Página Inicial > notícias > OLD! Gamer 13 na pré-venda; Nintendistas vão pular carnaval

OLD! Gamer 13 na pré-venda; Nintendistas vão pular carnaval

Férias acabando, bimestre virando, OLD! Gamer 13 saindo. Quem diria, hein? A periodicidade continua a toda, e dessa vez com uma edição de aniversário. Peraí, aniversário? De quem, do editor? Acho que não. Ao que parece, as edições comemorativas virão a cada 12 publicações, uma vez que a revista, como sabemos no início, não foi muito amiga do calendário. É uma boa forma de padronizar esse ciclo, influenciando na produção de conteúdo especial para celebrar a criação da OLD!

Por isso, nada melhor que ter a primeira capa de um jogo exclusivo da Nintendo na história da revista. The Legend of Zelda: A Link To The Past é uma das maiores aventuras da série de todos os tempos, preferido por muitos fãs do Zelda que inclusive o consideram melhor que o Ocarina of Time. Eu não joguei, minha esposa não jogou e nem mesmo as minhas filhas Silvia e Patrícia jogaram; mas o Alexei Barros fez questão de conferir por todos nós juntos, destrinchando todos os detalhes não somente do jogo, mas também de todos os bastidores por trás da produção do mesmo. O resultado provavelmente será uma matéria tão completa e humilhante quanto à do Castlevania SOTN da edição 12, da qual farei questão de ler também mesmo tendo jogado absolutamente nada do jogo 😛

O Alexei também assina a matéria sobre King´s Valley, jogo de MSX dito por muitos como o melhor título do sistema. Já o Eric “Cosmonal” Fraga lá do Cosmic Effect ficou com a matéria do Hero, originalmente de Atari, da qual aposto despertar emoções (ui) em vários retrogamers de longa data por aí.

De minha parte, duas pautas que, sinceramente, não são para qualquer um: A Liga dos Bizarros, com uma série de heróis esquisitos e constrangedores que estrelaram jogos em sua maioria horrorosos; e Tattoo Assassins, um arcade de luta tão lamentável, mas tão lamentável que nem mesmo chegou a ser lançado de fato, mesmo após estar quase “completo”. Convido a todos que confiram as tristes histórias de ambas as matérias, envolvendo concepções equivocadas, choradeira de programadores e, claro, games horripilantes e cômicos. Sofri um pouco, mas deu tudo certo no final!

A revista está disponível para pré-venda no site, com envio previsto para a partir do dia 17 de fevereiro. Assinantes devem receber as edições a partir da mesma data também, e as bancas de jornal provavelmente também receberão nessa data. Se para você, o preço pode ser proibitivo, sugiro seguir a página da OLD! no Facebook. É a melhor forma de se informar sobre promoções que pipocam de vez em quando na loja virtual da Editora Europa, que são bem generosas.

Tem algum comentário, crítica, sugestão ou xingamento sobre essa edição ou as anteriores? Não se avexe!

Jornalista de games, editor de vídeo e estudante de Audiovisual, escreve atualmente para a Revista OLD! Gamer. Além dos joguinhos, também dá pitacos sobre cinema, TV e tecnologia; sempre acreditando que a ironia é a melhor forma de sinceridade. Ouve Game Music e trilhas sonoras de filmes durante a maior parte do tempo, mas jura que é uma pessoa legal. Seguista, badernista e exorcista.

Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: notícias
  1. Talude
    7, fevereiro, 2013 em 19:51 | #1

    Aguardar a minha chegar em casa, sou assinante.

  2. leandrobelmont
    8, fevereiro, 2013 em 17:35 | #2

    "que inclusive o consideram melhor que o Ocarina of Time."

    olha, estou contente pela revista ter chegado na décima terceira edição. mas Link of Past melhor que Ocarina???? não nem por causa dos gráficos, que seria uma briga desleal, mas pelo enredo que supostamente mostra o inicio de tudo e possui mais personegens que o Link of a Past.

    mas é minha opinião

    • 8, fevereiro, 2013 em 19:44 | #3

      É, mas há quem discorde de você. Não joguei o A Link to the Past, mas já pesquei a opinião de muita gente falando da superioridade desse jogo sobre o OoT. Polêmicas…

      • Talude
        9, fevereiro, 2013 em 04:28 | #4

        Sou do contra, prefiro os Oracles de GBC.

  3. 15, fevereiro, 2013 em 00:20 | #5

    Também sou assinante e, pensando bem, por mais incrível que isso possa parecer – já que tenho uma coleção enorme de revistas de videogame em minha casa – é a primeira revista de games que assinei na vida.

    Sou, hm… digamos… um pouco ortodoxo demais no que se refere à leitura de revistas, incluindo a Old! Gamer. Eu leio tudo, e na ordem certa.

    Como meu tempo livre não é lá aquilo tudo, só agora li a nº 5 e agora que vou começar a 6ª edição.

    Sobre o Alexei, gostei muito da sua matéria falando sobre os segredos do GoldenEye 007 e a comparação do jogo com os filmes de Bond. Eu nem gosto de segredos de games mesmo… não? 🙂

    Em tempo: adoro essa arte pixelada da Old! Gamer, há muito perdida nas revistas de videogame impressas. Ah se fosse fácil recriar esse tipo de arte num blog…

    • 15, fevereiro, 2013 em 09:52 | #6

      Eu também nunca tive o hábito de assinar revista… Mais por questões financeiras. A única vez que fiz isso foi com a antiga D&T Playstation há uns 5 anos atrás. Mas não renovei porque ia pesar no orçamento =/

      O Alexei sabe que pago pau pra matéria dele sobre o Goldeneye. Como um fã chato pra cacete dos filmes do 007 e dos jogos também, a chances de que eu ficasse desapontado com essa matéria eram enormes. Mas ele fez um excelente trabalho.

  4. Talude
    27, fevereiro, 2013 em 23:23 | #7

    Recebi hoje a revista. Achei que a revista traria uma matéria sobre todos os Zelda, não especificamente sobre o A Link to Past. Mas mesmo assim, me deu vontade de voltar a jogá-lo (ainda que meus preferidos sejam os Oracles). E o Tattoo Assassins tem o Fatality mais nojento de um jogo: o do moedor de carne.

    • 28, fevereiro, 2013 em 14:30 | #8

      Ué, Talude, não sei de onde você esperava uma matéria sobre todos os Zelda. Tá escrito na capa da revista e no texto desse post, poxa :p

  5. dcnautamarvete
    28, março, 2013 em 16:20 | #9

    Cara, parabéns por suas matérias na Old!Gamer. Muita curiosidade e bizarrice. Valeu!

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: