Arquivo

Arquivo da Categoria ‘hacks’

Super Pitfall faz 30 anos e ganha remaster de fãs

Super Pitfall

Ok. Eu sei que muitos odeiam Super Pitfall e dizem que ele parece uma mistura mal feita de Mario com Pitfall. Outros podem dizer que ele nem de longe faz jus à excelência e importância para a construção do gênero Plataforma de seus antecessores, o que é fato. Mesmo assim, devo dizer que é um jogo que seria facilmente incluído por mim em qualquer lista do tipo “Jogos Que Todo Mundo Odeia Mas Você Gosta”.

Leia mais…

Categories: hacks, notícias

Três jogos gratuitos similares a Super Smash Bros.

ssb

Não, não é desse que falaremos

A série Super Smash Bros. surge em 1999 com o objetivo de uma dream match entre os personagens da Nintendo (e recentemente com convidados de outras empresas). A versão inicial foi para Nintendo 64, em versões para GameCube, Wii, WiiU e 3DS. No caso aqui, são jogos para baixar e jogar no PC a exceção de um que é no emulador.

E quais são as características do jogo? De forma bem simples: cenário limitado, o que te faz cair muitas vezes, controle analógico, personagens de jogos e cenários relativos aos mesmos, além de lutas para 4 personagens. Os jogos aqui não são exatamente iguais a Super Smash Bros: são homebrews que tiveram uma grande inspiração nele. Um pequenino presente de Natal para vocês!

Leia mais…

Categories: hacks, Mega Drive

Tecmo Super Bowl: jogo de NES que ganha versões novas até hoje

Estamos perto do Super Bowl, a grande final do futebol americano e esse é um jogo clássico. Tecmo Bowl foi um jogo lançado para os arcades pela fabricante Tecmo, que fez um sucesso moderado.

Lançado em 1988, seus gráficos seguiam um padrão já de 16 bits (Lembra até o Joe Montana Football II de Mega pelos sprites grandes). A partida rolava em duas grandes televisões que emuladas, convertem-se em uma. Tinha dois detalhes: era ao mesmo tempo realista nos gráficos, mas não realista nas ações, com muitos lances podendo render uma interceptação, algo não normal no jogo. O jogo depois, seria convertido para NES e Game Boy, com cutscenes no intervalo e ao ter touchdown.

A versão do NES foi o primeiro jogo de futebol americano a ter os nomes dos jogadores de forma oficial, sendo considerado produto oficial da National Football League (a NFL). Em 1991 sai uma atualização do jogo, somente para NES, chamado Tecmo Super Bowl que em 1993, o mesmo jogo é adaptado para Mega Drive e Super Nintendo, além de duas versões posteriores para consoles de 16 bits (II: Special Edition e III: Final Edition) até os recentes Tecmo Bowl Kickoff (para Nintendo DS) e Tecmo Bowl Throwback (para PS3 e XBox360).

Leia mais…

Categories: diferentes sistemas, hacks, Nes

Passagem Pirata #1: Street Fighter EX Plus Alpha (SNES)

Street Fighter EX Plus Alpha na sua versão para Super NES foi  eleito com uma enorme vantagem em relação aos outros jogos. O resultado final detalhado está aqui embaixo. Logo após a análise do jogo e os cenários e dos personagens dele você poderá escolher o próximo jogo da jornada, agora com somente jogos de NES. Como Street Fighter ganhou esta, ele não aparece nesta enquete.

 

Leia mais…

Passagem Pirata #0: Início de trabalhos

Banner - Passagem Pirata

É a nova maratona do Passagem Secreta onde irei fazer uma viagem pelos jogos que marcaram a pirataria. E o que são considerados jogos piratas? São todos aqueles produzidos sem a licença da empresa que criou o videogame, muitas vezes totalmente originais (como os da Camerica), os jogos feitos com personagens de outras empresas utilizados sem licença (como os Street Fighters para NES) ou mesmo um hack de jogos oficiais (como os Futebol Brasileiro de SNES). Todos eles entram na categoria de jogos que serão analisados nesse blog.

Leia mais…

Como as revistas viam os jogos piratas

Street Fighter de RodoviáriaPor mais que as revistas brasileiras falassem que jamais falariam de jogos piratas, elas sempre acabavam falando, principalmente a Ação Games. A SuperGamePower chegou a falar, ainda que rapidamente do Divine Sealing (Mega) e o Strip Fighter (TG16) mas aqui falaremos somente das matérias completas em si. Os jogos citados serão melhor detalhados no futuro aqui mesmo no Passagem. Clique nas imagens para ampliá-las.
PS: Ainda faltam algumas revistas mas assim que elas foram escaneadas, me comprometo a atualizar este artigo e avisá-los.

Leia mais…

Os piratas argentinos para Mega Drive

Volto a falar de um assunto que gosto demais: os piratas, hacks e assim por conseguinte. Na América do Sul houve produção de jogos tanto de forma legal quanto ilegal de games durante o período dos 16 bits tanto no Brasil, quanto na Argentina e no Peru. Na Argentina há de se considerar três jogos que foram emulados: dois hacks, um de futebol e um de corrida e um original, de truco! A propósito, antes que alguém comente, é possível que a origem do futebol argentino, brasileiro de SNES sejam peruanas, com a narração bizarra feita lá. Topdos os jogos citados aqui foram vendidos na Argentina e em outros países da América do Sul.

Leia mais…

Ultimate Mortal Kombat Trilogy, o hack mais apelão de MK

O nome parece muito estranho, não? Mas é a verdade: O hacker bielo-russo Kabal_MK pegou o jogo Ultimate Mortal Kombat 3 de Mega Drive e teve a insana ideia de colocar todos os personagens que já existiam nos quatro Mortal Kombat desse console. E mais ainda: ele resolveu acrescentar os movimentos novos do Mortal Kombat Trilogy (como o Red Shadow Kick do Johnny Cage ou o Reverse Lighting Toss do Rayden).

Leia mais…

Categories: hacks, Mega Drive

Quando os jogos piratas encontram o MUGEN

Eu sempre fui fã de games piratas. Isso me despertou a curiosidade sobre este vídeo no Youtube, bastante interessante:

Leia mais…

Categories: curiosidades, hacks, PC

Sonic 1 SAGE 2010 Edition – O Sonic com Achievements e estatísticas online

Essa é uma boa para quem curte jogar até esgotar todos os achievements de cada game: o hacker Cinossu, do site Sonic Retro – que contém uma série de outros romhacks muito legais do Sonic – produziu uma versão do primeiro jogo do personagem com suporte a estatísticas online no recém-inaugurado Retro Channel, que será testado enquanto os usuários o utilizam com esse game. Mas não são apenas pontuações e tempos que o sistema armazena. O jogo também possui 50 achievements para serem destravados. O mais legal é que o site não revela exatamente o que deve ser feito para conseguir tal achievement, deixando a tarefa de descobrí-los para os jogadores. Após cada novo objetivo ou recorde batido, o game envia resultados como número de inimigos atingidos, tempo e anéis pegos para o site, que associa ao login que você especifica na própria rom.

Confira abaixo o modo Boss Attack do jogo:

Leia mais…

Categories: hacks, Mega Drive, versões