Página Inicial > programas > Globo Reporter: “A Febre do Videogame” é restaurado

Globo Reporter: “A Febre do Videogame” é restaurado

Globo Reporter

Um dos programas que marcaram a infância de muitos retrogamers foi o Globo Reporter: A Febre do Videogame, exibido em Junho de 1991. Essa pérola foi restaurada digitalmente e subida para o Youtube pelo usuário RetroTV, e estamos disponibilizando aqui para nossos leitores.

É fácil entender o motivo de tanta nostalgia. O ano de 1991 foi um ano fantástico para os games no Brasil, com a chegada da revista Videogame, a explosão de vendas dos 8-Bits (atrasada em relação a outros cantos do mundo, é verdade) e a guerra dos 16-Bits que acabara de começar.

A reportagem encheu nossos olhos e nos brindou com imagens, algumas delas inéditas por aqui, de games clássicos como os de NES: Super Mario Bros. 3, Double Dragon II, Robocop 2, The Simpsons: Bart vs. the Space Mutants e Battletoads; os de Mega Drive: Sonic, Castle of Illusion e Moonwalker; e o até então restrito ao mercado japonês, Super Famicom: Super Mario World e F-Zero.

Podemos dividir todo o programa em três partes:

A primeira é uma empreitada desesperada da reportagem de Neide Duarte tentando provar que o uso do videogame torna as pessoas violentas: sobrou até para o Sonic, que aqui virou um gato, e para o Super Mario Bros. 3 que, apesar de premiado na época por uma associação de pais dos EUA como o jogo mais indicado para crianças, aqui é lembrado como um personagem de um game de luta ou algo do tipo. Destaque para a entrevista com o Toni Ricardo Cavalheiro, piloto da revista Videogame (aliás, nunca entendi aquela dica no CoI), e os trechos do filme Tron.

Na segunda parte temos a ótima reportagem de Carlos Dorneles sobre o mercado japonês de games (destaque para o Famicom Modem), o mercado norte-americano pós-invasão da Nintendo e o primeiro jogo via holograma do mundo, o Time Traveler da Sega.

O terceiro bloco, por Celso Freitas, basicamente consiste dos jogos de PC: Prince of Persia e Wing Commander, num comparativo com a Guerra do Golfo, e uma viagem no simulador de vôo de um 747 para treinamento de pilotos.

Compare a versão que rolou na Internet a um tempo e a restaurada:

 

Assista a reportagem completa aqui:

 

Dica: assista aos outros vídeos clássicos do canal RetroTV, como a reportagem no Fantástico de 1993 e  e o Globo Reporter de 1992 – sobre Realidade Virtual (esse eu ainda tenho em VHS!).

O que acharam do programa? Comentem!

Especialista em games e criador do Passagem Secreta. Cientista da computação e, nas horas vagas, professor. Já ressuscitou o Chefe da SGP e também recuperou a história do nosso jornalismo de games. Guarda a sete chaves os maiores segredos dos videogames, mas diz que só conta quando perder a timidez. Aka mcs.

Facebook Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: programas
  1. 29, fevereiro, 2012 em 18:08 | #1

    Pela amostra que vi, o trabalho de restauração está primoroso. Vou baixar pra colocar no meu arquivo. Principalmente pela pérola do “Sonic, o gato”, rs

    • 1, março, 2012 em 07:37 | #2

      O pior é que essa pérola ficou mais conhecida do que o próprio programa.

  2. Guilherme
    29, fevereiro, 2012 em 18:30 | #3

    Caramba velho, nu, valeu mesmo. Que beleza de restauração!!

    • 1, março, 2012 em 07:38 | #4

      Ótima, não? O pessoal do RetroTV poderia fazer um vídeo ensinando a fazer todo o processo. Eu mesmo tenho várias raridades em VHS e pretendo logo logo começar a digitalizar tudo.

  3. ritinharat
    29, fevereiro, 2012 em 19:07 | #5

    Ótima divulgação e belo trabalho do RetroTV. Graças a pessoas como vcs a memória gamer brasileira!!

    • 1, março, 2012 em 07:48 | #6

      Percebi que o vídeo, pelo menos até a criação deste post, não tinha muitas visualizações. Tomara que este ótimo trabalho seja mais conhecido.

  4. PhalanX
    29, fevereiro, 2012 em 20:07 | #7

    O Matheus, quem faz essas digitalizações, é um cara muito bacana. Hoje em dia só utilizo a técnica dele para remasterização de audio/video.

    • 1, março, 2012 em 07:52 | #8

      A qualidade realmente ficou muito boa! Não é nada fácil fazer uma conversão dessas, pelo menos pra mim, que há pouco comecei com captura e conversão de VHS para formato digital.

  5. Henrique
    29, fevereiro, 2012 em 21:54 | #9

    2:55 é hilário! Boa restauração!

    • 1, março, 2012 em 07:54 | #10

      Deixa eu advinhar o momento já que não posso rodar o vídeo daqui… Sonic – The Hedgecat? o.0

      • ANTIDEUS
        1, março, 2012 em 11:09 | #11

        Errou! É a parte da super animação do Mario com a repórter. :D

  6. ANTIDEUS
    1, março, 2012 em 08:35 | #12

    Belo trabalho do RetroTV, valeu por divulgá-lo mcs! Acho que não cheguei a ver o programa na época (nem posteriormente), só me lembro daquela reportagem da Globo que tinha imagens do Star Fox, F-Zero e Street Fighter II. Se bobear, vocês já falaram sobre ela aqui no Passagem Secreta.

    Edit:

    Acabei de ver o vídeo. Acho que cheguei a assisti-lo na TV sim, lembro-me que alguém abria um cartucho pra mostrar a placa de circuito (10:09) e da parte do Time Traveler (16:28). Se não me engano, cheguei a ver o arcade num shopping.

    2:49 – Uma horrível (falta de) animação tendenciosa. Pior momento do vídeo.

    8:07 – Os "irmãos do Simpsons" apareceram num detonado do jogo Bart vs. The Space Mutants [NES] na revista Ação Games, se não me falha a memória. Eles falavam da parte do dinossauro e tal.

    11:44 – O menino jogando um jogo de atletismo com o Power Pad [NES] me fez lembrar das vezes que corri sem sair do lugar no demo do Kinect Sports.

    14:21 – Creio que o homem à esquerda seja o Hiroshi Yamauchi, ex-presidente da Nintendo.

    19:14 – Test Drive 3. LOL!

    O vídeo está lotado de spoilers mostrando os finais dos jogos -.- .

    • 3, março, 2012 em 11:35 | #13

      Vou acompanhar o vídeo novamente, ver as citações e responder depois (calma aí ANTIDEUS).

    • 4, março, 2012 em 00:46 | #14

      Agora sim, vamos lá! ._/.

      Não me lembro dessa reportagem a qual se refere, cara. Será que perdi essa? Acho difícil mas…

      Algumas imagens deste Globo Reporter reaparecem em alguns outros programas do mesmo canal, como aqueles que cito no fim do post.

      2:49 – Sem comentários. Ridículo.

      8:07 – Eles eram contratados pela Ação Games, não eram? Sempre tive essa dúvida mas nunca tive a curiosidade tão grande a ponto de checar isso. Se bem que a maioria dos "pilotos" que apareciam com foto ao lado de recordes na AG estavam mais para posers do que qualquer coisa. "Ok, mas uma pessoa que passa da parte do dinossauro no Simpsons de NES tem meu respeito" – disse aqui minha consciência.

      11:44 – Momento "Vergonha Alheia – parte 2".

      14:21 – Não é que parece mesmo? Aliás, sobre o Famicom Modem, a Wikipedia diz que o acessório não permite jogar com algum amigo remotamente, ao contrário do que a reportagem diz. O site diz que o aparelho serve para baixar recursos extras de games e coisas do tipo.

      19:14 – Lembrei na hora do "classicasso" Stunts (PC)

      Spoilers: Putz, verdade! Castle of Illusion, Super Mario World (que acabava de sair no Japão e nem era conhecido por aqui ainda!!).

  7. 1, março, 2012 em 09:03 | #15

    Não posso ver os vídeos agora aqui no trabalho, mas pelos comentários o trabalho de restauração deve estar muito bom. Excelente pra lembrar daquela época. Pura nostalgia.
    Passei aqui pra comentar pois acho o Passagem Secreta um dos melhores sites relacionados a games. Sempre com textos e vídeos curiosos e não comuns. Pra quem gosta de jogos é um prato cheio. Parabéns a todos os envolvidos pelo excelente trabalho.

    • 3, março, 2012 em 11:34 | #16

      Valeu Psicopato! Sem a resposta de nossos visitantes é complicado tocar isso daqui (sem hipocrisia), devido ao nosso pouco tempo livre (viva o capitalismo!).

      Tem muita coisa legal para ser publicada em 2012, aguarde!

  8. Alexandre
    2, março, 2012 em 02:28 | #17

    Muito bom heim! Eu não cheguei a ver esse programa na época. Nesse tempo eu ainda jogava Atari huahuaa. Bons tempos esses de locadora.

    • 3, março, 2012 em 11:31 | #18

      Eu tinha em VHS (como comento na resposta ao Gagá) e assistia isso aí quase todo santo dia. Bons tempos…

  9. 2, março, 2012 em 09:14 | #19

    Eu vi essa matéria na época; foi aí que vi Sonic pela primeira vez, e meu queixo caiu pesado no chão. Fiquei doido; achei que um Mega Drive devia custar uma fortuna e que eu jamais teria um, rs…

    Perto do que se via sobre games na TV nessa época (ou seja, NADA) o programa era muito bom. Vendo hoje a gente acaba sendo mais implacável na análise, he he… mas naquele tempo eu pirei. Gravei em vídeo, revi várias vezes e tal.

    • 3, março, 2012 em 11:30 | #20

      Verdade. As imagens dos jogo ficaram gravadas tanto na minha cabeça que até hoje (mesmo antes de rever este vídeo) eu sei exatamente quais partes de cada jogo aparecem na reportagem.

      Eu tinha esse programa gravado em VHS e apaguei sei lá para quê só para ficar eternamente arrependido depois (coisas da nossa infância gamer). Ainda bem que a era digital veio pra salvar nosso passado magnético.

      • 3, março, 2012 em 12:33 | #21

        Eu tinha TANTO gameplay de jogo em VHS… eu me gravava jogando direto, rs… ô nerdice! ^_^

        Naquela época, qualquer coisa sobre games na TV tava valendo. A gente corria até para ver o "Master Dicas", lembra? Era um acontecimento aquilo, videogame em rede nacional! Ohhhh! He he…

        • 4, março, 2012 em 00:57 | #22

          Somos dois então. Eu tenho fitas e mais fitas com gameplay meu, e, em algumas, eu arrisco até umas edições de vídeo. Adorava isso e sempre me pergunto o porquê, depois desse meio digital, nunca mais mexi com edição de vídeo como antes.

          O Master Dicas não cheguei a assistir de fato. Mas eu acompanhei um, no começo dos anos 90, que ainda inexiste no Youtube e afins: o Game Mania (com o especialista em games Mário Câmara Filho). Idem o Stargame, mas aí já pelos idos da segunda metade dos anos 90.

  10. 3, março, 2012 em 11:27 | #23

    Darn, errei!!

    Tenho que concordar: nada ficou mais tosto que essa versão digital da repórter com o Mario.

  11. 3, março, 2012 em 23:46 | #24

    Many pérolas!

    "…nesse mundo vive um sujeito bigodudo, barrigudinho, que anda sempre enfezado, quebrando tudo, é o bombeiro italiano, Mario."

    "Quando mario encontra seus inimigos, fica mais enfezado"

    "Super Mario World TRIDIMENSIONAL"

    Bom foi notar o avanço dos games no Brasil e pra psicologia, melhor ainda foi reparar que o olhar de um jogador atento nunca mudou desde aqueles tempos. Ah, e não podia deixar de comentar: saudades da época das locadoras! [2]

    • 4, março, 2012 em 01:06 | #25

      Engraçado como o conceito de 3D e HD é relativo através dos tempos.

      Fico me perguntando se, com o fim da pirataria (consequência do fim dos malditos impostos – vai sonhando…), não teríamos um novo boom de locadoras no país. Acho que não, hoje a Internet também é uma concorrente implacável das locadoras (Steam, PSN, Live e afins).

  12. Talude
    4, março, 2012 em 00:42 | #26

    A desinformação nessa época era incrível. E os jornalistas, ao invés de passarem informações boas, não se esforçaram nem um pouco nisto. E olha que já havia mídia especializada, pelo menos 5 revistas: a Progames, a Videogame, a Ação Games, Super Game e Game Power. Informação fididigna não faltava!

    • 4, março, 2012 em 01:31 | #27

      Acho que nenhuma dessas revistas na época serviria como autoridade para pesquisa de uma matéria jornalística. Minha opinião.

    • 4, março, 2012 em 13:37 | #28

      Acho que a última intenção aqui era passar informação correta, principalmente para leigos.

  13. Flavio Master
    5, março, 2012 em 01:52 | #29

    Para o bem ou para o mal, essa reportagem da Globo é um marco da cultura gamer no Brasil. Claro que a parte que coube à Neide Duarte é vergonhosa mesmo para a época, até ela deve se achar patética vendo esse videozinho hoje em dia. Mas há que se reconhecer que era um momento áureo do jornalismo da Globo, considerando as limitações da época e a inexistência da Internet.

    A parte apresentada pelo Carlos Dorneles é muito bem produzida e com informações consistentes, diferente da sua colega, e na época me fez ficar maluco com as novidades, como bem disse o Gagá. Mas meu cérebro ejetou da cabeça e foi pregar no teto quando a reportagem mostrou Prince of Persia, pois minha percepção atarica dos videogames jamais imaginou que um jogo com movimentos tão perfeitos poderia existir. E até hoje, esse game entra no meu Top 10 de melhores games de todos os tempos fácil, fácil.

  14. Talude
    5, março, 2012 em 13:59 | #30

    A TV Record fez a mesma coisa agora com o MMA. E já houve matérias assim com o RPG, aliás, esse teve muitas.

  15. Juliano
    11, março, 2012 em 18:15 | #31

    muito bom ver essas reportagens de coisas ultra antigas, mesmo que o conteúdo expresso tenha sido bem desinformado, ainda assim é nostálgico de ver, muitas coisas que nem experimentei

  16. helinux
    3, abril, 2012 em 23:43 | #32

    cláaaassico esse video,,,bons tempos,,,,anos 80 e 90,,,era bom demais!!!!

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: