Página Inicial > PC, Playstation, Saturn, vídeos > Clipe musical do game Wipeout XL (Playstation, Saturn)

Clipe musical do game Wipeout XL (Playstation, Saturn)

AMP foi um programa da MTV responsável por exibir clipes de música eletrônica durante os anos de 1997 a 2001. Também foi exibido por aqui, em terras tupiniquins.

Assistindo a vários episódios do AMP no Youtube, encontrei o clipe abaixo. A música “Atom Bomb” (do Fluke) faz parte da trilha do jogo Wipeout 2097 (Wipeout XL nos EUA) – lançado para Playstation, Saturn, PC, entre outros. Além do clipe fazer referência direta ao game (praticamente um clipe do game), é muito bom! Dá só uma olhada:

.

Abaixo, uma versão com mais qualidade e ligeiramente diferente do clipe, e o final sem o corte da MTV, onde nitidamente o game Wipeout XL fica bem evidente:

Veja também: comercial do jogo e sua introdução.

.

Wipeout XL, aliás, é um prato cheio pra quem curte música eletrônica, contendo em seu repertório músicas de bandas como The Future Sound of LondonChemical BrothersProdigyDaft Punk, entre outras.

.

Agradecimento ao Mestre Chronos, do site The Four On, que comentou sobre o AMP no seu Twitter.

.

Referência: Wikipedia

Idealizador e criador do Passagem Secreta, vencedor do prêmio Top Blog, cientista da computação, pós-graduado em Educação, professor e, nas horas vagas, gamer.

Facebook Twitter Google+ YouTube Skype 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: PC, Playstation, Saturn, vídeos
  1. Andre
    18, janeiro, 2011 em 19:47 | #1

    Demais o clipe! Aliás, falando em AMP… está aí um programa onde valia a pena ter TV a Cabo. Hoje nem sei porque assino essa porcaria…. e a MTV de tão ruim está com sinal aberto…. abração da galera Game Power do RS/Brasil.

    • 19, janeiro, 2011 em 18:01 | #2

      Infelizmente eu não peguei essa época da MTV, quando sua programação ainda valia a pena (e não essa Malhação musical de hoje em dia).

      Agora, com sinal aberto, nem de graça…

  2. 19, janeiro, 2011 em 04:54 | #3

    Só joguei Wipeout na versão de N64 em toda a minha vida, e, como de se esperar, a trilha sonora lá foi completamente multilada. Infelizmente, essa música do clipe não estava lá. Mas eu curti bagarai, mais uma trilha sonora pra conferir =D

    • 19, janeiro, 2011 em 18:04 | #4

      Eu pouco joguei Wipeout de Playstation, muito menos de N64. Mas a trilha Techno sempre me interessou.

  3. 19, janeiro, 2011 em 06:32 | #5

    Cara, quando eu estava com o programa Interferência na Rádio Gamerstation eu fiz um especial com a trilha do game Wipeout, e lógico que falei do Fluke, que é um dos primeiros artistas de música eletrônica que eu conheci 🙂

    Depois do programa fiz um descritivo no fórum do que havia falado do FLuke – Pena que ele está fora do ar, senão até postava o link aqui 🙁

    Mas vai um resumo de cabeça – Grupo formado em 1988 que nasceu em meio a cena Acid House. São 3 cidadões (Mike Bryant, Jon Fugler e Mike Tournier) que nos tempos do Wipeout tinham a cantora e dançarina Rachel Stewart que assumia a personagem Arial Tetsuo durante as apresentações da banda para agitar o pessoal e usar roupas colantes 😛

    Alias essa música Atom Bom vem do álbum Rissoto, que tem as minhas músicas favoritas da banda – e nota educativa: Na versão do N64, a música do Fluke que rolava era a Goodnight Lover.

    Quanto ao AMP realmente é um programa que marcou época, toda quinta feira a partir da 00:30 a MTV se transformava ! Era o único programa onde os caracteres onde diziam o nome dos artistas eram diferentes, era uma outra dimensão dentro da programação ! Ele faz muita falta mesmo, pois nos últimos anos o programa se tornou um pé no saco, consequência da decadência da qualidade do canal.

    Para saideira do comentário um show ao vivo do Fluke, ele se encontra em várias partes no Youtube, porém este é o link onde já começa com o Atom Bomb –

    • 19, janeiro, 2011 em 07:26 | #6

      Gostei do insight sobre o "grupo", valeu! Eu tinha ouvido o Risotto há uns tempos atrás e curti muito. Conheci mesmo jogando o Wipeout de 64, e fico impressionado como que, nessa versão do jogo, as músicas foram multiladas e comprimidas de forma muito tensa. Normal, né.

    • 19, janeiro, 2011 em 19:59 | #7

      Muito legal saber desses detalhes. Aliás, a seleção de músicas do seu programa na GamerStation era ótima! Não sei se cheguei a baixar os arquivos desses programas da rádio (se estavam disponíveis, acho que sim pois baixei tudo. :D).

      Tirando as audições na Rádio e agora no clipe, não conheço este conjunto. Vou ficar de olho em outras músicas dele.

  4. 19, janeiro, 2011 em 07:07 | #8

    O único jogo que jogo com frequência no empoeirado PS3 aqui é Wipeout (HD). Não sei nada sobre a trilha dessa versão do PlayStation 3, mas chama a atenção como elas se encaixam tão bem no estilo de Wipeout.

    Muito boa essa (ouvirei de novo em casa, porque música eletrônica é feita para ouvir com graves e não no notebook ;-), só fui conhecer Wipeout com atenção nessa versão next-gen, tem dado vontado de conhecer os antigos pra ver o que foi aproveitado, o que deixaram pra trás…

    O close da moça no capacete me lembrou Sewer Shark, ora ora… :p

    • 19, janeiro, 2011 em 07:22 | #9

      Sewer Shark? Eeeeita!

    • 19, janeiro, 2011 em 08:03 | #10

      Wipeout, tem duas versões para ps2 – Pure e Pulse – onde a trilha mantém o poder: Aphex Twin (esse é dos tempos do Fluke), Kraftwerk, Noisia, Elite Force, Orbital, Brainiac, só coisa fina !

      E tem uma série de 'corrida futurista' não muito famosa, mas que tem uma trilha sonora eletrônica fantástica, que é o Extreme G. Tenho tudo desse jogo, e está nos planos do 4 (vulgo meu blog) em fazer um post que vai dissecar a série. Mas sabe, são planos estilo o Raiden verde do Sr. Valverde, um dia ele se torna realidade 😛

      • 19, janeiro, 2011 em 09:47 | #11

        Eu sempre deixava de lado o Extreme G nas locadoras porque eu lembro de uma análise da revista Gamers que falava mal do frame-rate instável. Vale a pena pegar a versão de PS2, pelo menos?

        • 19, janeiro, 2011 em 13:16 | #12

          Pô cara, não limite a sua visão por causa de frame-rate (exceto no caso do Cybergame, lá a história é diferente :P) – os do ps2 valem o download sossegado.

          Tem o Extreme G 3, que é praticamente infinito, tem muitos campeonatos um mais lazarento de complicado que o outro.

          E tem o XGRA – Extreme G Racing Association, que seria o último da série. O Design geral do jogo é um debulho e a trilha sonora mais ainda agora incluindo Rock. E tem um detalhe legal nas opções, você pode escolher se só vai tocar Rock, Eletrônica ou os dois juntos.

          A caráter de curiosidade, logo que entrei no Orkut (no boom da coisa) a primeira comunidade que fui procurar foi do game Extreme G. Como não encontrei, eu a criei 😛

      • 19, janeiro, 2011 em 20:17 | #13

        HauhAUhuahua!!

        Ao mesmo tempo em que decidi definitivamente pôr em prática todos os meus antigos projetos, a minha realidade parece não querer permitir que eu o faça. Mas aguarde novidades logo logo. 🙂

        Agora que vc falou, se me lembro bem, algumas revistas (Gamers, talvez) que teceram altos elogios ao som do Extreme G. Estaremos esperando a matéria!

    • 19, janeiro, 2011 em 20:10 | #14

      Eu nem sabia que tinha Wipeout para PS3. 😛

      Wipeout me lembra de alguns saudosos games de PC do mesmo estilo, como Slipstream 5000 e outro que me foge o nome.

      A idéia de jogar um game de corrida ouvindo Chemical Brothers ou Prodigy me parece ser muito interessante (isso me lembra algo… :D).

      Sewer Shark? Nas raras vezes que eu ia na locadora jogar um game de Sega-CD, quase sempre ou jogava este game ou Cobra Command.

  5. brunoantigen
    17, outubro, 2011 em 03:15 | #15

    E vai sair o Wipeout 2048 pro PSVita <3

    Lá vou eu matar mais um pra comprar um PSVita agora HEAUHAEUH

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: