Página Inicial > artigos, game music > M1 – A jukebox do MAME

M1 – A jukebox do MAME

Sempre quis ouvir as músicas dos arcades mais obscuros, mas nunca teve paciência para encontrar a trilha sonora no Google? Ou está com o HD tão cheio de roms que não há espaço para as mp3? SEUS PROBLEMAS ACABARAM! Com o Bridge M1, o emulador sonoro baseado no MAME, você pode reproduzir todos os sons, vozes e músicas de grande parte da sua coleção de ROMs de arcade!

Uau! Eu consegui ouvir o Ryu cair do outro lado da xala!

 

O princípio do programa é simples: usando os parâmetros de emulação dos chips sonoros presentes nos arcades programados no MAME, o M1 pode executar todos os sons presentes em determinado jogo, apenas pelo arquivo da ROM salvo no computador. Isso significa a reprodução das faixas na mesma “precisão” de como elas tocam quando são abertas no MAME.

Como o programa originalmente funcionava à base de linha de comando, foi criada rapidamente uma frontend (a interface gráfica) para fácil acesso e navegação. O Bridge M1  então possibilita várias outras opções, como múltiplos temas gráficos, visualização de tracklist (para os jogos suportados) e também a gravação em .WAV das músicas, para aqueles que desejam reproduzir em outro dispositivo. Aí está a gravação de uma faixa do arcade Caddilacs and Dinossaurs:

No entanto, nem tudo é perfeito. Como o M1 replica exatamente a forma como o MAME emula os sons, alguns games cujo driver ou chip de som não são emulados corretamente pelo programa apresentam a reprodução incorreta no player de áudio também. É o caso de Rayforce/Gunlock (ou Layer Section/Galatic Attack) um dos meus jogos favoritos atualmente. Esse shooter produzido pela Taito em 1993 utiliza um chip sonoro da Ensoniq – moderno para a época, porém um pouco incomum dentre os arcades em geral – e uma programação sonora um tanto esquisita. Ouça um trecho da música da primeira fase presente no álbum da trilha sonora original:

Agora, ouça o mesmo trecho reproduzido pelo M1. Parece uma orquestra de elefantes com resfriado.

Breve em General Osório

 

 

 

Apesar disso, os jogos mais populares, com chips de som mais conhecidos (como os YM2610 e YM2151, utilizados na maioria dos jogos da Capcom e da SNK respectivamente) são emulados da melhor forma possível. Nos arcades com múltiplos sintetizadores de som, há a possibilidade de desativá-los, o que fiz nesta música do Street Fighter 2, mantendo apenas as batidas de latão. Agora tente adivinhar que som é esse:

Para fazer o download do Bridge M1 já completo e atualizado até a presente data, clique no link abaixo

BRIDGE M1

Ao abrir o programa, basta especificar a pasta onde estão suas roms e clicar em rescan. Caso o volume esteja baixo ou alto demais, utilize a opção “NORM” no programa para normalizar (ou não) o som.

Mas lembre-se de, sempre que possível, visitar este site para atualizar os arquivos List Pack e m1.xml. Não é algo obrigatório, mas sempre torna possível a emulação mais precisa e abrangente de grande parte dos novos arcades suportados pelo Mame a cada atualização.

Jornalista de games, editor de vídeo e estudante de Audiovisual, escreve atualmente para a Revista OLD! Gamer. Além dos joguinhos, também dá pitacos sobre cinema, TV e tecnologia; sempre acreditando que a ironia é a melhor forma de sinceridade. Ouve Game Music e trilhas sonoras de filmes durante a maior parte do tempo, mas jura que é uma pessoa legal. Seguista, badernista e exorcista.

Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: artigos, game music
  1. Agent13
    22, outubro, 2011 em 10:25 | #1

    Interessante! vou poder ouvir as musicas do jogo Trio the Punch! (recomendo que vejam esse jogo, bem pirado das idéias!)

    As batidas do Street Fighter II são da fase do Ryu né? Muito da hora!

  2. GabrielTH
    22, outubro, 2011 em 12:09 | #7

    Eu gostei do "Uau! Eu consegui ouvir o Ryu cair no outro lado da sala!"

  3. 22, outubro, 2011 em 14:24 | #9

    Valeu a dica Rafa, esta ferramenta foi bem útil recentemente após você tê-lo mencionado pra mim anteriormente.

    A emulação do sintetizador Ensoniq que você exemplificou me deixou pensante (como dizia Gabriel o Pensador, "quem mandou pensar, este lugar já está fedendo"): a timbragem está perfeitamente emulada (certamente você vai me trollar dizendo "lá vem o Cosmonal") exceto* pelo sawtooth que é o timbre do solo. Vou chutar que há um detune (uma leve desafinação) em um dos osciladores, pois aquele timbre certamente usa dois osciladores (duas ondas juntas). Uma das ondas está levemente desafinada, dando o aspecto elefante resfriado que você mencionou. De resto, só equalização diferente da original. Mas como é o solo que está bizarro, estragou tudo. Mas se os caras já emularam até este ponto o chip da Ensoniq, falta "nada" pra ficar 100%.

    *Update: parece que o baixo também está sofrendo com o detune, o que agora me leva a crer que pode ser um efeito de chorus que não está corretamente emulado.

    • 22, outubro, 2011 em 14:46 | #10

      A timbragem está certa, mas só nessa parte mesmo. Não coloquei a música inteira por questões práticas e porque o álbum está à venda no iTunes – o que significa que a Taito, se ver isso aqui, dá um belo de um créu no blog – mas a timbragem da primeira parte anterior é diferente (e posterior, já que a música loopa logo depois). Na música da segunda fase, falta o sample da caixa de bateria. Enfim, é uma surpresa atrás da outra na emulação do Rayforce!

  4. 22, outubro, 2011 em 14:28 | #11

    Yoko Shimomura é phoda em cada detalhe da música de Street Fighter II

  5. 24, outubro, 2011 em 21:34 | #13

    Santa Maria das Bicicletas, então existe um negócio assim? Você iluminou o meu dia, Rafael!

    O melhor até agora pra mim foi abrir a rom do F-1 Grand Prix Part II e descobrir que dá pra ouvir a Truth inteira. =)

  6. 25, outubro, 2011 em 12:23 | #15

    @Rafael Fernandes

    No F-1 Grand Prix, em que ela é muito parecida com a oficial da época, ela acaba com um corte esquisito uma nota antes do final. Já no F-1 Grand Prix Part II ela loopa perfeitamente.

  7. Felipe Silva
    29, outubro, 2011 em 16:29 | #16

    Esse post foi bastante útil para mim ! Quando estou trabalhando costumo escutar músicas de master e Mega drive, mas não sabia que existia uma ferramenta para músicas de MAME.

    Acabei de baixar aqui e estou adorando. Parabéns pelo excelente post 😀

  8. Andrey
    8, novembro, 2011 em 00:52 | #17

    @Cosmonal

    Ola Rafael,

    Opa, demais este Juke box, ja estou baixando.

    Assim poderei ouvir o Ryu caindo do outro lado da ‘xala’ ahahahaha Essa foi a melhor dos ultimos tempos!!!

    Valeu

  9. alexandre
    17, fevereiro, 2012 em 23:14 | #18

    Caro colega, antes de tudo, quero agradecer por sua iniciativa de postar essa preciosidade. Sempre quis ouvir os sons de alguns fliperamas. Porém, estou com um problema: baixei o arquivo, instalei em uma pasta e coloquei as roms, dai executei o BRIDGE e nada! Ele não Abre! Mudei de estratégia: coloquei-o na pasta do emulador mame (já com as roms) e nada funcionou. Acontece que quando executo (dou dois cliques no BRIDGE), ele não abre a interface. Não mostra nada!
    O que está acontecendo? Você ou alguém pode me ajudar?

    Segue meu e-mail: alexansouza@hotmail.com
    Grato.

    • 18, fevereiro, 2012 em 08:07 | #19

      Olha, sinceramente, Não sei o que seja. Rebaixei a pasta que disponibilizei no 4shared ali,extraí em outro lugar e abriu numa boa.

  10. 6, junho, 2012 em 13:19 | #20

    que loco!
    valeu manolo!

  11. helisonbsb
    26, fevereiro, 2014 em 15:45 | #22

    show! good information!!!!!

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: