Arquivo

Arquivo do autor

Trilha sonora de Sonic 3 & Knuckles em 8-bit

Com a recente onda de demakes de jogos clássicos feitos por fãs, é fácil concluir que os games do Sonic são os que mais sofrem diferentes experimentações por parte dos fãs e programadores. Com a recente conversão de Sonic 2 do Mega Drive para o Master System – cuja análise você pode conferir em nossos blogs parceiros, o Twosday Coder e o QG Master – mais uma novidade surge para os fãs de jogos clássicos “downgradeados”. Nesse caso, o demake ocorre com a trilha sonora de Sonic3&Knuckles.

Leia mais…

Categories: game music, notícias

Mario+Coldplay = “Viva La Mario”??

E mais um caso de música de sucesso possivelmente influenciada por Game Music vem à tona. Depois de Michael Jackson em Sonic 3, Phantasy Star III com Ivete Sangalo, dentre outros, agora temos essa incrível similaridade entre a canção mais popular do Coldplay e um tema bastante conhecido dos jogos do Mario. Coincidência, homenagem ou simplesmente plágio descarado, eu tenho certeza que ri demais dessa semelhança!

Sem mais, vamos ao vídeo:

Valeu ao Davi Antunes pela dica!

 

Categories: curiosidades

Mais uma loucura do Steam: Give&Get Sale

E mais uma vez o Steam presenteia seus jogadores com uma promoção espetacular. Dessa vez, o nome do feirão é Give&Get Sale, em comemoração ao Dia de Ação dos Graças. Do dia 24 de novembro até o dia 29 ocorrerão promoções diárias com diversos jogos disponíveis na loja. Mas não é aquela oferta chinfrim de 30% de desconto não: a coisa é bruta mesmo, como, por exemplo, Counter Strike Source a 5 dólares, ou seja, 25% do preço normal. É ou não é algo insano? Haja limite no cartão de crédito, amigo!

Leia mais…

Categories: notícias

Brasil Game Show 2010 – Ou a experiência incompleta de um agente de araque

Esperando uma saraivada de posts e relatos sobre o Brasil Game Show – que aconteceu nos dias 20 e 21 de novembro no Rio de Janeiro –  eu havia planejado não escrever a respeito do evento, já que “mais do mesmo” é sempre chato, não é verdade? Pois bem,  mudei de ideia: enquanto as pessoas ainda preparam seus artigos, terminam de editar seus vídeos ou formam sua opinião, decidi postar aqui para vocês meu singelo relato sobre o domingo que dediquei à apreciação do evento. Mas será que apreciei mesmo? Então, vem comigo para saber e ainda ter de bônus algumas fotos poser merecedoras de uma bela de uma trollagem!

Leia mais…

Categories: artigos

Sonic e Blade Runner: Mera coincidência?

Isso é algo que, apesar de ter citado em outros lugares, sempre me esquecia de mostrar para vocês que acompanham o blog, que são pessoas maravilhosas, diga-se de passagem (secreta).

Todos nós aqui conhecemos bem o Sonic The Hedgehog e sua última e diabólica fase, a Scrap Brain Zone. O quartel general de Dr. Robotnik é retratado como um verdadeiro império de destruição, máquinas e caos. A forma como esse cenário é retratado nos lembra em muito o futuro pós-apocalíptico primeiro visto em Blade Runner.

Cena do filme de Ridley Scott. Compare com a camada de fundo da Scrap Brain Act 1

Porém, o que mais denuncia essa tentativa de replicar (sem trocadilho) o clássico de 1982 está na música da fase, composta pelo Masato Nakamura. Repare bem como ela se assemelha bastante com a End Credits do filme, produzida por Vangelis – principalmente pelo uso dos Tímpanos na percussão:

Leia mais…

Categories: artigos, segredos

You Have to Burn the Rope

Esse é um dos maiores exemplos de como um joguinho em Flash consegue ser tão simples e, ao mesmo tempo, tão cativante e satírico.

O artigo a seguir contém alguns spoilers, então, caso prefira jogar o game antes, vá em frente! Mas não esqueça de voltar aqui.

You Have to Burn The Hope é um game de plataforma, criado pelo estudante Kian Bashiri, com o objetivo de parodiar os jogos e seus clichês, aliado à baixa dificuldade que grande parte deles apresenta atualmente. E ele acertou na mosca: O jogador é colocado no controle de Hero, um personagem simples que pode saltar e lançar martelos.

Leia mais…

Categories: reviews

Que som é esse #7

Depois do apelo irresistível da Jejé a respeito da ausência de mais uma charada no blog, estou de volta com mais um Desafio Musical. A ideia é postá-los apenas de vez em quando, já que tudo em excesso cansa.

De qualquer forma, aí está. Essa é uma música facílima, ainda mais porque ela tem uma melodia que se repete durante a trilha do jogo. Ainda não tive tempo de pesquisar alguma Game Music que ninguém pudesse adivinhar, mas fiquem tranquilos que um dia ela chegará. Mas, nesse nível de dificuldade, é bem melhor, não é mesmo?

Estou aguardando os palpites! Lembrando que o vencedor ganha absolutamente… nada!

Leia mais…

Dilma Pokemon

Mesmo após terminada toda aquela agitação das eleições, aparentemente as piadas continuam no mesmo ritmo de antes. É o que indica esse vídeo genial, comparando a disputa eleitoral com uma batalha entre dois Pokemons. Elaborado pelo grupo Galo Frito, a postagem do dia 9 de novembro já se espalhou pela Internet – e alcançou o topo dos tópicos de maior relevância no twitter.

Vejam porquê:

Categories: humor, vídeos

Novo Easter Egg: Narrador debochado em Wave Race Blue Storm

Essa é uma novidade que surgiu na Internet no mês passado. Aparentemente, esse jogo de Gamecube tinha um segredo guardado há mais de 9 anos, desde que o jogo foi lançado. Descoberto pelo RaoulDuke – como é conhecido no NEOGaf, o fórum aonde postou sobre o easter-egg – o código consiste em habilitar um narrador alternativo para o jogo, que parece entediado e que trata com sarcasmo todas as suas atitudes durante a corrida, num humor negro genial.

A sequência é humanamente impossível de ser descoberta por meios normais, e só nos faz perguntar como ele conseguiu desvendar esse segredo. Leia mais…

Categories: GameCube, segredos

Streets of Rage da vida real

Essa é uma edição que fiz há mais ou menos um ano atrás, quando a filmagem de uma briga no terminal rodoviário de Londrina havia ganhado certo destaque na Internet. O vídeo então ganhou várias versões: Tem de Street Fighter, Dragon Ball, entre outras sátiras.  Então, não pude ter melhor ideia senão homenagear a série clássica de pancadaria do Mega Drive, usando o som de Streets of Rage 2 durante a luta épica entre essas… Damas. Para quem nunca viu, taí:

Categories: humor, variedades, videocast

I’m Sorry (Sega, 1985)

É inegável dizer que a sátira está presente em grande parte dos jogos atuais. Seja sutil ou bem direta, o conceito de ironizar ou tratar de forma sarcástica determinado assunto ou figura dentro de um game é uma prática cada vez mais comum. No entanto, são raríssimos os jogos destinados somente a isto, ou seja, o personagem, a história e até mesmo a jogabilidade são concebidos com a intenção de sacanear uma coisa só. E quando é com política então?

O interessante é que um dos primeiros jogos a fazer isso data de 1985, com uma indústria gamer ainda em expansão. E – não se surpreendam – através de uma iniciativa da Sega, sempre no limite da subversão. Desenvolvido em parceria com a Coreland, I’m Sorry é um jogo de arcade que coloca você no controle do ex-primeiro ministro japonês Kakuei Tanaka, envolvido na época em uma série de casos de corrupção. Leia mais…

Categories: Arcade, reviews

Maratona Passagem Secreta Game Movies – Double Dragon (1994)

“Você é tão fraco quanto seu pai”

” E você é tão feio quanto sua mãe”

Sim, após um longo período de recuperação psicológica, venho transcrever aos senhores a experiência que tive com esse verdadeiro equívoco cinematográfico. Diálogos sofríveis, atuação de baixa qualidade, cenas de ação mal elaboradas, ausência total de direção. Por que uma produção que, apesar de não criar as melhores expectativas, consegue ficar tão ruim a ponto de não durar um fim de semana nos cinemas?

Leia mais…