Página Inicial > PC, reviews > Sensacional “Advergame” da Copa de 2010: Teamgeist

Sensacional “Advergame” da Copa de 2010: Teamgeist

A menos de uma semana para o início da Copa do Mundo de 2010 vamos mostrar um genial “advergame” (advertising – propaganda + game) lançado pela Adidas, especialmente criada para o novo uniforme da seleção da Alemanha – terra natal da marca. Chamado de “Teamgeist“, ou “espírito de equipe” em alemão, é um game on-line , no estilo graphic novel, criado pela agência sueca North Kingdom com uma produção nada menos do que espetacular.

.

A premissa do game é a de que não há camisa  sem identidade, e esta é representada por grandes feitos. Em Teamgeist o objetivo é ajudar Michael Ballack, Lukas Podolski, Philipp Lahm, entre outros jogadores a recuperar a identidade da camisa da seleção alemã, revivendo os confrontos decisivos contra Hungria (1954), Holanda (1974) e Argentina (1990) que construíram o tri-campeonato alemão. A introdução ao jogo pode ser vista no vídeo a seguir:

.

Introdução do game e início do Cap. 1

.

Veja AQUI os vídeos de todas as introduções de capítulos.

O game é dividido em três capítulos, cada um representando uma final em que a Alemanha sagrou-se campeã mundial de futebol. No início de cada um deles, antes do jogo em si, é exibido um vídeo – um prelúdio contando a história envolvendo aquela decisão específica, com partes gráfica e sonora impecáveis.

.

Vivendo a história de cada final

Hungria, o time imbatível a 5 anos, é o seu adversário em 54.

Os adversários são retratados de maneira caricata como gigantes e quase invencíveis.

.

Cada capítulo é um jogo de futebol de tabuleiro por turno, onde há um tempo definido para cada time fazer sua jogada, que pode ser uma movimentação pelo campo, um passe, um chute, um drible, uma interceptação ou uma defesa. Ao selecionar um jogador, aparecem as opções de movimentação através dos quadrados no gramado e os menus de ação como chutar ou passar, tudo muito intuitivo.

Tela do game

.

Tudo é tão bem acabado que há vídeos individuais de cada jogador e para cada ação dos mesmos, como apresentação (seleção com o mouse), chute e comemoração de gol. No terceiro capítulo é possível, inclusive, montar o seu time, escolhendo jogadores com características distintas.

Vídeos individuais de cada jogador

.

Clique com o cursor do mouse no círculo branco para roubá-la do adversário

Assim que uma ação decisiva de ataque ou defesa é selecionada, o jogador é transportado para um vídeo interativo em câmera lenta, a música dá lugar a um som que passa tensão, e o jogador deve clicar com o mouse em alvos (círculos) pré-determinados. E é justamente aí que está uma falha do game: os alvos pra cada situação são sempre os mesmos. É até compreensível, já que uma dificuldade maior poderia afastar o público alvo do game, mas sem dúvida uma dificuldade mais desafiadora o tornaria ainda mais atrativo para os gamers mais hardcores. Isso de forma alguma tira o brilho desta verdadeira produção.

.

Trailer do game

.

Como extra, o game traz uma integração com o Facebook para registro de sua progressão, Twitter oficial, galeria de vídeos de cada jogador, HQ interativa com direito a realidade aumentada, entre outros. O Making of desta impecável produção pode ser visto AQUI.

.

Um dos vídeos do Making Of

.

Este advergame, pontualmente nesta época de Copa do Mundo, mostra como os games são encarados de maneira diferente em países como a Alemanha; é uma lição de como um game utilizado para uma ação de marketing pode ter resultado arrebatador. Nada melhor para que uma pessoa sinta todo o ambiente de uma Copa do Mundo e entenda o peso da história de um país através da interação com cada momento.

Imagine você se este sensacional advergame fosse um produto criado especialmente para a nossa seleção – o ganho com a exposição da imagem de nossos valores e de nossa história seria ainda maior. Simplesmente não dá para ignorar o potencial dos games como meio para se divulgar a cultura e a história de uma nação, mesmo que a premissa seja esporte ou entretenimento.

.

>> Jogue o game TEAMGEIST <<

.

Referências:

Brainstorm 9

Help Solutions

Flickr: Adidas Fussball’s Photostream

Cargo Collective

http://www.youtube.com/watch?v=5mFfd5CMHi4&feature=player_embedded

Idealizador e criador do Passagem Secreta, vencedor do prêmio Top Blog, cientista da computação, pós-graduado em Educação, professor e, nas horas vagas, gamer.

Facebook Twitter Google+ YouTube Skype 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: PC, reviews
  1. 5, junho, 2010 em 15:14 | #1

    Jogos sensacionais desse tipo sempre aparecem no período da Copa. Existe um jogo da Nike, em que craques se digladiavam em "campo-ringue", sensacional!
    Agora gostei do mote desse jogo da Adidas: querendo ou não, tem um toque retrô, ao enfrentar seleções das antigas XD

    • 6, junho, 2010 em 15:40 | #2

      Não conheço esse game Zolini, parece ser bem legal!

      Põe retrô nisso…1954! Lembra um pouco aqueles jogos em FMV em que vc deveria interagir com o filme, como os de Sega CD. E esse tabuleiro lembra aqueles games de estratégia por turnos.

  2. 00Agent
    5, junho, 2010 em 18:59 | #3

    Taí um lugar aonde videogame é coisa séria. Se isso um dia acontecer aqui, será com um simples jogo de celular. Aparentemente o foco das apostilas de marketing aqui no Brasil se baseiam em mídias sociais e outras apelações… Ideias como essa serão bem improváveis de acontecer por aqui, mesmo se envolvesse futebol!

    • 6, junho, 2010 em 15:45 | #4

      Quando o projeto "Imposto Justo para os Videogames" diz que o país perde muito dinheiro com o não desenvolvimento do seu mercado de games, também estamos falando disso aqui: a possibilidade de se ter uma equipe tão boa quanto a da North Kingdom para criar advergames que tragam um bom retorno para uma população já acostumada com os games, que não fique os rotulando de maneira tão boba como vemos atualmente.

  3. 8, junho, 2010 em 14:18 | #5

    Mais uma vez, games conquistando o mundo aos poucos.
    Boa Marcos!
    Mas, se fosse no Brasil, creio que nós ganharíamos no máximo um joguinho para Orkut. (o que combina mais com o Brasil).

  4. 8, junho, 2010 em 21:40 | #6

    Hm… deixe eu adivinhar… Colheita Feliz – Versão Copa do Mundo (ou algo do mesmo calibre). 😀

    Valeu Léo!

  5. 9, junho, 2010 em 12:46 | #7

    Poderia até ser.
    Mas no meu caso, deveriam mudar o nome para "Colheita Maldita", porque odeio aquela desgraça!
    De nada Marcos, parceria e camaradagem sempre!

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: