Página Inicial > programas > Video e Game Clube: um raro e hilário programa de videogames

Video e Game Clube: um raro e hilário programa de videogames

Video e Game Clube

Conheça o “Video e Game Clube”, um dos programas de videogame mais bizarros da TV brasileira. Um programa esquecido no tempo, mas registrado nas páginas de uma edição da SuperGamePower que foi resgatado no YouTube. Tente não rir com os incontáveis erros de informação (Super Mario World para Mega Drive?) e com o “descolado” apresentador à frente de algumas cenas bizarras!

Carlos Araldi, moderador do grupo Retro-Gamers Brasil do Google+, estava lendo a SuperGamePower nº 13 (abril de 1995) quando encontrou uma nota se referindo a um programa da TV pouco conhecido chamado Video e Game Clube, para fãs de VHS e games e originário da cidade de Campo Grande (MS). O programa estreou no dia 18 de Março de 1995 na TV Guanandi, filiada da Band. Após uma meia dúzia de edições, foi encerrado. Segue a nota na revista:

“Programa de Videogame: Do pantanal para o Brasil … Em Campo Grande, MS, Francisco de Lagos, um dos sócios da produtora Vídeo Brasil Central, encabeça a iniciativa de fazer um programa de auditório voltado para os fãs de VHS e de games, é claro.” A primeira etapa do projeto consiste em veicular o programa, batizado Vídeo & Game Clube, regionalmente, através da TV Guanandi, retransmissora local da Rede Bandeirantes. Se tudo der certo, passamos a transmitir em cadeia nacional”, planeja Lagos.”

Carlos então resolveu pesquisar no YouTube e achou a pérola abaixo: um programa completo de 40 minutos dividido em 2 blocos: o “Clube do Cinema” e o “Clube dos Feras”, este último sobre games, que começa aos 19 min.

É impossível não rir com o apresentador tentando ser descolado como um adolescente da década de 90, o “especialista” ligeiramente constrangido à frente das câmeras, o apresentador atrapalhando o torneio de Mortal Kombat e a lista gigantesca de informações erradas:

Um detalhe: a conta associada ao vídeo no YouTube é de Arany Metello e, segundo o mesmo, seria o menino campeão do campeonato de Mortal Kombat do vídeo. Nos comentários ele solta o verbo: “O diretor não queria que repetisse os personagens e queria que tivesse 3° Round na final”.

Pra terminar, segue uma lista de erros do programa segundo a conta no YouTube relacionada ao vídeo:

– Logo na abertura do Clube das Feras aparece um menino jogando Mortal Kombat II do Super Nintendo com um joystick de Mega Drive.
– Mortal Kombat 1 já era um pouco antigo.
– MR. BITE está escrito errado. Seria BYTE de computação e não BITE de morder.
– Wing Commander do Super Nintendo já era ultrapassado pra época.
– Onde estão as passagens secretas das fases de bônus do Sonic & Knuckles?
– Super Ghouls’n Ghosts do Super Nintendo já era ultrapassado pra época.
– Tomcat Alley do Sega CD já era um pouco antigo.
– Power Athlete do Super Nintendo já era ultrapassado pra época.
– World of Illusion do Mega Drive já era ultrapassado pra época.
Mega CD é no Japão.
– Ecco the Dolphin do Sega CD já era ultrapassado pra época.
– A password LIFEFISH está escrita errada e não funciona no CD é só no cartucho.
– Crüe Ball do Mega Drive já era ultrapassado pra época.
– Alien Storm do Mega Drive já era ultrapassado pra época.
– Arch Rivals do Mega Drive já era ultrapassado pra época.
– Mystic Defender do Mega Drive já era ultrapassado pra época.
– Donkey Kong Country do Super Nintendo não era lançamento, mais ainda não tinha saído o Donkey Kong 2.
– Spider-Man and Venom: Maximum Carnage não era lançamento, mais ainda não tinha saído o Separation Anxiety.
– Ele fala que é um lançamento para o Mega Drive, mas ele pega o cartucho do Super Nintendo e as imagens também são do Super Nintendo,
– Repare que a seta indicadora é transparente e no Mega Drive não é transparente.
– Jurassic Park: Rampage Edition não era lançamento e não é para Mega Drive é para Super Nintendo.
– The Pagemaster não era lançamento.
– Super Mario World não era lançamento e não é para Mega Drive é para Super Nintendo.
– SUPER NESS está escrito errado.
– Sparkster não era lançamento.
– Vortex não era lançamento.
– Mortal Kombat II não era lançamento.
– MEGA CD sendo que eles estão mostrando o SEGA CD Americano.
– Tomcat Alley não era lançamento.
– Super Metroid não era lançamento e não é para Sega CD é para Super Nintendo.
– Eles colocam fitas de filmes depois de mostrar jogos de video game.
– Eles fazem propaganda de um cartão que nunca existiu.
– Campeonato de Mortal Kombat com os meninos jogando Fatal Fury.

Achou algum erro além dos citados ou não concorda com algum dos listados? Comente aqui embaixo.

Idealizador e criador do Passagem Secreta, vencedor do prêmio Top Blog, cientista da computação, pós-graduado em Educação, professor e, nas horas vagas, gamer.

Facebook Twitter Google+ YouTube Skype 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categories: programas
  1. 29, abril, 2016 em 15:30 | #1

    Cara, deve ter uns 5 anos que não comento em blog, mas fiz questão dessa vez só pra dizer que você está enganado: Mr. BITE É SIM de mordida, porque ele é FERA, poxa!

  2. Caim
    1, maio, 2016 em 21:55 | #3

    O legal é as cenas ultra violentas e cheias de spoiler do filme "O Vôo do Inocente".. bons tempos sem censura rs

  3. 3, maio, 2016 em 22:42 | #4

    Nessa época valia tudo. rsrs

  4. Vectorman2
    9, setembro, 2016 em 13:29 | #5

    Olho Ninja: aos 17 min do vídeo, o jogo que está ao lado de Taz Mania é FLASHBACK xDD. Agora quero ver alguém descobrir o que está ao lado da Pequena Sereia, meio impossível rsrs O.O
    Se eu descobrir posto aqui hahaha

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: