Página Inicial > artigos, humor > 5 momentos de perversão sexual nos jogos antigos

5 momentos de perversão sexual nos jogos antigos

À medida que os games foram evoluindo, novos temas consideravelmente mais “adultos” passaram a ser abordados nos jogos. Inevitavelmente, o erotismo está dentre as novas tendências de roteiro dos games atuais. Cada vez mais presentes e explícitas, as cenas de sexo podem servir tanto à proposta de avançar ou adicionar algum elemento à trama – como visto em Heavy Rain –  como também a de ser apenas um minigame, uma experiência efêmera que apenas quebra o gelo – como no caso da série God of War, por exemplo. No entanto, não é de hoje que os desenvolvedores procuravam diversas formas de representar a libertinagem através das limitações tecnológicas. Às vezes, a coisa era bem sutil; em outras, nem tanto. Confira uma lista com cinco dos momentos mais devassos do retrogaming! Mas antes, claro, tire as crianças da sala.

.

5 – Ring King de NES e a felação

Ring King é um jogo de boxe, lançado originalmente para o Arcade em 1985 pela Data East. Conhecido ironicamente no Japão como Family Boxing, a conversão para o Nintendinho trouxe algumas estranhezas que não existiam ou não eram tão simbólicas assim na versão original. Em primeiro lugar, os lutadores, quando se digladiam, ocasionalmente podem se encontrar nesta situação:

Trilha sonora da cena acima

O problema é que ainda tem mais. No intervalo entre os rounds, os lutadores recuperam suas forças de uma forma bem inusitada, com uma ajudinha do treinador.

O mais engraçado é que, na versão de Arcade, a coisa é bem menos tendenciosa, com os boxeadores sentados e o treinador fazendo… qualquer coisa menos isso aí. É surpreendente o fato de que a Nintendo deixou passar uma coisa dessas.

4 – As tartarugas da van

Outra cena estranha que a Nintendo deixou passar está presente em Teenage Mutant Ninja Turtles 2 de NES. No jogo, para variar, a repórter April O’Neil é raptada por Shredder, e as tartarugas devem salvá-la. Mantida refém de Baxter Stockman, um dos comparsas do vilão, a jornalista decide expressar sua gratidão por ser libertada das garras da criatura.

Ambos entram na van…

E, instantes depois:

Imagine nesse momento uma tartaruga praticando o coito. Aliás, nem precisa:

Agora pense na April no lugar da tartaruga que está embaixo.

3 – Elevador que faz subir em Fear Effect 2

Homossexualismo feminino é algo consideravelmente mais aceitado na sociedade, e, dado o fato de que a maioria dos jogadores de videogame são rapazes, seria apenas uma questão de tempo que alguém sugerisse uma cena lésbica entre duas heroínas de jogos. O jogo de luta Darkstalkers, da Capcom, meio que explorou essa premissa com suas personagens Morrigan e Lilith. Mas somente em 2001, com o inovador Fear Effect 2: Retro Helix, de PSOne, que houve uma tentativa mais ousada; começando com uma das imagens promocionais do game, que sugere uma forte relação física entre as protagonistas Hana e Rain.

Mais um jogo violento para a lista

Mas campanhas de marketing de jogos com metáforas e símbolos sexuais já foram feitas antes, não é mesmo? Pois bem, durante o jogo, a fim de distrair os guardas, as duas agentes decidem usar uma tática de distração da qual não possuem objeção alguma de executar. Fingindo estarem fazendo coisas, Hana tira seu vestido para cobrir a câmera. Os guardas, afoitos, mal percebem que é apenas uma cobertura para que elas pudessem pegar o pacote deixado no elevador. E que cobertura…

2 – O “estupro” em Phantasmagoria

O adventure para PC é de 1995, e aborda temas bem pesados e violentos, que dificilmente encontraram algum precedente naquela época dos games. A história é centrada em torno de Adrienne e Donald, que se mudam para uma mansão habitada pela última vez no século 19 por um feiticeiro. Após acidentalmente libertar um demônio na casa, Adrienne percebe que Donald vai mudando de comportamento aos poucos, se tornando cada vez mais agressivo com ela, a ponto de testemunharmos a cena a seguir. Chateada com o marido após suas atitudes violentas, Adrienne se mostra relutante em aceitar as carícias dele, mas acaba cedendo a ponto de ser abusada de forma violenta:

Não tão exatamente agressiva a ponto de chamar de “estupro” (talvez uma forma de abuso sexual não tão pesada como um estupro sugeriria) a cena ainda assim é rememorada em qualquer discussão a respeito do jogo, provavelmente pelo choque causado aos jogadores que não esperavam por isso – especialmente os mais novos. Ainda assim, o game reserva várias outras surpresas logo depois, apesar de envolverem mais violência física do que sexual, como é o caso do vídeo acima.

1 – O mundo animal em Conker’s Bad Fur Day

O game de Nintendo 64 tem de tudo: violência em excesso, personagens estereotipados, vários palavrões e, claro, linguagem e conteúdo sexual. Uma das partes mais memoráveis do jogo é quando a coisa quase se torna explícita: Após expulso de casa, o “zangão” se vê na sarjeta. Ao avistar o esquilo Conker passando, ele decide contar sua história e implorar para que ajude-o a polinizar a maravilhosa girassol.

Na vida real, a polinização é apenas mais uma parte do ciclo da natureza. Em Conker’s Bad Fur Day, isso quer dizer sexo selvagem. Especialmente porque a flor tem seios gigantescos. Para a missão, Conker busca algumas abelhas que fazem cócegas na girassol, que acaba se abrindo para que o zangão venha com tudo. Para os mais precoces que querem ir direto ao ponto, o ato começa aos 2:47min do vídeo abaixo

Embora não tão escrachadas como em CBFD, existem várias outras cenas ou alusões sexuais nos retrogames. Você lembra de alguma? Não se acanhe e comente!

Jornalista de games, editor de vídeo e estudante de Audiovisual, escreve atualmente para a Revista OLD! Gamer. Além dos joguinhos, também dá pitacos sobre cinema, TV e tecnologia; sempre acreditando que a ironia é a melhor forma de sinceridade. Ouve Game Music e trilhas sonoras de filmes durante a maior parte do tempo, mas jura que é uma pessoa legal. Seguista, badernista e exorcista.

Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: artigos, humor
  1. Talude
    5, setembro, 2011 em 00:36 | #1

    O do Ring King é bizarro, mesmo na versão arcade. Recuperar as energias puxando o cinto? Mas, hein? Calção de boxe com cinto? Mas hein?
    O do Conker's é muito engraçada a cara que ele faz durante a relação dos dois. Não dá para saber se ele tá com T ou com asco.
    E o das Tartarugas Ninja, eles só estão testando o amortecedor da van. Hahahahaha

    Aliás, para o primeiro GIF do Ring King pensei em outra música:

    • 5, setembro, 2011 em 12:57 | #2

      Essa cara do Conker é simplesmente épica! Vou fazer um gif para usar de avatar!

      • Giulian Steel
        5, setembro, 2011 em 19:08 | #3

        Primeira vez que eu vi essa do Conker eu ri demais "I'm going in, wish me luck fella" KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
        Aos 2:47 da até pra ouvir o dinheiro que fica ali em cima falando "Somebody get me!"

  2. peron_
    5, setembro, 2011 em 01:17 | #4

    Esse Ring king, HAHAHAHAHA!

    A animação do Link quando ele faz força pra empurrar algo que não consegue mover em A Link to The Past sempre me pareceu muito suspeita…

    • 5, setembro, 2011 em 12:55 | #5

      Huuum, dessa não tô sabendo, nunca joguei ALTTP (nossa, que abreviação horrível :P) Darei uma olhada em algum vídeo do gameplay, mas já estou imaginando o que deve ser, rsrs

  3. 5, setembro, 2011 em 01:56 | #6

    Gostei muito do post.
    Eu ri de todos eles, com exceção do Phantasmagoria, que jogo sinistro!
    Antes jogar Silent Hill de madrugada com vela acesa que zerar isso aí.

    —-
    Uma que eu lembro foi no Final Fantasy IX, a polêmica cena aonde Zidane ensina "Vivi" (que não é um ser humano e sim um wizard) um certo…ritual..

    Traduzido é algo mais ou menos assim.
    Zidane diz para Vivi: Você quer saber de um truque pra esquecer as coisas da sua mente? Isto é um ritual antigo entre amigos homens. Venha aqui, Vivi. Vamos fazer juntos. Você não se sente legal em se permitir debaixo das estrelas?
    *aqui aparecem as palavras <tinkle> <tinkle tinkle> várias vezes*
    Adivinha o que foi que eles fizeram? xD

    Aqui o vídeo como prova (a partir do 0:14)

    • 5, setembro, 2011 em 12:54 | #7

      Silent Hill também tem uma cena de estupro! No segundo jogo, o Pyramid Head sodomiza uma das "enfermeiras-manequins" esquisitas lá!

      E eu não sabia dessa do FF IX… Aliás, devem ter vários rpgs com essas sacanagens escondidas nos diálogos, hehehe

      • kurtrizzo
        5, setembro, 2011 em 13:40 | #8

        FF7 eu lembro de ter umas coisas assim meio implicitas. Tipo quando os planetas se alinham e o Barret sai com você em Gold Saucer ao invés de qualquer uma das 3 minas.

        • Fabiano
          11, dezembro, 2011 em 00:07 | #9

          Ah, você saiu com o Barret porque fez besteira. Tem a manha pra sair com a Aerith ou a Tifa, mas já que preferiu o negão… já era…

      • Giulian Steel
        5, setembro, 2011 em 19:03 | #10

        A maioria dos RPGs da NIS America / Gust tem sacanagem escondida nos diálogos ahuahua
        Os que eu lembro é um cartucho não oficial lançado pro Mega Drive, Divine Sealing, ao término das fases as mina que pedia ajuda no começo aparecia pelada, não satisfeito, os que fizeram o game colocaram um código pra passar as fases, assim nem precisava jogar pra ver as cenas hehe, é até positivo skipar o gameplay, porque é um shmup sofrível.
        Outro caso e no Destroy All Humans! 2, que após zerar o jogo mostra que Crypto fez um clone da agente russa para fins prazerosos.

    • 6, setembro, 2011 em 14:29 | #12

      Posso estar delirando, mas se não me engano, Castlevania 2 (o RPG-action de NES) tem uma cena dessas, de dupla interpretação. Uma vendedora leva o herói do game pra dentro de sua casa e mostra pra ele coisas mais importantes que salvar o mundo (entendam o que quiserem , seus mentes poluídas!). rsrsr

  4. 5, setembro, 2011 em 10:16 | #15

    Sensacional o post Rafael! Meus parabéns!

    Rapaz, você sabe que na época eu pensei a mesma coisa com Teenage Mutant Ninja Turtles 2? Porém, logo depois pensei “Imagina, isto é videogame…Não, não pode ser…” deixando a situação de lado. Hoje, como somos adultos, podemos concluir que o balançar da van era sim o que muitos imaginávamos XD.

  5. Euler
    5, setembro, 2011 em 11:34 | #17

    Muito divertido esse post! Bem bolada a idéia! hehe

    Eu tive no MSX o Family Boxing, que era o nome japonês do Ring King, e essas cenas aconteciam nele tb. Lembro que morria de dar risada daquilo rsrs

  6. 5, setembro, 2011 em 14:36 | #19

    Caramba, essa cena de Phantasmagoria marcou bastante, foi exatamente assim — um susto. Tudo bem que na introdução do jogo eles já estão um pouco à vontade, mas a cena mais forte entre os dois só mesmo no meio do jogo. Desde aquelas bobagens "pornô" no Atari não tinha visto nada do "gênero", hehe. E como eu tinha esse jogo (até hoje) e a cena é no início do capítulo, dando pra ver qualquer hora, os coleguinhas da época faziam fila lá em casa 😛 Logo em seguida, eu mostrava a cena de um mega susto com um gato na garagem, e todo mundo ficava quietinho de novo (risos).

    Valeu, ótimo post, e olha só, o Fear Effect aê tem uma cena bem legal mesmo, de bom gosto (por que não? rs). Outro que vi assim e também com "Effect" no título é o Mass Effect, que teve até matéria na Fox nos EUA sobre as cenas polêmicas (acho que a chamada era "Sex Effect" por sinal, rs).

    • 6, setembro, 2011 em 15:33 | #20

      Essa do Mass Effect eu vi quando tava pesquisando para o post, mas como é um joguinho recente, acabou não entrando na lista. A graça está nos mais retrô que usavam de criatividade para mostrar sacanagem! hehe

      • 6, setembro, 2011 em 20:41 | #21

        Ah, com certeza! E fica o elogio por não ter citado os do Atari, lembrar deles já é lugar comum nessas situações!

  7. 5, setembro, 2011 em 14:51 | #22

    Meu Pai do Céu, acho que não dormirei esta noite.
    "Ring King" me traumatizou apesar de que não me surpreendeu, porque esse tipo de conteúdo vêm feito parte dos games desde seus primórdios.

  8. JamesR
    5, setembro, 2011 em 14:56 | #23

    Já tinha visto todas essas, muito engraçadas realmente(incluindo a do Phantasmagoria, como o cara traçou a mina de shorts??)essa do conker eu rachei de rir quando eu vi. Os novos jogos têm bastante disso também, vide Dead or Alive, No More Heroes e alguns outros.
    Ah sim, faltou aquela clássica do SimCopter, conhece??

    • 5, setembro, 2011 em 22:24 | #24

      Essa eu não conheço não… Tem como contar pra gente aqui?

      • JamesR
        6, setembro, 2011 em 12:38 | #25

        Em certas datas especiais, aprecem doi homens pelados(!) e se beijam. Ou algo mais ou menos assim.

        • 6, setembro, 2011 em 14:33 | #26

          Sim, um programador colocou no jogo sem ninguém saber – e foi devidamente demitido depois do estrago. Foi um escândalo!

          Bem lembrado!

  9. 5, setembro, 2011 em 17:05 | #28

    Puuuutz, essas do furgão das Tartarugas Ninja foi de rolar de rir ^_^

  10. 5, setembro, 2011 em 22:36 | #29

    Deixa eu só fazer um comentário de utilidade pública aqui: Estupro continua sendo estupro, mesmo se a mulher estava concordando de inicio em ter relações sexuais e mudou de ideia ao decorrer por qualquer motivo que seja, sendo forçada a continuar. Okay? 😉

    • 5, setembro, 2011 em 23:26 | #30

      Verdade. Por isso hoje em dia tem que se tomar muito cuidado com as parceiras escolhidas. Elas podem te induzir ao sexo e depois gritarem que estão sendo violentadas.

    • 6, setembro, 2011 em 05:33 | #31

      Talvez tenha me expressado mal, mas o que quis dizer na verdade é que classificar a cena como estupro sugeriria algo muito mais gráfico do que o que foi retratado de fato! Mas é claro que o ato do cara é de abuso e tal, não deixa de ser algo reprovável!

      Vou dar uma ajeitada nesse trecho para não parecer tão misógino.

  11. Flavio Master
    5, setembro, 2011 em 23:42 | #32

    @@reddish

    Certo, mas estupro de shorts é meio impossível…

    • 6, setembro, 2011 em 14:36 | #33

      HAUHuaHUHauhauhaUHA!! Pensei a mesma coisa quando vi o video. Coisa mais estranha…

  12. 6, setembro, 2011 em 12:10 | #34

    Pra quem falou da cena do Silent Hill II, é realmente bem estranha. O Pyramid Head se “divertindo” com umas enfermeiras:
    http://www.gamescares.com/main/images/stories/vid

    • 6, setembro, 2011 em 13:04 | #35

      Parece que bugou, Psicopato… Tem como mandar um link direto?

    • 6, setembro, 2011 em 14:24 | #36

      Editei o comentário do Psicopato. Entre na URL, ache o arquivo "silenthill2_rape.flv", aperte o botão direito do mouse e escolha a opção Salvar como (ou similares).

  13. pedro12
    6, setembro, 2011 em 18:05 | #37

    Nintendo,Nintendo,“somos contra jogos violentos,com conteúdo sexual…“ tô vendo rsrs.
    A do Phantasmagonia que foi meio pesada.Já do Mass…digo Fear Effect foi “legal“ pros rapazes ,já as garotas…mal consigo imaginar a cena:“que p*(%$# é essa?!“kkkkk.

  14. 7, setembro, 2011 em 00:25 | #38

    @Cosmonal

    Os jogos pornôs do Atari podem entrar na Maratona Pirata, já que todos eram jogos não licenciados, lançados pela Mystique 🙂

  15. gamezinebrasil
    8, setembro, 2011 em 21:07 | #39

    Belo post, dei muita risada com ele. Achei bem louco esse Phantasmagoria, já que conheço muito pouco de jogos para pc.

    Se não me engano, no Tales of Phantasia, tem uma personagem que delira enquanto tem sonhos eróticos com Cless.

  16. 9, setembro, 2011 em 10:16 | #40

    No dia eu tava meio ocupada e nem comentei, aí lembrei de voltar aqui hoje.

    Xenogears tem uma cena sutil do Fei e da Elly consumando seu amor. Se não me falha a memória (joguei faz muito tempo), na conversa deles na manhã seguinte as faces deles nos avatares estão até sem roupa.

    Vampire the Masquerade tem a opção de ficar com aquela vampira de maria-chiquinha, dependendo do que você fizer. E se você jogar com uma mulher, ao invés de sair matando zumbis no cemitério enquanto o Romero vai procurar algum amor, pode fornecer o que ele quer você mesma. Minha personagem fez isso porque ele era charmosão =p

    • 9, setembro, 2011 em 14:17 | #41

      Poxa vida, você me lembrou que Xenogears é um dos RPGs que, junto com Chrono Trigger, "tenho que terminar mesmo sem curtir muito esse tipo de jogo"! Nem sabia que tinha essa cena de erotismo, aliás!

      Ah, ninguém falou, mas o Michael Jackson Moonwalker de Mega também tem cenas de perversão… Ops, melhor deixar pra lá!

  17. 9, setembro, 2011 em 16:33 | #42

    eu gostaria de fazer uma parceria meu blog é: http://www.loadingamer.blogspot.com

    • 9, setembro, 2011 em 17:33 | #43

      Parceria feita Felipe!

      Estou esquematizando uma maneira de automatizar o processo de parcerias do PS. Mais pra frente sai.

      Abraço!

  18. 10, setembro, 2011 em 01:36 | #44

    Valeu pela parceria e parabéns pelo site

  19. joeycaruzo
    11, setembro, 2011 em 16:55 | #45

    Todos ri da tartaruga XD

    ___________________

    Já ouviram falam de Doki Doki Majo Shinpan pra Nintendo do DS? (Sim, você vai pesquisar no google)

  20. Guilherme
    20, outubro, 2011 em 16:34 | #48

    E o pior de tudo,é que aquele cara que estuprou a mulher em Phantasmagoria,se parece comigo!
    Se alguém lá da escola jogar esse jogo,eu tô ferrado!

  21. Cyber Woo
    28, outubro, 2011 em 02:09 | #50

    A série Persona adora citar esse tipo de coisa, tanto é que Persona 4 tem um pouco de tudo, hahahah!

    Estou chocado com Ring King e o lance do Zidane com o Vivi, Oh! MY GOODNESS!

  22. Thiago
    14, janeiro, 2012 em 14:55 | #51

    no Tales of Phantasia tem uma hora que enquanto o grupo faz uma viagem de navio e enchem a cara no convés, a Arche então cai no sono e começa a gemer e chamar pelo Cless, dando a entender que estava tendo um sonho erótico com o mesmo.

    Tem um jogo de mega drive tbm, que agora não lembro qual, em que aparecia um logo da empresa em que tinha uma mulher com uma camisa branca e o logotipo estampado nela. se vc ligasse o videogame com uns botões pressionados o mesmo logo aparecia mas com a mulher de topless mostrando os mamilos e tudo. acabei de pesquisar no google: o nome do jogo é rings of power.

    no castlevania SOTN vc poe o cd no PC e tem alguns concepts do jogo, tem uma foto da succubus mostrando suas "tits". no proprio jogo quando vc enfrenta ela, lembro q ela aparece sem nada cobrindo as partes tbm (é bem pixelado mas é nudez tbm)

  23. 8, setembro, 2013 em 15:01 | #52

    Esse Phantasmagoria me impressiona pela qualidade da atuação e do realismo para um FMV. Tive um colega de escola fanático por esse jogo.

    • 10, setembro, 2013 em 07:48 | #53

      E eu nem cheguei a terminar pra ver as partes mais tensas… Parei na metade e não continuei por preguiça. Absurdo.

  24. 7, outubro, 2013 em 10:00 | #54

    Não sei se eu que sou muito ruim de entrar no clima da piada, mas essa das tartarugas é evidente que não passa de uma animação mal feita da van indo embora hehe

    Legal o post, continue o bom trabalho.

    • 7, outubro, 2013 em 16:16 | #55

      A mesma coisa aconteceu com o Ring King… Com certeza os caras se tocaram da porcaria que ficou e deixaram assim mesmo 😛

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: