A Enciclopédia do Mega Drive

Por: Marcos Valverde em 4 de abril de 2010

Quem é fã do famoso console de 16-Bits da Sega, o Mega Drive, não pode deixar de conhecer a Enciclopédia do Mega Drive (também conhecida como “Continue Japanese Info Book“). É um livro japonês muito bem acabado, com uma capa preta levando a inscrição “16-BIT” em dourado, remetendo diretamente ao design do Mega Drive japonês, feito sob medida para os saudosistas deste sistema.

Não só a capa tem um acabamento primoroso e robusto, mas as páginas internas também são muito bem impressas e sem falhas, rendendo uma leitura bem agradável. Na parte de trás da enciclopédia uma surpresa: um gashapon (miniatura) perfeito de um console Mega Drive, incluindo um controle e dois cartuchos!

A enciclopédia é dividida em três partes: Mega Drive, Mega-CD e 32X. Também há uma divisão do seu conteúdo por ano, englobando os anos de 1988 a 1996. Cada capítulo contém uma imagem em preto-e-branco de algum fato contemporâneo importante do Japão, ficando muito bem feito. A publicação contém reviews de 554 games de Mega Drive e seus acessórios lançados no Japão, sendo que os mesmos estão disponibilizados em blocos uniformes, variando de um a três blocos de review por página, lembrando muito o sistema das primeiras revistas Videogame – uma das primeiras revistas especializadas em games do Brasil. Ao final de cada parte da enciclopédia há uma entrevista com alguma personalidade importante deste sistema, como por exemplo Rieko Kodama, designer de games e criadora de Phantasy Star.

Lembra um pouco a saudosa revista Videogame

Consegue identificar os games pelas imagens?

Como ponto negativo, é preciso dizer que o livro todo está em Japonês, obviamente; mesmo os games que tiveram lançamento ocidental têm seu título em Kanji e Katakana e quase não há imagens das capas dos games. Além disso, é um produto caro, devido à sua qualidade e acabamento. E talvez seja difícil encontrar uma destas por aí; no site Play-Asia, conhecido por vender raridades do Oriente, o estoque do livro está esgotado. Provavelmente é um item bem valorizado por colecionadores.

Babem, meus amigos, babem!

Sem dúvida, a Enciclopédia do Mega Drive é um item de rara importância para os fãs de Mega Drive e videogame em geral, tanto para colecionadores, quanto estudiosos ou simplesmente gamers. Com certeza há muitas informações exclusivas e novas no livro, seja pela extensa quantidade de reviews de games desconhecidos ou pelas preciosas entrevistas. Sem falar no grau altíssimo de saudosismo que as páginas da mais alta qualidade proporcionam.

Clássicos do famoso 16-BIT da Sega

Espero que possamos ver algum dia a Enciclopédia do Mega Drive por aqui, traduzida, ou mesmo que alguém, um dia, lance um produto nos mesmos moldes. Ou que eu termine de me auto-didatar em Japonês algum dia!  -_-

Atualização (05-04-2010):

Dados da Enciclopédia do Mega Drive:

Nome Original: ???????? (Mega Drive Taizen Mega Drive Encyclopedia)
Data de Lançamento: 25 de Setembro de 2004
No. de páginas: 296
Preço: 3500 Yens (~ 26 EUR)
Gênero: Misc. Book
País: Japão
Código PAX: PAX0000295630
No. de Catálogo: ISBN4872338804
Código do item (Play-Asia): 9784872338805

.

Atualização (07-09-2010):

Graças ao amigo @Cosmonal, que indicou o canal do Youtube Mega Drive Memories, achei um vídeo-review, com qualidade em HD, que disseca a Enciclopédia. Imperdível!

.

Referência: Game Set Watch

  1. 00Agent
    4, abril, 2010 em 13:07 | #1

    Podemos levantar uma boa questão aqui: Porque o mercado literário sobre Videogames no Brasil se limita apenas às bancas de jornal? Com certeza seria ótimo termos uma publicação desse tipo por aqui; infelizmente, nossas editoras se arriscam pouco em comercializar algo voltado para o que é considerado nicho.

  2. Jefferson Luiz
    4, abril, 2010 em 16:58 | #2

    00Agent, acredito que não há mercado para livros desta temática aqui. O Guinness Book dos jogos vendeu pouquíssimo, por exemplo. Pena.

    • 4, abril, 2010 em 18:27 | #3

      Eu gostaria muito de comprar o Guinness Book de games, só que é muito difícil ele dar as caras nas bancas da minha cidade.

      Será que não há mercado ou não há o interesse de trazer publicações mais refinadas e caras, talvez pela visão primária de que gamers são na maioria adolescentes e crianças?

      Alguém precisa testar esse mercado. Livros especializados em determinados games famosos talvez seja o melhor caminho.

  3. 4, abril, 2010 em 18:19 | #4

    Kra, que maravilha!
    Aposto que todos os videogames devem ter um assim no Japão!

    • 4, abril, 2010 em 18:31 | #5

      É Talude, a possibilidade de haverem outros "Continue Books" de outros sistemas me intriga.

      Não cheguei a pesquisar isso, mas não me surpreenderia se houverem mais livros deste tipo.

  4. 4, abril, 2010 em 18:31 | #6

    Eu queeerooooo!!!

  5. 4, abril, 2010 em 18:46 | #7

    Na foto onde pergunto quais são os games, alguns deles que consegui identificar:

    Atomic Robo Kid
    Elemental Master
    Magical Hat Adventures
    Arrow Flash

    • Eduardo Shiroma
      4, abril, 2010 em 20:26 | #8

      Permita-me auxiliá-lo.
      Vamos pela ordem (da direita para a esquerda):

      ??????????
      Atomic Robo Kid

      ?????????
      Elemental Master

      ????????????????????????
      Gambler Jiko Chuushin Ha – Katayama Masayuki no Mahjong Doujou

      ???????????????????
      Magical Hat no Buttobi Turbo! Daibouken

      ?????????
      Dangerous Seed

      ????????
      Arrow Flash

      ;D

      • 4, abril, 2010 em 20:43 | #9

        Valeu Eduardo, mas não precisa humilhar no Japonês! 😀

        Meus conhecimentos auto-didatas em katakana (e alguma coisa de Hiragana) ainda não me permitem este nível de tradução (mas pra traduzir itens e nomes de menu até que servem).

        Só dois detalhes:

        – O sentido dos games que vc citou é da esquerda para direita.

        – O game Magical Hat no Buttobi Turbo! Daibouken também é conhecido como como Magical Hat Adventures, aliás eu já tinha feito uma matéria sobre ele aqui:
        http://passagemsecreta.wordpress.com/versoes/mh-d

        Abraço!

        • Eduardo Shiroma
          5, abril, 2010 em 11:02 | #10

          Hahaha! Obrigado por notar meu erro!

          Não é necessário mas vou me explicar: eu realmente ia listar os jogos da direita para a esquerda, como é na leitura oriental, mas depois notei pela numeração das páginas que a ordem era a ocidental, da esquerda para a direita. Então listei os jogos e esqueci de corrigir o texto.

          E minha intenção não era humilhar ninguém, hehe! Afinal, eu não sei japonês mesmo! Você sabe mais do que eu, pois já tinha até citado os jogos!

          Já conhecia o jogo "Magical Hat Adventures", esse nome aliás é nada mais do que uma tradução simples do nome original. Lerei o texto que você escreveu sobre ele.

          • 5, abril, 2010 em 12:49 | #11

            Só um detalhe: eu não traduzi os títulos, é que eu joguei os quatro que eu citei, ainda na época dos 16-Bits mesmo (não em emulador).

  6. 4, abril, 2010 em 21:35 | #12

    Fiz uma atualização com os dados do livro, compilados do Play-Asia e Digital Press.

    Li num fórum estrangeiro de alguém que diz ter comprado o livro no Play-Asia que ele pagou US$ 49,90 + frete. Li também que possivelmente é uma edição limitada.

    Por essas informações já dá pra ter uma idéia do preço, fora os dados importantes, necessários caso alguém queira importar de algum lugar.

  7. 4, abril, 2010 em 22:40 | #13

    Achei pra vender na Amazon do Japão:
    http://www.amazon.co.jp/exec/obidos/ASIN/48723388

    E olha só, parecem ser livros similares de outros sistemas:

    Super Famicom:
    http://migre.me/tSZn
    http://migre.me/tSZT

    MAME (Arcade):
    http://migre.me/tT0P

    Famicom:
    http://migre.me/tT1H

    Tem MUITA coisa lá.

    • 5, abril, 2010 em 14:49 | #14

      Não falei? 🙂

      • 5, abril, 2010 em 21:51 | #15

        Parei de pesquisar por aí porquê o Play-Asia parece armário entulhado de coisa velha: quanto mais você fuça, mais coisa aparece.

  8. DIEGO
    4, abril, 2010 em 22:42 | #16

    MEGA DRIVE U PASSADO É AGORA !!!

    • 4, abril, 2010 em 22:52 | #17

      Olha o Diego (comunidade Mega Drive) aí!!

      MEGA DRIVE, A ENCICLOPÉDIA É AGORA!!

      :p

  9. Jefferson Luiz
    5, abril, 2010 em 08:39 | #18

    Mas o mercado brasileiro de jogos É composto em sua maioria por crianças e adolescentes. Não se pode superestimar o mercado de jogadores em idade mais avançada e, principalmente, com condições financeiras para arcar com esse tipo de material. Somos poucos, mesmo, e não creio que todos comprariam um livro como esse, caso saísse por cerca de R$ 80,00~R$ 120,00 (valor conservador, ante a baixa tiragem e a qualidade do produto).

    • 5, abril, 2010 em 10:35 | #19

      Que eu saiba a idade média mundial dos gamers passa de 30 anos, nos EUA, por exemplo, é 32 anos. Isso nem é novidade, os próprios jogos cresceram junto com os gamers, com jogos mais sérios e adultos. Aqui no Brasil não sei, mas você teria link p/ alguma informação neste sentido, Jefferson?

      O que deve existir é pesquisa de potencial de mercado, antes de qualquer empreitada na área, como tudo o que envolve investimento financeiro.

      Aliás, conhece o livro "A Arte dos Videogames"? É um lançamento relativamente recente, pela mesma equipe da revista EDGE, de um produto do tipo, direcionado ao público, digamos, mais crescido.

  10. 5, abril, 2010 em 21:05 | #20

    Cara, eu me seguro para não ter inveja do oriente, rs. Se não fosse minha paixão pela natureza do nosso pais eu tava fora daqui, hehehe. Não são todos os itens que conseguem chegar até aqui.
    O livro parece realmente incrível, parece um que vi, mas esse era da época do Mega mesmo. Tava num sebo por 10 reais, tinha umas 200 páginas, era animal, mas na ocasião eu estava sem dinheiro (tinha acabado de comprar o ingresso para um show). Voltei no dia seguinte e já tinham arrematado. Oh vida…

    • 5, abril, 2010 em 21:49 | #21

      É… não é este porque este aqui é de 2004 (meio recente, não?).

      Na falta dessa enciclopédia eu fico com um velho livro de estratégia para Doom 1 e 2 que comprei num sebo em Ribeirão Preto neste ano… e no bom e velho Português.

      Consigo ler um livro deste, às vezes sem nem conhecer o game, rapidinho.

  11. 21, julho, 2010 em 02:55 | #22

    Opa galera do passagemsecreta, como vocês sou um gamer fanatico e a descoberta dessa enciclopédia me levou a uma odisseia a achar algo sobre ela, e finamente venho dizer que consegui achar um fragmento da enciclopédia.
    Se for de interrese de vocês baixar esse fragemento e saber um pouco mais sobre ela e só da um pulo no meu blog, http://64gamers.wordpress.com/

    Porfavor deixa uns comentarios.

  12. 2, agosto, 2011 em 07:23 | #23

    Alo amiguinhos…lembro de ter lido o post na época que ele foi escrito e vim aqui fazer um pseudo-jabá – A Comunidade Mega Drive adquiriu esse livro e vai rolar um videolog onde ele vai ser secado até dizer chega 😉

  13. 2, agosto, 2011 em 20:27 | #24

    @Mestrechronos

    Que legal Mestre!

    Me lembro como se fosse ontem da minha empolgação quando descobri essa pérola fuçando nuns sites japoneses.

    Manda o dia e o horário que eu ajudo a divulgar, mesmo porque estou doido pra assistir. Quero ver o que vocês vão achar da Megapedia (apelido carinhoso que dei pra Enciclopédia do Mega Drive). Pelo que eu li de quem adquiriu essa raridade, vocês vão ter um treco com isso aí.

    PS.: alguém aí sabe ler Japonês? ^^

  14. 3, agosto, 2011 em 10:29 | #25

    @mcs

    Nós apelidamos o livro de Bíblia do Mega Drive, a qual queima as pontas dos dedos de quem teve um Snes na época e transforma nintendista em cinzas com a sua luz dourada da capa !

    E o videolog está gravado – sabe, da maneira costumeira que costumo fazer pra comunidade – mas ainda falta dar uma editada.

  15. oldbit
    1, fevereiro, 2013 em 21:04 | #26

    Pô que maldade, em japonês?

    Uma obra prima dessas deveria pelo menos ter uma tradução para inglês. Se tem pro Master System:


    • 1, fevereiro, 2013 em 23:15 | #27

      Pois é cara… o negócio é se auto-didatar em Japonês, fazer o quê.

      Eu conheci essa enciclopédia do Master System hoje, através do Sega Net, que citou esta matéria minha:
      http://www.seganet.com.br/index.php?showtopic=534

      A do Master é bem legal também, mas não é luxuosa e exuberante quanto a do Mega. Aliás, pelo que entendi, foi um norte-americano que a criou. A versão digital dela é bem legal!

Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: