Arquivo

Arquivo do autor

Alguém lembra? Playgame, com Gugu Liberato

Infelizmente eu era muito novo para lembrar, mas parece que o SBT também teve seu programa de games, apresentado pelo (até então) garoto-propaganda da emissora: Gugu Liberato, que na época fazia esse e uns outros 50 programas na rede do Senor Abravanel.

Diferente de outras atrações relacionadas a videogames, os registros são escassos, e o único vídeo disponível é esse trecho retirado de uma reportagem sobre os 25 anos de carreira do apresentador.

O programa, patrocinado pela Tectoy, tinha quadros envolvendo competições entre jogadores, outras brincadeiras, e o  quadro do Chroma-Key ilustrado acima.

Publicidade, cheia de gírias descoladas

Apesar de parecer bem tosco, devia ser muito divertido assistir nas tardes de domingo essa jóia, ainda mais com os característicos ataques do Gugu gritando “Pontoooooooooo!”

Versão de Magical Sound Shower cantada por Hatsune Miku no Vocaloid

Antes, uma breve explicação: Vocaloid é um software musical capaz de sintetizar vozes apenas digitando a letra da música e sua respectiva composição. Lançado em 2004 pela Yamaha, o aplicativo conquistou o Japão. Diversos vídeos são postados no Youtube e no Nico Douga (site de vídeos japonês) com inúmeras versões de músicas famosas feitas no Vocaloid. O software possui várias versões, uma para cada “cantor” que, no caso, são personagens que dão nome ao respectivo lançamento do programa. A personagem de maior sucesso se chama Hatsune Miku.

Dada a devida proporção do fenômeno, a Sega lançou para o PSP o Project Diva, um jogo de ritmo baseado em canções que utilizam os arranjos do Vocaloid. Estrelando Hatsune, o game teve uma ótima receptividade, tendo inclusive um port para os arcades.

Como o jogo é da Sega, não podia faltar uma música clássica de algum jogo da empresa. E a escolha não poderia ser melhor: Magical Sound Shower, uma das músicas mais icônicas da empresa – e uma das mais remixadas/rearranjadas/assoviadas/whatever – tem sua versão para o jogo. Parece que foram aproveitados alguns arranjos da versão que a SST Band fez para a música, em 1987, porque a percussão e o piano são praticamente idênticos

Confira o videoclipe, e sinta a brisa (tente evitar relacionar as letras em japonês com palavras em português, por favor)

Na trilha sonora do jogo, há uma versão estendida, que termina com uma referência a um outro jogo da Sega. Tente descobrir qual:

Magical Sound Shower – Kusemono (from Swantone) feat. Miku Hatsune

Sonic XL – Sonic na luta contra a obesidade

O jogo é um hack de Sonic 2 que, na verdade, penaliza o jogador por coletar os anéis: quanto mais o ouriço pegar, mais gordo ele fica. É simplesmente genial, trazendo um novo desafio para aqueles que já acham o jogo original bem manjado. Assim, deve-se evitar pegar várias argolas seguidas, senão o Sonic fica tão gordo a ponto de nem conseguir sair do lugar, morrendo logo em seguida – talvez, de infarto.

O personagem também pode emagrecer: basta correr  de um lado para o outro (sem pegar os anéis), como forma de exercício para queimar as gordurinhas localizadas.

O jogo é hilário: é impossível não rir do Sonic, literalmente, rolando em formato de bola. A jogabilidade é desafiante também; afinal de contas, não dá para evitar alguns loops com anéis calóricos, suficientes para engordar o personagem. O melhor é evitar fazer gordice. Só faltou mesmo trocar os sprites das argolas por biscoitos, ou algo assim

Confira o vídeo abaixo e baixe a rom aqui

 

Categories: humor, Mega Drive

Vídeo: E se os jogos tivessem um modo Super Easy?

Mais uma do College Humor. Como o nome já diz, o vídeo mostra alguns jogos com um modo de dificuldade um pouco abaixo do convencional. É tão estúpido que não dá para não rir. E ainda tem uma pitada de humor negro no final!

Categories: humor, vídeos

Vídeo engraçado: Boxe no Sega Activator

Muito antes do WiiMote, Kinect ou PS Move, lá estava a Sega experimentando com novas tecnologias. Como todos sabemos – e a empresa aprendeu com o tempo – nem sempre o pioneirismo traz bons resultados, e um dos maiores exemplos está no Sega Activator. O sensor de movimentos vinha até com uma fita VHS demonstrativa ensinando como executar os comandos referentes ao controle convencional, o que já é suficiente para explicar a dificuldade de jogar com esse acessório. Um round de Eternal Champions era o suficiente para exaurir todas as forças do pobre jogador.

De qualquer forma, imagens valem mais do que palavras. Esse vídeo é do programa Siskel & Ebert At The Movies. Como o nome já diz, o programa foca em críticar os lançamentos cinematográficos; mas Roger Ebert – o irmão do Jô Soares no vídeo – havia declarado na época que videogames não eram uma forma de arte. Olhando atualmente, é fácil dizer que ele estava bem enganado; porém, já o tentavam convencer do contrário, apresentando-lhe o acessório. O resultado é uma das coisas mais ridículas que já vi, tão engraçado quanto os nerds dançando com o Kinect ou o Shigeru Miyamoto com um WiiMote sofrendo interferência. Prepare-se:

 

Categories: Mega Drive, vídeos

Super Mario Bros convertido para o Mega Drive!


Apesar de diversas tentativas não oficiais de trazer o personagem Mario para o console da Sega, os donos de um Mega Drive não podiam se declarar totalmente satisfeitos com os hacks de Super Mario World que são lançados por aí, principalmente por sua qualidade duvidosa. Isso até agora. Uma conversão completa de Super Mario Bros para o Mega Drive foi criada pelo programador argentino Mairtrus, com a intenção de reproduzir no console o jogo de forma fiel ao original, lançado para o NES…..

hgj

Clique para saber mais, assistir o vídeo do gameplay e baixar a rom!

Categories: Mega Drive, Nes

Game Music + Rap/Hip-Hop: Será que combinam?

Já pensou em ouvir One Winged Angel misturado com Eminem? Ou a Saria’s Song cantada por Jay-Z? Com o conceito por trás dos mashups, alguns produtores musicais tiveram a ideia de misturar as trilhas sonoras dos jogos mais clássicos e mesclar com Rap? Veja a matéria para conferir os álbuns já lancados, das músicas dos games The Legend of Zelda: Ocarina of Time, Final Fantasy VII e Goldeneye 007.

 

 

 

O resultado é surpreendente e inusitado!

Categories: game music, N64, Playstation

Música “escondida” em Mario Kart 64

Tudo começou há quase um ano atrás, quando, num fórum de discussão sobre músicas ripadas de ROMs de N64, um usuário havia deixado o jogo Mario Kart 64 na tela de resultados, e foi fazer outra coisa. Após mais ou menos uns 50 minutos com o emulador rodando o jogo, ele percebeu que a começou a tocar uma melodia estranha, ainda na mesma música, nunca foi ouvida anteriormente no jogo.

Outros usuários confirmaram que, realmente, a canção toca uma outra parte, totalmente diferente, após 50 minutos. E, em maior investigação, constataram que isso acontece quando depois de a música se repetir 64 vezes!

Veja o vídeo com o trecho secreto, que toca por volta dos 50 segundos de vídeo:

Uns dizem que isso se deu por um erro de programação no sequenciamento da música; talvez o cara tenha programado os loops da canção de forma errada, fazendo com que essa parte nunca tocasse antes de 50 minutos. Ainda assim, é muita coincidência tocar no 64º loop. O que traz mais dúvidas é que essa parte “secreta” está presente no CD da trilha sonora oficial do jogo! Após duas repetições da parte “original”, o trecho pode ser ouvido.

Results (Win) – Kenta Nagata

Enfim, fica aí um mistério se isso foi, de fato, intencional. Talvez se alguém perguntar diretamente ao Kenta Nagata, terá a resposta 😉

Categories: game music, N64, segredos

Jukebox: Phantasy Star III Labyrinth Remix (feat Eric Fraga)

Confira as memórias, curiosidades sobre a trilha sonora, e o remix exclusivo de uma das melhores músicas de Phantasy Star III, que estreou no programa Mega Drive For Life, da Rádio GamerStation, e contou com a participação de Eric Fraga, do blog Cosmic Effect.

Labyrinth – Phantasy Star III Remix by [00] feat. Eric Fraga

“Mensagem subliminar” na tela de Bios do GameCube

E não é que a Nintendo, sempre cheia de segredos e coisas escondidas em seus jogos mais famosos, não poupou nem mesmo a tela inicial do Nintendo GameCube? O fato é que, a música ambiente do menu inicial do console – sem jogo algum inserido –  quando acelerado 16 vezes, revela a música inicial do Famicom Disk System, acessório do Nintendo 8-bits, lançado apenas no Japão. O menu do NGC tem algumas outras gracinhas e easter eggs, mas esse tema musical,composto por Toru Minegishi, é uma homenagem e tanta ao passado. Pior foi quem percebeu e acelerou o vídeo.

Música do menu principal do GameCube

Tema da tela de BIOS do Famicom Disk System

Música do menu principal do GameCube acelerada em 16x

Categories: game music, GameCube, segredos

S.S.T Band – Parte II

A S.S.T Band foi um enorme sucesso para a sua época, produzindo um total de 13 álbuns, sem contar as compilações e lançamentos em vídeo. Nesta segunda parte da matéria sobre a melhor banda de Game Music de todos os tempos, acompanhe toda a discografia da banda, com diversos arranjos das trilhas de maior sucesso da Sega disponíveis para download!

S.S.T Band – Parte II – Discografia Completa

Jukebox: “Shadow Dancer” Statue of Liberty Remix

Pois bem, galera. Mais um remix humilde de uma canção injustiçada. A trilha sonora de Shadow Dancer para Mega Drive tem uma qualidade impressionante, empolgando mais até mesmo do que a trilha do Yuzo Koshiro para o Revenge of Shinobi – pelo menos, na minha opinião. Composta por Tsuhuke Keihara (ou Tsukachan) a música Statue of Liberty é… épica.

Já havia feito uma versão “Beta” desse remix antes, mas agora dei uma melhorada nele, acrescentando uma bateria original e mixando os instrumentos para deixar a música mais “pesada”. Espero que curtam!

Para baixar no 4shared…

Categories: game music, Jukebox, Mega Drive