Arquivo

Arquivo do autor

Tekken e as influências (que a Namco nega até o fim!) – Parte 1

Animado pelo tópico do Talude sobre a origem do Bison (Vega), resolvi citar algumas curiosidades sobre as influências de alguns personagens de TEKKEN, a minha série de luta favorita, que foram obviamente inspirados em lutadores ou artistas reais.

O interessante é que a Namco, criadora da série, jura de pés juntos que não se inspirou em nenhuma pessoa em específico e que tudo isso é conjectura dos fãs, mas essa conversa muito provavelmente é pra não pagar direitos autorais a ninguém, mesmo chegando a ser quase uma espécie de Cameo. Independente disso é fácil reconhecer alguns deles, além de ser bem bacana perceber essas homenagens. O fato do jogo ter gráficos 3D realistas desde o primeiro game da série (e que obviamente foram evoluindo) favorece a identificação e, porque não, acabam criando uma identificação do fã com o personagem. Sem falar que se houvesse grana e boa vontade pra fazer, daria um filme duca… ou não, afinal tem gente aí que não se situa na mesma época e alguns já haviam morrido quando outros nem tinham aparecido! Enfim, vamos lá, começando pelos mais manjados.

Leia mais…

Review de prateleira: Master System Evolution e a "involução" da espécie

Apenas para situar os mais novos e os desinformados, o Master System é o console da geração 8 bits da SEGA, que fez bastante sucesso no Brasil. Divulgado massivamente pela Tec Toy, empresa parceira da SEGA em terras tupiniquins, foi sonho de consumo de muita gente, mesmo com a entrada do Mega Drive e do Super Nes oficialmente no mercado, consolidando a marca e o produto. E mesmo com o aparecimento de novos videogames e tecnologias, o console ainda foi fabricado por aqui por bastante tempo. Eu disse “foi”? Então o que é isso que está na prateleira da loja com o nome de Master System Evolution? O 8 bits da Sega está vivo e bem? Então, se eu sou um colecionador que evita jogar no console para não estragar nada, ou sou apenas um apaixonado cujo console estragou, posso tirar meus cartuchos da caixa de papelão e voltar aos bons tempos?

Como não queremos que ninguém, em especial nossos leitores, sejam feitos de trouxas ao comprar uma coisa que não é bem o que parece, decidi fazer um test drive, aproveitando que o vendedor mala saiu pra lá para vender TVs LCD com conversor digital, e contar pra vocês a curta experiência de jogo que tive na versão atual do Master System, comparando com o videogame que já conhecemos. Vale a pena ou não? Veja a seguir e tire suas próprias conclusões…

Leia mais…

Categories: Master System, reviews

Maratona Passagem Secreta Game Movies – Mortal Kombat (1995)

Depois de assistir um filme em que tudo deu errado como Super Mario Bros., ter perdido pelo menos uns 5 pontos de Q. I. assistindo Double Dragon e quase ser transformado em algo pior que o pobre Carlos Blanka ao assistir Street Fighter: A última batalha, não haveria nada mais lógico do que afirmar que “filmes de games nunca darão certo”. Mas uma pequena reviravolta aconteceu.

Que rufem os tambores, pois um filme de um jogo de luta serviu pra dizer ao mundo: “Yes, we can!”. Sim, um bom filme baseado em games é possível! E ao contrário dos outros, Mortal Kombat tinha muita coisa pra dar errado e mesmo assim deu certo! Veja a luz, irmão, e acompanhe com a gente mais um review da nossa maratona, pois esse vale muito a pena!

Leia mais…

Avenida ganha nome de "Super Mario Bros."

Você passa a ter certeza que nasceu no país errado quando vê certas coisas bacanas que só acontecem no lugar onde você não mora! Pelo menos foi essa sensação que eu tive quando vi essa notícia da Espanha: uma avenida de um kilômetro de extensão num conjunto habitacional em Arcosur, na província de Zaragoza, foi batizada como “Avenida Super Mario Bros.”! Morda-se de inveja se você mora na Avenida Professor Astrogildo Saulo de Noronha Freire…

O mais legal dessa notícia é que a iniciativa partiu dos futuros moradores do conjunto, que é um projeto com o objetivo de construir casas para jovens com idades entre 20 e 35 anos.

Leia mais…

Categories: curiosidades, notícias

Pac-Man é Pop II

A menos que você tenha acordado do coma hoje não frequente o Passagem Secreta ou qualquer blog sobre games que se preze, certamente está careca de saber que Pac-Man completou 30 anos agora em 2010. Mas, como não poderia deixar de ser, a popularidade do “smile” comilão tende (como diria o Buzz Lightyear) ao infinito e além!

A Moleskine, fabricante internacional de agendas, lançou uma edição especial para homenagear o jogo. Seria apenas mais um caderninho, não fosse pelo simples mas bacana vídeo promocional feito pra divulgar o produto. Confira:

Se os maias estiverem errados sobre 2012 e eu puder viver até 2020, esperarei ansioso pelo que irá rolar na festa de 40 anos. Longa vida, Pac-Man!

 

GTA IV tem vendas proibidas por usar indevidamente música de um funkeiro… de 8 anos!

Que a série GTA não é bem vista por um monte de gente, todo gamer já sabe. O principal motivo (que, convenhamos, tem certa razão de ser) é que o game não seria uma boa influência, especialmente para crianças. Mas eu nunca imaginaria, nem nos meus mais bizarros pensamentos, que um dia o “payback” viria de nada mais nada menos que uma criança de 8 anos!

“Passa a grana, Rockstar!”

A justiça de Barueri, na Grande São Paulo, determinou hoje que a Rockstar, produtora da série,  e a distribuidora Synergex do Brasil retirem de comercialização em todo o mundo (sim, você leu isso mesmo) uma expansão do jogo GTA IV – Episodes From Liberty City, para as plataformas PC, PS3 e Xbox 360. O motivo da proibição está no uso indevido do funk “Bota o dedinho pro alto”, composta pelo brasileiro Hamilton da Silva Lourenço e interpretada pelo seu filho, MC Miltinho. Ou seja, pedido de indenização na certa!

Leia mais…

Maratona Passagem Secreta Game Movies – Super Mario Bros. (1993)

Começando a Maratona Passagem Secreta Game Movies, vamos falar do precussor, o primeirão, o início dessa relação de altos e baixos entre cinema e games (e que quase resulta em DIVÓRCIO de cara!), Super Mario Bros., de 1993. Se você teve coragem suficiente pra ver o filme, meus parabéns, é preciso ter peito para isso. Se não, vai assistir, pois fica feio pagar pau desse jeito para o nosso desafio! E, por favor, que ninguém reclame de SPOILERS de um filme de 17 anos atrás…

Claro que como este foi o primeiro filme baseado em game, é impossível falar qualquer coisa sem antes nos situarmos no onde, quando e como essa idéia de juntar duas máquinas de fazer dinheiro do entretenimento finalmente saiu do papel, por isso [modo Goulart de Andrade ON], vem comigo!

Leia mais…

Maratona Passagem Secreta Game Movies – E aí, vai encarar?

Filmes e games. Duas mídias que se mostram sempre atraentes e lucrativas. Duas mídias que atingem principalmente os mais jovens e chamam sempre a atenção de praticamente todos. E a fusão das duas é algo inevitável. Tá bom que a grande maioria de jogos baseados em filmes são caça-níqueis safados se valendo da hype dos lançamentos, mas o que dizer da mão inversa: games adaptados para a telona?

Com essa pergunta, está lançada a Maratona Passagem Secreta Game Movies! O Objetivo: Assistir a TODOS os filmes adaptados dos games para o cinema (ou TV, em alguns casos) até a presente data. Vai encarar ou vai correr? Você está preparado? Acha que aguenta? É agora que vamos descobrir quem são os HOMENS de verdade e quem são apenas garotos…

Leia mais…

Review: River Raid (Atari 2600)

Jogo de tiro dos primórdios vira padrão para toda uma geração de gamers e quebra um baita paradigma.

Ficha Técnica
Plataforma: Atari
Desenvolvedora: Activision
Ano: 1982
Gênero: Shooter
Temática: Ataque aéreo num… cânion?
Jogadores: 2 (alternados)

Estamos em 1982, uma época onde videogames eram uma tremenda novidade e o líder de vendas, o Atari 2600, tinha quase 4 anos de lançamento. Mesmo assim, como acontece em qualquer geração de VGs, chega um momento onde os jogos parecem não trazer nada de novo, de criativo ou inovador, dando aquela impressão de “chegou no limite”. Inclusive para os jogos de tiro. Qualquer shooter se passava numa única tela, com apenas inimigos mudando, mas sempre estática. A mudança veio com River Raid, jogo da Activision que influenciaria o gênero shooter por décadas.

Leia mais…

Categories: Atari 2600, reviews

Review: Mortal Kombat – A Versão Para Master System

Mais um review, dessa vez, fazendo jus à minha “fama”, de um jogo de Master System. Ou melhor ainda, de um PORT para Master System, o que sempre gera opiniões meio controversas…

Ports do fliperama ou de outras plataformas são uma verdadeira faca de dois gumes. Podem se tornar clássico instantâneo ou virar aquela tosqueira da qual se falará por décadas. Por mais incrível possa parecer, Mortal Kombat de Master System consegue ser as duas coisas! Para explicar esse fenômeno, primeiro é preciso que nos situemos na história dos videogames, no “longínquo” ano de 1993…

.

>> Leia o review de Mortal Kombat para Master System <<

.

Categories: Master System, reviews

Review: Captain America & The Avengers (Nes)

O pouco conhecido jogo de super-heróis Marvel do Nes traz uma excelente aventura, com inimigos e heróis clássicos, um enredo com reviravoltas e um desafio cabeludo! Sabe aquele jogo que quase ninguém conhece, que você nunca anima a jogar, até que algum iluminado te faz a maior propaganda, você resolve tentar e descobre um dos melhores games que já jogou? Captain America and The Avengers para Nes é um desses.

(Marcos Valverde) Conheça mais sobre este game na matéria de estréia do mais novo membro do Passagem Secreta, o Flavio Master, clicando no link abaixo:

.

>>  Continuar lendo !!  <<



Sabe aquele jogo que quase ninguém conhece, que você nunca anima a jogar, até que algum iluminado te faz a maior propaganda, você resolve tentar e descobre um dos melhores games que já jogou? Captai
Categories: Nes, reviews