Página Inicial > curiosidades, Mega Drive, países > Quando a EA Sports quis agradar gregos e troianos

Quando a EA Sports quis agradar gregos e troianos

Na Nova Zelândia acontece a Copa do Mundo de Rugby, sendo que durante a mesma edição realizada em 1995 a Electronic Arts a partir do seu selo canadense que até então estava nascendo ainda, a EA Sports (ao menos, na época, a sede da empresa ficava no Canadá) lançou dois jogos com o mesmo tema: Rugby para o Mega Drive. Enquanto o tema era o mesmo para ambos, eles não eram exatamente iguais.

Mas, vem cá, o que é rugby?


Curiosamente, o rugby é uma dissidência do futebol e também da Fotball Association, associação que até hoje coordena o futebol na Inglaterra e no sue início era disputado com uma bola redonda, similar a do futebol mas que  atualmente esta é oval.

Ainda com essa dissidência, o rugby de certa forma lembra o futebol americano: o principal objetivo é atingir a marca-limite e colocar a bola no chão. Esse lance é conhecido como try (no futebol americano você não precisa colocar a bola no chão e o lance é conhecido como touchdown). Ele vale 5 pontos, sendo que um chute no pós jogo pode garantir 2 pontos extras. Os jogadores também podem conseguir pontos chutando a bola quando não consegue avançar, isso concede 3 pontos. Além desses, há muito mais coisas a se falar sobre o rugby, que está bem detalhado na Wikipédia lusófona. Há dois tipos de Rugby: o Union e o Legue, os quais voê pode ver a diferença entre eles aqui.

Em 1995, a EA Sports lançou duas versões de um mesmo jogo, cada um para seu público, sendo que ambos atingiram foram lançados na Europa, principalmente e nenhum deles chegou no Brasil, acredito que nem via pirataria, principalmente devido ao público de rugby aqui não ser tão grande.

Rugby World Cup’ 95 e o Rugby Union
Lançado em 1994 nos Estados Unidos e em 1995 na Europa. Foi o jogo oficial da Copa do Mundo de Rugby realizada na África do Sul em 1995 e na qual esse país foi campeão.

Há somente seleções nesse jogo: Argentina, Austrália, Canadá, Rep. Tcheca, Inglaterra, Ilhas Fiji, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Costa do Marfim, Japão, Letônia, Marrocos, Namíbia, Holanda, Nova Zelândia, Portugal, Romênia, Rússia, Escócia, África do Sul, Espanha, Suécia, Tonga, Uruguai, Estados Unidos, País de Gales, Samoa Ocidental e Zimbabué. Também há as seleções dos melhores jogadores: EA Barbarians e EA Maulers.

Há os modos Amistoso, Liga, Copa do Mundo (na qual qualquer uma pode entrar) e a Copa de Mundo de 1995, baseada nos mesmos grupos da Copa disputada na África do Sul. Uma grande diferença em relação a série FIFA é a possibilidade de deixar em modo randonômico a escolha do campo, ao invés de determinar isso anteriormente e obrigatoriamente.

Ao começar a jogar, você percebe que foi usada a mesma engine da série FIFA, com o campo em visão isométrica e a percepção de que o jogo é muito truncado, mais até que o rugby normal e é impossível marcar os pontos de uma partida normal, de repente, somente se você jogar o tempo máximo.

Australian Rugby League e o Rugby League
Jogo lançado em 1994 na Austrália e em 1995 no Europa, quase que simultaneamente com o jogo acima.
Formando o plantel, há times que disputam a Australian Rugby League, torneio que existe desde 1924. Os times são Auckland, Brisbane, Canberra, Cronulla, Gold Coast, Illawarra, Manly, Newcastle, N. Queensland, Norths, Parramatta, Penrith, St. George, S. Queensland, Souths, Bulldogs, Roosters, Tigers, Reds, Wests. Há também times que não possuem logo e somente a bandeira, que forma m a liga europeia: Bradford, Castleford, Halifax, Leeds, London, Oldham, Paris, St. Helens, Sheffeild, Warrington, Wigan e Workington. Por fim, seleções: Austrália, Inglaterra, França, Nova Zelândia, Àfrica do Sul, Tonga, País de Gales e Samoa Ocidental (sim, o mundo do rugby league é bem menor). Há outros dois times, que formam a Rugby League State of Origin, que dispuitam três jogos entre si todos os anos: New Sth. Wales e Queensland e por fim, os times dos maiorais: EA All Stars e EA Legends.

Os modos, conforme já foram falados são: Liga australiana, liga europeia, original (e internacional. Uma grande diferença entre os rugby union e league é a de que o league para muito mais que o union, o que faz de certa forma lembrar mais o futebol americano, já que após cada tackle, a jogada para e o time que estava com a posse, continua com esta até o quinto tackle, quando é obrigado a chutar para o outro time ou para o gol. Esse jogo é pior ainda para marcar pontos, sendo 0x0 comum até demais. A opção de random continua ativa, tanto para a temperatura quanto para o campo.

Fãs de rugby, relacionei o rugby com futebol americano muito mais para a facilidade em buscar semelhanças. Sei que os dois esportes são bem diferentes. A propósito, o rugby estará no Pan de Guadalajara, mas não será nenhuym desses e sim, a versão de 7, com menos jogadores que ambos jogos mencionados aqui.

Sou professor de História, que também joga improvisionado em Geografia. Gosto muito de games alternativos, jogos que muitas vezes seguem o fora do padrão, assim como os piratas.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. kurtrizzo
    3, outubro, 2011 em 19:48 | #1

    Putz! Não sabia que tinha jogo de Rugby!!! Vou jogar!

  2. 4, outubro, 2011 em 07:47 | #5

    Eu não sabia absolutamente nada sobre rugby… e se o Talude não tomasse coragem para fazer um post sobre esses jogos obscuros da EA, acho que nunca se falaria nada sobre o esporte (e sobre os jogos) na retrosfera brasileira, he he… muito interessante a ideia e o post!

    • Talude
      4, outubro, 2011 em 17:09 | #6

      Hahahaha
      Se não fosse o Mundial de rugby e o fato da NET ter liberado a ESPN aqui em casa, jamais me ocorreria de falar de rugby, ainda que já tinha assistido esse esporte na TV antigamente (acho que tinha sido um jogo da Tri-Nations).

  3. Sega Fan
    4, outubro, 2011 em 22:55 | #7

    Pessoal a sega está fazendo um contest veja em:
    http://blogs.sega.com/2011/10/03/sega-sweepstakes

  4. Tangerina Pokan
    5, outubro, 2011 em 08:29 | #8

    Infelizmente eu tive um jogo de Rugby para PSX.
    Quando estava "jogando" com a porta fechada,por causa dos sons do jogo,minha mãe pensou que estava vendo filme porno gay.

    • kurtrizzo
      6, outubro, 2011 em 20:12 | #9

      UAHRIUAHEUIAHEIUHAIUEHA pô, que triste isso.

  5. 7, outubro, 2011 em 09:26 | #10

    Poxa, também fiquei com vontade de jogar depois de assisti na ESPN! Mas infelizmente não achei NENHUMA dessas roms que funcione no portátil MD Play! Fiquei muito frustrado… 🙁

  6. 8, outubro, 2011 em 01:53 | #11

    Rugby sempre me pareceu um esporte estranho, algo como uma mistura entre futebol americano e futebol. E me parece que é bastante popular em alguns países da Europa.

    Uma coisa que aprendi em games de esporte é que são, talvez, a melhor maneira de se aprender as regras de um esporte desconhecido por aqui. Aprendi as regras do Hockey com o Mario Lemieux Hockey e até criava estratégias no Joe Montana Sports Talk Football II (futebol americano), ambos de Mega (e jogaços recomendadíssimos!). Mas confesso que nunca consegui entender as regras do Baseball, e olha que jogo games desse esporte desde o Atari 2600.

    Nem sabia da existência desses games! Essa matéria me deu vontade de tentar me divertir novamente com um esporte inusitado por aqui, através de um cart de Mega.

  7. CCJ
    22, outubro, 2011 em 08:25 | #12

    Off topic: Talude, baixei o Elifoot das Copas e achei uma grande iniciativa. Você já tem os times de 2010? E poderia disponibilizar os arquivos por Copas? Obrigado!

    • Talude
      23, outubro, 2011 em 19:13 | #13

      Opa, vejo de fazer isso sim, assim como a de preparar os times da Copa 2010.
      Eu queria fazer isso em algum outro manager onde caibam todos os jogadores e não tenha problema, mas não achei nenhum que possa cobrir essas exigências.

  8. RafaMalaman
    2, novembro, 2011 em 22:37 | #14

    Eu cheguei a mencionar o Rugby World Cup 1995 em uma postagem minha sobre os jogos de esporte no site da Comunidade Mega Drive. O jogo é realmente bom.

    No começo, você sua para pegar a manha. Principalmente quando o assunto são os chutes para a frente e as tentativas de marcar o Drop Goal (chutar a bola por cima daquelas traves). Mas, depois, a coisa corre fluida e lindamente. Dá pra marcar bastante ponto, sim.

    Pra quem tá começando, recomendo pegar a Nova Zelândia, a Austrália ou a França e enfrentar um time como Portugal, Uruguai ou Tonga. Dá pra ir pegando o jeito e fazendo os tries (é o "touchdown" do rugby) sem muita dificuldade.

    Mas esse esporte é fascinante. Ao contrário do futebol americano, ele é bem mais fluido. Nesse ponto, se aproxima do nosso soccer. E exige um trabalho de equipe impressionante: não há time de rugby que consiga ganhar jogos apenas por possuir um craque. O entrosamento é mais do que fundamental.

    É até estranho o fato de o rugby nunca ter sido popular aqui no Brasil. Em praticamente todos os países em que o futebol é popular, ele também é: França, Inglaterra, Argentina são alguns exemplos. Mas os grandes times são mesmo a Nova Zelândia, a África do Sul e a Austrália, todas bicampeãs mundiais (a Inglaterra tem apenas uma taça e o resto, nada – a França é tri-vice).

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: