruíram aquela ótima música, a original de Teddy Boy Blues (eu ri da cabeça explodindo :D)!

    Sobre Teddy Boy Blues, como foi dito, o Talude tem 2 matérias sobre ele no blog. A próxima a ser restaurada, inclusive, é a segunda.

    • 7, janeiro, 2011 em 05:51 | #9

      Destruíram mesmo, não tem nada a ver com a original e nem nada a ver com Teddy Boy Blues (pelo menos é o que eu acho!)

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: