Arquivo

Arquivo da Categoria ‘curiosidades’

Censura na abertura de Street Fighter II Special Champion Edition do Mega Drive

Isso não é algo novo, tanto é que sempre é citado nos fóruns e outros posts da vida relacionados a Street Fighter II e as conversões polêmicas para os consoles. Inclusive, se não me engano, foi citado na Old Gamer Nº 1, na extensa matéria sobre o game. No entanto, para quem não conhece ainda a história, há uma diferença na abertura da conversão de Street Fighter II Special Champion Edition para o 16-bit da Sega. Na abertura original de arcade, se analisarmos a cena da forma, er, social, um afro-descendente apanha de um caucasiano, o que foi mantido na versão japonesa do game para o Mega Drive.

Leia mais…

Categories: curiosidades, Mega Drive

A publicidade nos games e os advergames

Há muito tempo as empresas descobriram que os jogos podem ser uma ótima forma de divulgar o seu produto, desde os anos 80. Recentemente vêm surgindo jogos com propagandas e, além disso, jogos que convocam o jogador a participar de instituições como o exército americano. A propaganda pode ser explícita na qual pode estar no nome do jogo, inclusive.

Leia mais…

Mais incrível ainda: Depois de CrazyBus, fizeram o CrazySonic!

Você já viu aqui no Passagem Secreta o jogo que rebaixou os degraus que definem a mediocridade e estuprou sua audição de forma jamais ouvida antes no Mega Drive (Menu de Sonic Spinball, estou apontando para você!). Já acompanhou também o campeonato insano feito com o jogo, em um encontro onde, parafraseando a brilhante Marina Person, “um bando de marmanjos se trancam numa casa para jogar games que a moçada de hoje nem conhece”. Agora, para dar continuidade a esta saga incrível, o Hyper Emerson, do site parceiro The Twosday Code, fez uma versão Sonic do jogo, unindo a emoção do original à adrenalina presente nos jogos do ouriço de uma forma jamais vista!

.

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades

Vox Populi: Qual desses jogos do Sonic é seu favorito?


É sabido que, no mês de Junho, o azulão da Sega comemora 20 anos de existência, o que reacenderá as discussões nostálgicas sobre o quão eram legais os jogos de Mega até sua transição controversa para o 3D, e consequentemente sua derrocada junto à empresa que o concebeu.

É claro que, dentre todos os jogos da fase de ouro do personagem, os mais lembrados são os que pertencem à série principal, ou seja, do Sonic The Hedgehog de 1991 até o Sonic&Knuckles, incluindo aí as conversões e jogos originais (nem tão bons assim) para o Master System e Game Gear. Mas existem por aí os jogos “marginais”, ou seja, aqueles games que tentaram uma abordagem diferente do jogo de plataforma tradicional, e que geram até hoje certa controvérsia entre os fãs. Leia mais…

Categories: curiosidades, humor

Programa de TV mostra como é dirigir bêbado em… Cruisin’ USA

Se você é um gamer, provavelmente possui um senso crítico mínimo e sabe que a TV pode ser, em alguns vários momentos, bastante imbecil e diarréica. O que muitos desconhecem, porém, é que a TV americana parece ser mais retardante ainda: em um programa de auditório, o assunto em questão era referente aos males que a bebida traz e como ela pode alterar os sentidos de quem dirige um carro sob os efeitos do álcool. Para demonstrar tal argumento, a produção do programa teve uma boa ideia: colocar pessoas bêbadas de frente a um “simulador”, e ver como o motorista pinguço lida com a direção.

O problema é que o “simulador” em questão é uma máquina de Arcade de Cruisin’ USA, um jogo que conhecemos bem como não ser exatamente a experiência mais realística de direção – e também por conter uma das músicas mais pornográficas e cafonas da década. Mas eles foram em frente, e é claro que é tudo tão ensaiado que chega a ser ridículo. Veja por quê:

Leia mais…

Alguém lembra? TV POWWW!, no SBT

Esse é o tipo de programa na televisão que me surpreendeu por nunca ter ouvido falar nele antes – ou seja, minha cabeça explodiu. Assistindo ao Especial sobre Programas Infantis que o SBT transmitiu no último sábado, descobri sobre essa que parece ser a primeira atração totalmente interativa relacionada a videogames na televisão brasileira.

O TV POWWW! (pronuncia-se em inglês mesmo) surgiu no SBT em meados dos anos 80, embarcando no sucesso que o programa tinha nos Estados Unidos, onde apareceu pela primeira vez em 1979, com o nome “Say POW”. A atração consistia na participação por telefone de uma pessoa que controlava o jogo na tela através de comandos de voz, ou, como preferir, gritando “POW”. O primeiro game usado pelo programa foi o Shooting Gallery, do Channel F; mas, quando a Fairchild descontinuou a produção do console, o Intellivision roubou a cena e teve jogos como Moving Target, Sharp Shot e Space Battle adaptados para o programa.

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades

Easter egg espetacular no trailer de Zelda: Skyward Sword!

The Legend of Zelda: Skyward Sword é um futuro lançamento para o Wii que promete muito, graças à introdução de novas mecânicas de jogo que utilizarão ao máximo os controles do console. Porém, o mais interessante a respeito da expectativa desse jogo é a capacidade da Nintendo em porporcionar o fan service a suas franquias, e dessa vez, da maneira mais esdrúxula e espetacular possível.

Dá só uma olhada nesse trailer do jogo, exibido na GDC 2011, que ocorreu em Março e contou com o discurso do poliglota Satoru Iwata:

Tudo ok, o jogo é espetacular, o vídeo é bem feito e a música épica é bem legal, certo? Eis então que um tal de FPawesome1 decidiu gravar o vídeo no seu iPhone. Após reproduzir o trailer ao contrário, a surpresa:

Leia mais…

Categories: curiosidades, vídeos

Sonic Extreme: O ouriço tentando ser Tony Hawk em um jogo cancelado

Amando ou odiando os jogos “modernos” do Sonic, é reconhecível que a City Escape é uma das fases mais legais de Sonic Adventure 2 e um dos momentos  memoráveis (no bom sentido) dessa era 3D do personagem – tanto é que dizem por aí que essa fase estará presente em Sonic Generations. No início dessa fase, o personagem descia uma ladeira sobre uma prancha, com direito a algumas manobras, curvas, e uma música legal. E não é que o Sonic Team decidiu criar um jogo baseado somente nessa parte?

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades

Crazy Bus – Um dos piores jogos do Mega Drive

Um dos maiores baratos do Mega Drive é que ele continua vivo através da cena homebrew, que consiste na produção independente de jogos e aplicativos para o console. Vários jogos e projetos grandiosos – como o RPG Pier Solar – viram a luz do dia através do 16-bit, que continua sendo explorado pelos programadores retrôs pela sua facilidade em programar e  dispositivos de segurança mais frouxos. Assim, temos o lançamento de games que nunca exploraram o potencial completo do videogame durante sua vida útil, e esse é o caso de Crazy Bus, que consegue  ir tão fundo como nenhum jogo jamais foi! Prepare-se para chorar!

 

Leia mais…

As brincadeiras de 1º de Abril na EGM


Hoje é, como toda pessoa antenada sabe bem, o “dia da mentira”. Como o Passagem Secreta é um blog sério e não pretende criar notícias e factóides aproveitando-se da data (na verdade, houve falta de criatividade e cara-de-pau mesmo), que tal relembrar através deste post sobre todas as piadinhas que a EGM americana colocava em suas edições de abril? Algumas são geniais, outras são terríveis e cruéis e outras são… apenas “meh“. Então clique aí para ser direcionado à matéria – eu juro!

Leia mais…

Chrono Trigger e o Rickroll

Essa é uma curiosidade que as pessoas descobriram em meados de 2008, na época em que o meme do Rickroll (se você não conhece, vá se atualizar agora!) estava tomando conta da Internet como se fosse a peste bulbônica. Alguém que ouviu a trilha sonora do jogo de SNES notou a semelhança quase que absurda que existe entre o tema do Robo e a música Never Gonna Give You Up, do Rick Astley e que caracterizava esse fenômeno da rede.

Caso você não lembre da música, confira no vídeo e sofra um Rickroll:

Agora compare com a composição presente no game:

Leia mais…

O que Golden Axe, Rambo e Conan têm em comum?

Nota: Se você chegou até aqui procurando pelo factóide espalhado por aí de que as vozes do jogo são gravações de prisioneiros americanos no corredor da morte, saiba que essa história é uma bela de uma lorota. Confira abaixo de onde foram retirados os sons de verdade.

Antes que você pense que esta é apenas uma loucura conspiratória, existem sim provas concretas de que os jogos da série e esses filmes possuem algo em comum. E, apesar de não ser nenhuma novidade – principalmente para os fãs dos jogos de Mega – é bom documentar minuciosamente aqui no Passagem Secreta esta pequena curiosidade. Calma: não é nada relacionando Stallone, Schwarzenegger, Ax Battler e Death Adder não! Ou o Gillius Thunderhead e Gandalf…

A conversão de Golden Axe para Mega Drive é praticamente perfeita, com apenas uma coisa ou outra retirada para caber nas limitações do console de 16-bit. Dos elementos que não entraram nas versões domésticas, podemos citar os variados gritos de dor dos inimigos assim que morrem. Na versão de Mega, há apenas um efeito de voz para a morte de todos os personagens normais; no Arcade, são variados sons de pânico e dor. Mas o mais interessante é que esses sons são os mesmos utilizados no filme Rambo: Programado Para Matar (First Blood), de 1982. Duvida? Olha a comparação:

 

Leia mais…