Página Inicial > 20 anos de Super Nintendo, Super Nes > 20 anos de Super Nintendo – Parte 3

20 anos de Super Nintendo – Parte 3

Este post é parte do especial “20 anos de Super Nintendo” que comemora os 2o anos de lançamento do console. São ao todo quatro posts, onde cada membro do site comenta sobre os três games mais importantes do console em sua vida, sendo organizados por um índice geral.

Minha história com o Super Nintendo enquanto console, se resume em um jogo: International Superstar Soccer Deluxe. Joguei muito tanto ele quanto as muitas versões piratas que circulavam por aí. Esses jogos eu só joguei com o uso de emulador, apesar de já conhecê-los a partir de revistas e todos são muito bons. Se na época tivesse um Super Nintendo, com certeza teria todos eles.

The SD Great Battle Gaiden III

Um jogo com cheiro de infância, principalmente por quê tem um dos personagens que mais gostava quando via na extinta TV Manchete: o Kamen Rider Black RX, além dele, esse jogo também conta com o Gundam F-91 (antecessor do Gundam Wing que passou aqui na TV pelo Cartoon Network) e um dos Ultraman, além dele, há um personagem inédito, o Fighter Roar criado pela Banpresto, além dele, boa parte dos vilões foram criados por ela e não aparecem nos anime (ou tokusatsu) originais. Os personagens também estão em SD (Super Deformed) o que os torna uma caricatura dos originais.

tantos jogos produzidos fazendo o crossover entre os personagens, mas por quê acabei escolhendo justo esse? Escolhi porquê ele é do meu gênero preferido (o beat’n-up) e é um jogo que não cansa, o que dá para garantir um bom tempo de diversão.

The Legend of the Mystical Ninja
(ou Ganbare Goemon: Yukihime Kyuushutsu Emaki)

Um dos jogos mais divertidos para o Super NES, mas não tão conhecido assim, na qual segue um padrão de beat’em-up mas com muitas coisas a serem feitas durante o jogo como por exemplo, ter de entrar em uma loja para comprar um item e que sem ele, você não pode prosseguir. Há também uma recriação da primeira fase do Gradius e até uma brincadeira de Air Hockey, jogos de dados.

Nesse jogo, você é um ninja inspirado em um personagem real (o fora-da-lei do século XVI Ishikawa Goemon cujos relatos são sempre cercados por muitos exageros, o que o torna um personagem quase lendário, um especialista nas técnicas ninja mais absurdas). O segundo persobagen joga como Ebisumaru, também inspirado em um personagem histórico, o Nezumi Kozô (que viveu entre os séculos XVII e XVIII) que segundo ele, tinha roubado mais de 100 samurai durante toda a sua vida. O principal objetivo do jogo é no qual o jogador deve fazer uma viagem por todo o Japão em busca da princesa que foi raptada da cidade-natal deles.

Esse jogo não é o primeiro da série, há versões lançadas anteriores lançadas para arcade (Mr. Goemon), NES e MSX, uma continuação para Super Famicom e muitas versões diferentes para Nintendo 64, Game Boy, Game Boy Color, Nintendo DS, Playstation 2 e celulares além de remakes para Game Boy Advanced.

Mystical Ninja é um grande acerto da Konami que sempre é legal jogá-lo. Procure todas as versões!

Top Gear (ou Top Racer)

À primeira vista, lembro de ter achado o Top Gear um jogo de corrida normal com visão em terceira pessoa que sempre comentavam. Mas este jogo tem muitas qualidades: A começar pela sua excelente jogabilidade e controle. Como jogo de corrida, é muito fácil ultrapassar os outros competidores, a não ser quando eles querem te bloquear e por várias vezes eles tentam isto, o que obriga ao jogador tentar sair por um outro lado.

Ao escolher um dos quatro carros e após algumas etapas, o jogador percebe que há a necessidade do carro parar no box para que recarregue o combustível do carro. Apesar de ser difícil descobrir inicialmente onde parar, com algum tempo de jogo, é possível descobrir o esquema para as paradas. Ou seja, esse jogo, além de ser um jogo de corrida simples, também depende e muito das estratégias do jogador. Em muitas das pistas há obstáculos nos quais deve-se fugir, assim como mudança de tempo.

Os competidores têm de dar volta ao redor do mundo em diversas etapas para sagrar-se campeão, passando por duas pistas no Brasil: Rio de Janeiro e “Rain Forest”, nesse caso, relatando diretamente a Amazônia. As criadoras desse jogo são a Kemco em conjunto com a Gremlin, sendo que esta criou a série Lotus Turbo Challenge também e aproveitou vários elementos do jogo para criar este.

Recomendo procurar também o 2, no qual o motorista é bem mais desbocado que essa versão (e que saiu para Mega Drive também) e o 3000, mais fraco, mas ainda assim interessante.

Abaixo alguns scans da Ação Games relatando os games da época. Clique nas figuras para ampliar e  lê-las:

Top Gear SD Great Battle III The Legend of the Mystical Ninja

Sou professor de História, que também joga improvisionado em Geografia. Gosto muito de games alternativos, jogos que muitas vezes seguem o fora do padrão, assim como os piratas.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. 12, dezembro, 2011 em 02:52 | #1

    Legais essas opções, gosto do The SD Great Battle Gaiden III e do Top Gear. Não conhecia The Legend of the Mystical Ninja, mas me pareceu ser bem interessante. O SNES tem ótimos jogos de beat’em-up, alguns muito famosos, outros desconhecidos, mas que valem á pena conhecer.

  2. 13, dezembro, 2011 em 16:22 | #2

    Muito legal sua lista Talude.

    Esse The SD Great Battle Gaiden III já joguei em emulador, muito divertido. O The Legend of the Mystical Ninja foi até capa de uma Ação Games, se não me falha a memória, mas o pessoal não costuma se lembrar desse jogo (eu mesmo joguei muito pouco em emulador). Top Gear, taí um jogo famoso de Super Nintendo que preciso jogar. Mas joguei muito e adoro o Lotus Turbo Challenge pra PC, jogaço, com ótima jogabilidade e músicas bem agradáveis.

  3. Flavio Master
    13, dezembro, 2011 em 19:51 | #3

    "Minha história com o Super Nintendo enquanto console, se resume em um jogo…"

    Ah, seu Seguista! (como se eu também não fosse…)

    Sempre ouvi falar desse Gambare Goemon, mas nem fazia idéia de que tipo de jogo era. Bateu curiosidade aqui.

    Agora, Top Gear não tem jeito, é "cráááássico" até o talo! O 1 é o meu preferido com toda certeza (sou daqueles noobs que só joga com o carro branco e câmbio automático). As músicas são daquelas que grudam na sua cabeça e você se pega assobiando, principalmente a da primeira fase. O 3000 é meio ruim mesmo, mas pelo menos a música é irada, tinha até outro dia aqui no meu MP3.

    • Talude
      15, dezembro, 2011 em 00:49 | #4

      A bem da verdade tinha uma compilação que foi transformada em arcade em um bar que existia aqui perto de casa, era com cinco jogos, mas só me lembro de três: Top Gear, Sunset Riders e Futebol Brasileiro 96.

  4. 15, dezembro, 2011 em 03:53 | #5

    Eu gostava muito de jogar video game há alguns anos atrás, como vc sabe né, Dani.
    Top Gear foi um dos meus Favoritos, adorava sempre escolher o carro cinza,
    e seguir acelerando e fazendo as manobras radicais, rsrsrs!
    Era bem legal percorrer várias cidades e lugares do mundo,
    como em Nova York na primeira fase, quando se jogava à noite,
    e tinha uma música legal.
    No Brasil também é divertido, mas a fase da Amazônia
    é bem difícil que eu lembro.
    Eu fiz final nele, foi bem legal percorrer todas as fases.
    Tenho lembranças boas da época em que eu jogava Video Game.

  5. Eu Mesmo
    8, fevereiro, 2012 em 12:01 | #6

    Não acredito que a Ação Games deu nota 2 no quesito “SOM” para Top Gear ^^

    kkkk… pra ver como a gente não deve se basear mto em análise :p

  6. douglas felipe
    10, maio, 2012 em 18:33 | #7

    the legend of mystical ninja e muito foda joga eu e meu primo

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: