Página Inicial > Mega Drive, sistema, videocast, vídeos > Videocast – Sonic CD, o mais polêmico da franquia?

Videocast – Sonic CD, o mais polêmico da franquia?


Não tinha como dar outra: Sonic CD ganhou a enquete realizada, com mais de 50% dos votos! Em 2º lugar, com apenas 13%, ficou o Knuckles Chaotix e, em último, Sonic R, de Saturn.

Confira o resultado do Vox populi

Por um momento, havia pensado que as pessoas estavam votando apenas para me sacanear, devido a um post recente em que me mostrava não muito favorável ao jogo. Mas depois percebi que o jogo merece ser querido, pois o joguei o suficiente para entendê-lo de outra forma, e me divertir bastante com ele.

Maaaaas, isso não quer dizer que, nesse video review, as falhas que o jogo possui serão encobertas, muito pelo contrário! Até porque, infelizmente elas existem em grande quantidade, o que acaba trazendo essa divergência de opiniões acerca do jogo, até hoje.

Por isso, espero que gostem do review, e consigam extrair algo legal dele! Se discorda de algo que falei, fique livre para comentar logo abaixo! E não precisa falar da minha voz que falhou às vezes… Eu estava gripado quando gravei as falas :/

Quem puder, assista em HD. Vale a pena, porque tem várias ibagens legais que ficaram ótimas em alta definição (como o close na cara horrorosa do Yuji Naka).

 

Jornalista de games, editor de vídeo e estudante de Audiovisual, escreve atualmente para a Revista OLD! Gamer. Além dos joguinhos, também dá pitacos sobre cinema, TV e tecnologia; sempre acreditando que a ironia é a melhor forma de sinceridade. Ouve Game Music e trilhas sonoras de filmes durante a maior parte do tempo, mas jura que é uma pessoa legal. Seguista, badernista e exorcista.

Twitter YouTube 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. 19, junho, 2011 em 21:28 | #1

    Eu acho a trilha sonora americana muito cagada… prefiro a versão japonesa.

    Esse game é um dos melhores na minha humilde opinião. Mas sou muito suspeito pra falar, já que babo muito ovo do Sonic ahuahuahauh

    Também, eu praticamente nasci e cresci junto com o azulzinho ae xD

    Muito bom!

  2. 19, junho, 2011 em 21:43 | #2

    @Link

    Sim sim, é quase uma unanimidade a sua opinião sobre as trilhas, mas temos amigos que gostam da versão americana, talvez por se identificar mais com o estilo ou porque conheceram o jogo originalmente assim, hehe! Infelizmente ela nem deveria ter existido, foi meio uma preseparada da Sega mesmo naquela época.

    E valeu por ter assistido 😀

    • Cesar
      9, julho, 2012 em 14:09 | #3

      Eu discordo, há fases em que a trilha americana se encaixa muito melhor, sendo nitidamente mais imersiva, eu gosto do estilo eletrônico com ares de experimental que a versão nipônica apresenta, gosto mesmo, mas em certos momentos acaba não passando o "clima" ideal do estágio, ficando apenas como "fundo musical bem arranjado", e isso não garante a compatibilidade que deve haver entre o que se vê, o que se faz e o que se ouve (assim que funciona a trilha de um game). Acredito que esse consenso geral foi totalmente manipulado pela crítica especializada que, por fim, acabou cravando essa imagem negativa em relação a segunda trilha que o jogo ganhou.
      Mas, no geral, eu acho que ambas as trilhas são boas.

  3. 19, junho, 2011 em 21:54 | #4

    Muito bom video!! A trilha sonora japonesa realmente é bem melhor que a americana!

    Joguei pouco Sonic CD, e achei meio enjoativo no início! Mas depois de um tempo, você pega o jeito e consegue relaxar!

    • 19, junho, 2011 em 21:56 | #5

      Exaaaatamente assim como me senti com Sonic CD também. Ao jogar para gravar e fazer o vídeo, comecei achando o jogo bem "meh", mas depois que a gente pega a mecânica, o jogo flui bem melhor!

  4. 19, junho, 2011 em 22:08 | #6

    O Sonic CD é muito rápido tanto que logo na primeira fase vc entra muito rápido no Past.

    Da trilha sonora eu gosto das músicas cantadas, seja em japonês ou em inglês. O Power Sonic tem um grande bug no Sonic CD:

    http://powersonic.com.br/games/classicos/sonic_cd
    Parte Inacessível: na Metallic Madness Ato 2 na versão Sega CD o passado existe uma mola mal programada que não leva a lugar algum. Por isso a fase é interminável no passado. O local é logo depois do Transportador de Robôs. Para sair de lá, você tem que voltar ao Presente. Para isso, pode-se seguir num túnel que levará a uma placa entre duas molas. Na versão de PC (foto acima), o erro foi corrigido e a mola dá impulso suficiente para prosseguir na fase. Engraçado que na versão do Sega CD no Debug Mode nota-se que o trecho está construído, o erro foi apenas na programação da mola. Agradecimentos ao Super Solaris pela indicação."

  5. 19, junho, 2011 em 22:10 | #7

    Não é novidade que minha experiência com Sonic é falha com os jogos principais, então as coisas complicam com um jogo à parte como o Sonic CD. Também fiquei com a sensação a respeito do visual ser desnecessariamente carregado, entupido de minúcias de diversas cores… creio que deve ser cansativo para quem visitar várias vezes a mesma fase, visto que você comentou que o jogo é desafiante.

    Como não poderia deixar de ser diferente, gostei do destaque dado à trilha sonora. Alguns podem até achar que foi muito, mas com certeza é um dos pontos mais polêmicos do jogo por conta da ideia infeliz de trocar as músicas (que o diga o mencionado review da GameFan que descontou três pontos da nota final pela substituição). Aliás, uma dúvida: pelo que vi no VGMdb rapidamente apenas a americana foi lançada oficialmente, é isso mesmo? O lance da "Work that Sucker to Death"… eu nunca tinha ouvido falar dessa história. Foi de fato uma faixa licenciada pela Sega ou foi no esquema daquelas faixas do Sonic 3 similares ao do Michael Jackson?

  6. 19, junho, 2011 em 22:22 | #8

    @Talude

    O problema é que nas fases seguintes, é um inferno pra pegar um impulso pra se teletransportar, tem sempre alguma coisa empacando o caminho… Achei bem chato isso! Ainda tem esse negócio da mola mal programada… Fala sério!

    @Alexei Barros

    Pois é, só a versão americana teve um lançamento "oficial"… No álbum, as faixas são um pouco modificadas para ficar algo mais longo e bonitinho. Ainda assim, a trilha não é completa. Aliás, acredito que na época não tenham encontrado necessidade para lançar a trilha sonora, porque, como as músicas são Redbook, dá pra pegar o CD do jogo e ouvir tudo em um aparelho de som.

    Quanto ao Work That Sucker to Death, acredito que essa não seja uma faixa licenciada, apenas o cara pegou a música, gravou o som do cara cantando e reproduziu na canção do chefe, sem necessariamente pedir autorizaçao, no melhor estilo "Kaiser, a melhor cerveja" da trilha do SNK vs. Capcom, pra citar um exemplo, hehe.

    Aliás, vale lembrar que esse tipo de prática não é visto com bons olhos pela indústria, gerando barracos e processos no mesmo nível dos piores relacionados a direito autoral. Acho que você já conhece histórias assim, mas aí vai anyway: http://en.wikipedia.org/wiki/Sampling_%28music%29

  7. 19, junho, 2011 em 23:20 | #9

    Outro detalhe, eu não sabia disso do "Work That Sucker to Death", depois de saber, a voz do George Clinton é altamente perceptível e eu não notei!

    Será que o "C'mon!" do Sonic 3 tem alguma origem tercerizada também?

  8. 20, junho, 2011 em 05:42 | #10

    Ótimas lembranças de Sonic CD! Lembro que foi o jogo que eu mais joguei no Sega CD, até que o meu irmão quebrasse a mídia em uma das vezes que brigamos… dia triste.

    O meu era brasileiro (Viva a Tectoy!) lembro que no encarte do jogo tinha a letra da música Sonic Boom e eu ficava lendo tentando decorar… Até hoje lembro dela quase inteira! Rolava até uma confusão, que a letra da música no encarte era a da versão final, que tinha uma estrofe a mais, mas era mais lentinha, enquanto a da abertura era mais curtinha, mas bem mais rápida.

    Infelizmente daqui do trabalho o vídeo é bloqueado e o meu 3g não está funcionando (valeu Tim!), mas à noite dou uma olhada no vídeo!

    Abraços, Rafa!

  9. 20, junho, 2011 em 05:53 | #11

    @Talude

    Talvez sim… Talvez não… Talvez era o próprio Michael Jackson ali, hehe. Acredito que se fosse retirado de outra música, já teriam descoberto. Tem gente que conseguiu descobrir um som da música Jam, do Michael Jackson, na música da Carnival Night :O

    @Johnny “Gamer Inconstante”

    Puuutz, vocês quebraram a mídia?? Rapaz, deve ter dado uma tristeza… Até porque um disco quebrado não tem nem como recuperar, rs

    Mas veja o vídeo quando puder, aqui ninguém tem pressa não 😛

    Valeu!

  10. 20, junho, 2011 em 07:17 | #12

    Nossa, seus videos são muito legais, hein Rafael? Parabéns!

    Acho chato este Sonic CD, nem graficamente eu acho ele bom, prefiro, inclusive, os dois primeiros do Mega Drive até nesse quesito. O visual é carregado, há passagens bloqueadas (que só podem ser acessadas no passado ou futuro) e aquelas argolas que aparecem no meio do cenário deixam a coisa muito feia.

    Uma pena, acho que o primeiro Sonic team foi o melhor e infelizmente o personagem foi regredindo após isso, capítulo a capítulo.

    Um abraço cara!

  11. 20, junho, 2011 em 07:25 | #13

    @Sandro Tandrilion

    @Sandro Tandrilion

    Haha, que isso! Mas o Sonic CD é meio louco mesmo… Se por um lado ele pode parecer chato, por outro ele tem várias loucuras no cenário, como esses bloqueios que você falou, e as argolas dentro da parede, que é a coisa mais ridícula do jogo, com certeza. Se alguém quiser mostrar como o jogo pode ser falho é só mostrar uma imagem com essas argolas na tela!

    Abraço!

  12. 20, junho, 2011 em 08:05 | #14

    Muito bom, início super-climático… que trilha sutil foi aquela ao fundo? As imagens/vídeos com o histórico da SEGA da América ficaram ótimos, sei da trabalheira que dá fazer aquilo ali, parece fácil quando a gente vê prontinho, passando tudo rapidinho…..

    Muito bem observado, achava o jogo todo lindo mas algumas fases me incomodavam visualmente, você disse o por quê – algumas cenários e BG combinados ficaram sobrecarregados, realmente. Já a fase de bônus 3D sempre achei incrível, acho bem-feita pra caramba.

    O som do pulo que você tanto não gosta, é resultado do PCM do Sega CD e sua "fofura sonora" eheheheh. Puxa, como nunca joguei por inteiro o Sonic do Master, se fala muito da trilha dele ser especialmente boa… ah, you can do anything é de lá!

    Pensei q você ia abrir o vídeo com o Sonic Boom, soltar um barulho de vinil arranhando e

    mudar pra You Can Do Anything 😛 O refrão de Sonic Boom é catchy, mas a música por inteiro perde feito pra japonesa, claro.

    Como você falou, o ritmo do jogo não é como dos antigos, mas um Sonic 2D, com o sonic barrigudinho só pode ser uma delícia de jogar, mesmo com as falhas.

    Só as músicas do passado não são CDA, que interessante! Eu achava que era proposital, mas achava que era a MIDI renderizada em CDA mesmo…. olha só!!

    Sacanagem, no PC foi 22 K! Comprimir áudio nesse tempo era um pouco mais complicado, sem OGG, Mpeg popularizado, imagino. Resolveram economizar bits cortando o sample rate, mas era comum jogos de PC, nessa época, com WAVs a 22 KHz.

    Melhores momentos:

    "…sonic cd é um dos jogos mais bem feitos do Sega CD, mas isso não quer dizer muita coisa…"

    "…também fica difícil competir com a trilha do Nakamura dos Sonic do Mega…"

    Pena que não deu pra encontrar o programa de esporte da Band que usava a musiquinha de stage clear do Sonic CD…

  13. 20, junho, 2011 em 10:07 | #15

    Droga, eu queria ver a poha do Knuckles Chaotix!

  14. 20, junho, 2011 em 11:35 | #16

    @Cosmonal

    A música utilizada ali é de um jogo do qual algumas pessoas que assistiram o vídeo são fãs… Ou pelo menos deveriam ser… Pena que parece que não mataram a referência, ou então não me disseram por ser um mero detalhe!

    Mas foi muito fácil fazer essa parte, mole mole! Mentira, foi terrível mesmo, catar as imagens para ir montando é algo bem complicado mesmo, mas o resultado é sempre bom. Glad you like it!

    Quanto à musiquinha de Stage Clear… Aquelas notinhas no final da versão US lembram bastante alguma vinheta de emissora de TV mesmo. Mas também não achei nada (apesar de não procurar direito) então não tem como confirmar.

    @GabrielTH

    Então, você não fez uma boa panfletagem para as pessoas votarem. Agora aguenta essa poha de Sonic CD ae ^^

  15. 20, junho, 2011 em 13:15 | #17

    @Rafael Fernandes

    Que coisa, não bastasse a decepção de a trilha japonesa não ser lançada, ainda por cima a americana do CD era diferente do jogo… imagino que a mudança tenha sido para melhor. Bem lembrado sobre o Redbook, só espero que as músicas estejam identificadas (se não pelo player, pelo sound test). Ah, como você comentou, não sei se faria tanto falta, mas evidentemente não havia como o Redbook ter também as faixas PCM, não é?

    Suspeitava que não era oficial o uso da “Work that Sucker to Death” e creio que se o jogo fosse lançado hoje isso não aconteceria. Basta ver como as referências (na maioria dos casos visuais) são modificadas nos relançamentos de jogos antigos. E não tinha acompanhado muito toda a questão do sampling.

  16. 20, junho, 2011 em 13:38 | #18

    @Alexei Barros

    É a mudança foi para melhor sim, as faixas ficaram maiores e tal, com um pouquinho mais de frescuras, como introduções menos bruscas e tal. E é verdade, esqueci das faixas PCM, elas realmente não podem ser ouvidas no CD player mesmo, não tem jeito. Mas, se não me engano, na versão de PC, essas músicas foram convertidas para .wav normal mesmo, o que acredito que dê para reproduzir em um player normalmente. Ah, e as faixas não têm nome, se não me engano… Nem no Sound Test e nem de forma oficial!

    Quanto a essas referências visuais que são modificadas, eu só me lembro do Revenge of Shinobi agora. Você conhece mais alguns?

  17. 20, junho, 2011 em 15:48 | #19

    @Rafael Fernandes

    Poutz, que droga as músicas não estarem identificadas… uma barafunda só para definir os nomes… XD

    Por ora só me lembro do Mari-Oh no Alex Kidd in Shinobi World, mas não sei se dá para contar como nem chegou a figurar na versão final…
    http://kidicarus222.blogspot.com/2007/03/whos-lau

  18. 20, junho, 2011 em 16:16 | #20

    Mais um excelente videocast, 00Agent! Não tem jeito, não gosto do Sonic CD, pra mim ele é um retrocesso em relação ao antecessor Sonic 2. Modificaram o spin dash para pior, fases bonitas mas confusas assim como a special stage, bugs que atrapalham muito a jogabilidade, ausência de Super Sonic. Parece que a Sega com o Sega CD tentou impressionar com vídeos, áudio de CD e tal, mas esqueceram da jogabilidade.

    Não sou muito fã da trilha sonora japonesa do jogo, talvez por não ter jogado muito. Curto mais os temas de abertura e encerramento de ambas as versões. Achava que a música da Green Hills Zone do Sonic 2 do Master System fosse inspirada na "Sonic – You Can Do Anything" do Sonic CD e não o inverso. Faltou dizer que a trilha sonora europeia (e australiana) é a mesma da japonesa.

    E também não gosto do som de pulo do Sonic CD, que voltou no Sonic Generations.

    <blockquote cite="#commentbody-3647">

    Cosmonal :

    Muito bom, início super-climático… que trilha sutil foi aquela ao fundo? As imagens/vídeos com o histórico da SEGA da América ficaram ótimos, sei da trabalheira que dá fazer aquilo ali, parece fácil quando a gente vê prontinho, passando tudo rapidinho…..

    Concordo com o Cosmonal e acrescento que a harmonia entre áudio e vídeo é espetacular durante o videocast.

    <blockquote cite="#commentbody-3649">

    Rafael Fernandes :

    @Cosmonal

    A música utilizada ali é de um jogo do qual algumas pessoas que assistiram o vídeo são fãs… Ou pelo menos deveriam ser… Pena que parece que não mataram a referência, ou então não me disseram por ser um mero detalhe!

    Não matei a referência mesmo :S.

    <blockquote cite="#commentbody-3651">

    Rafael Fernandes :

    @Alexei Barros

    Quanto a essas referências visuais que são modificadas, eu só me lembro do Revenge of Shinobi agora. Você conhece mais alguns?

    Shinobi do arcade. É o único que me lembro por hora.

  19. 20, junho, 2011 em 16:27 | #21

    Por causa deste post lembrei-me que usaram áudio do Sonic CD no Taco-Man the Game Master 1.





    Ah sim, conheci essa série hilária graças ao Rafael 00Agent:

    http://passagemsecreta.com/video-sonic-em-depress

  20. 20, junho, 2011 em 16:40 | #22

    @Alexei Barros

    UHauhahuhau, barafunda, essa é nova!

    Mas caraca, eu não sabia dessa do Mari-oh, deu um "TUM" aqui na hora que vi o post! Só espero que isso não seja algo muito manjado, se não vão me chamar de ignorante aqui XD

    @ANTIDEUS

    Valeu por ter assistido, Anticristo! Infelizmente, se tivessem lançado o Sonic CD antes do Sonic 2, a história seria outra. Mas, saiu depois, e esse negócio do spindash e as físicas mais duras que remetem ao Sonic 1 são um pé no saco mesmo. Aliás, eu ia reclamar do som do pulo, mas ia besta XD

    A música em questão no começo é o início da "Virtuous Mission", do Metal Gear Solid 3. A ideia era fazer um briefing do histórico (como se eu fosse o Major Zero, rs), então mesmo quem não pegou ou não lembrou da referência, pelo menos ficou algo subliminar ali. Ou não!

    Aliás, eu não sei se comentei contigo em off nos bastidores, mas veja o vídeo do Taco-Man jogando Night Trap. É genial!

  21. 20, junho, 2011 em 17:24 | #23

    Taí, um belo review de um jogo ruim. Independente de ter sido feito ao mesmo tempo que o sonic 2 o jogo tem várias falhas que nem o Sonic 3D Blast tem (e olha que ele tem mecânicas e câmera ruim). Essa de ir e voltar no tempo foi uma furada gigante e isso estraga muito o jogo. Não reclamo do bonus stage pq não existia o Sonic 2 e o seu bonus perfeito.

    Aliás, eu não acredito que se esse jogo tivesse sido o 2 nós teríamos um sonic 3. Nem estariamos aqui discutindo isso, provavelmente esses dois jogos seriam como os do Alex Kidd. (sim eu sou radical assim hahaha)

    Acho que a melhor coisa que aconteceu foi o Sonic 2 ter saído antes do CD.

    E eu não sabia do som, achei que o Mega Drive tinha sample rate em 22khz. Aí li que o Sega CD tem 32khz. Mas no PC talvez foi por espaço no disco mesmo, vai saber.

    E chega de mimimi. Gostei do Videocast, não gostei do jogo escolhido. Mas aceito.

  22. 20, junho, 2011 em 17:41 | #24

    Esqueci de falar: Toot Toot Sonic Warrior subiu no meu conceito e to viciado de tão boa que a música é.

  23. 20, junho, 2011 em 19:43 | #25

    @Kurt

    O samplerate do Mega, onde ouvi por aí, é de mais ou menos uns 50 khz. Como é um sintetizador embutido no console, então nem tem como duvidar disso!

    No caso do Sonic CD, o jogo usava o chip do Mega também para alguns efeitos sonoros… Como o das argolas. Aí, na conversão para PC/PS2/GC/XBox, dá pra ver que o som não é tão estridente como era no console original!

    Eu não entendi muito o que você falou 😛 mas devo concordar que se Sonic CD fosse lançado antes do Sonic 2, ia dar um problema, ia ser a primeira pulada de tubarão do personagem, logo ali no início. Mas ainda assim, apesar da mudança na trilha sonora, o jogo foi bem aceito naquela época. Acho que o nosso problema é que pegamos outros jogos, como Sonic 3 e Knuckles, e só depois fomos jogar o CD, e aí junta o fato das pessoas declararem este como o melhor da série, e então a gente se pergunta: "Whaaat?"

  24. Dactar
    20, junho, 2011 em 21:03 | #26

    Rafael seu vídeo ficou ótimo e mais que isso seu roteiro está excelente!

    Sonic CD eu nunca joguei,já ouvi todos os tipos de críticas e defesas para ele ,mas eu diria depois de ver muitos gameplays e ler alguns artigos a respeito deste jogo é que se não fosse o "peso" da marca Sonic ,este jogo seria muito melhor aceito e avaliado.

  25. 20, junho, 2011 em 22:04 | #27

    Gostei do review. Meus parabéns pelo trabalho. A primeira jogada, eu dei nota 10 por jogo em um antigo review. Mas Sonic CD é um jogo da série que preciso jogar mais vezes para avaliar melhor.

  26. 21, junho, 2011 em 03:23 | #28

    @Rafael Fernandes

    Se fosse alguma música do Sonic provavelmente eu acertaria 😛 .

    É, vi que tinha o Night Trap lá e me lembrei de você, mas você não chegou a comentar. Estava assistindo a alguns vídeos da série "Taco-Man Plays a Video Game", tem uns vídeos muito bons e uns jogos muito horríveis.

  27. 21, junho, 2011 em 05:57 | #29

    @Dactar

    @Mestre Ryu Kanzuki

    Valeu, caras! Sem dúvida o jogo carrega o fardo da expectativa… Justamente por ser um jogo do Sonic, a gente acaba exigindo perfeição, mesmo que de forma meio inconsciente… Mas o Sonic CD tem alguns defeitinhos que impedem isso

    @ANTIDEUS

    Como os vídeos eram muito longos, acabei desencanando a princípio, mas eu vi esse do Night Trap e achei genial! Vou ver se assisto os outros.

  28. 21, junho, 2011 em 07:21 | #30

    A música do chefe da versão japa me lembrou a versão hack do Marvel vs Capcom 2 pro PS2, a música da tela de seleção de personagem, rap manolo onde fica repetindo "Die motherf*cker" – Mas a original (da onde tiraram o sample) é muito legal, Disco boogie ! Mesmo achando mais legas as músicas japas o emocional acaba fazendo eu curtir mais a americana, po, um dos melhores natais da minha vida foi sendo atração na festa com o Sega cd instalado e jogando na tv da sala 😀

    E a abertura japonesa me lembra muito abertura de programa infantil ou programa Corrida Maluca do Gugu (*Toot, toot, Sonic Warrior tocando no fundo* vai pega a bolinha antes que tempo acabe, vai vai vai), logo nessa batalha eu fico do lado do pelotão do Sonic Boom 😀

    O lance de viagens no tempo nas fases mais avançadas, acaba sendo um lance mais decoreba do que por oportunidade. Vamos decorando a fase, vendo aonde pegar velocidade sem ninguém encher o saco ai vamos pro passado tranquilo pra moer as máquinas.

    Agora ohh meu filho, falar que Sonic é jogo só de correria faz você ficar parecido com a Sega. Tanto que olha como está o personagem hoje em dia devido eles terem deixado o fator exploração que a série sempre teve de lado…corre sonic, corre, rampa pula sonic, aperta botãozinho pra dar pirueta…1..2..3…eee…corre sonic corre, looping oooooohhhh o/, ataque teleguiado, olha o corrimão manolo, desliza nele, vai sonic vai vai vai

  29. 21, junho, 2011 em 08:24 | #31

    @Mestrechronos

    HUahauhauhauhua!

    Mas eu não falei que Sonic é só jogo de correria. Aonde eu falei isso? Cadê? Fala na minha cara! Eu só achei que em Sonic CD, ficou faltando aqueles momentos tipo aqueles loopings loucos da Chemical Plant Zone de Sonic 2, por exemplo. Muito pelo contrário: Você tá lá, correndo numa boa durante a fase do Sonic CD, e aí sempre aparece algo pra te empacar, te tirar daquele momento, a ponto de ser uma dificuldade até para pegar impulso e se teletransportar de uma época para outra. Aí nem rola, né! Ficou faltando um balanceamento nessa parte, infelizmente!

  30. 21, junho, 2011 em 15:24 | #32

    Vale lembrar que a Sprite Comic InSONICnia também tem uma parte baseada no Sonic CD… Eu ouvi falar que tem um cara traduzindo essas tirinhas… Acho que o site do cara é "InSONICnia Traduzidos" ou qualquer coisa do tipo…. Sei lá… xD

  31. 21, junho, 2011 em 16:40 | #33

    @Rafael Fernandes Então, até onde eu li e sei, o Sonic CD é o "verdadeiro" Sonic 2, sequel espiritual do Sonic 1. Quando o povo saiu do Sonic Team pro STI é que rolou o problema. A Sega preferiu o Sonic 2 ao Sonic CD – e com razão! Os dois surgiram da mesma idéia, mas o Sonic 2 descartou a viagem no tempo e introduziu o Tails.

    E essa teoria só ganha força com os próprios easter eggs do jogo, onde tem o Tails com o buggy falando see you in the next game – que seria o Sonic 2.

    Eu li por aí, mudando de assunto, que os jogos que ganharam quadrinhos no Archi Comics eram o Sonic 3 (mas muito ruim) e o Sonic Spinball, que no fim das contas é o jogo baseado no desenho SatAM dos guerreiros da liberdade – e eu adoro esse desenho.

  32. Guilherme
    21, junho, 2011 em 17:25 | #34

    Sugestão de assunto para um próximo post: http://www.snescentral.com/article.php?id=0094

    Abraços!

  33. 21, junho, 2011 em 19:31 | #35

    @Kurt

    "E essa teoria só ganha força com os próprios easter eggs do jogo, onde tem o Tails com o buggy falando see you in the next game – que seria o Sonic 2."

    Peraí, não faz sentido, o Sonic CD veio bem depois do Sonic 2! E, aliás verdade, eu ouvi a especulação de que o easter egg se refere ao Sonic Drift, lançado para o Game Gear – o que faz mais sentido, já que tem um buggy ali, e o jogo foi lançado logo depois do CD!

    @GabrielTH

    Realmente você foi muito esclarecedor agora, parabéns XD

  34. 21, junho, 2011 em 21:10 | #36

    Matou a pau como sempre Rafael XD

    Rapaz, eu nunca joguei Sonic CD, é um daqueles jogos que venho prometendo joar a anos tanto que desconhecia essa diferença de trilhas!

    Tenho a iso aqui para jogar só que é a americana… ou seja… já deletei e ja vou baixar a japa rapidinho kkk

    Olhando o game, eu o achei maravilhoso cara! Tem algo que eu não concordo com você mas é em parte: Sonic 1 também é muito plataforma, e devido a isso, não acho que Sonic CD pecou por ser assim também. Explico: se analisarmos bem, passamos muito mais tempo em Sonic The Hedgehog explorando cenários e pulando do que correndo em loopings, claro que essas partes são marcantes e memoráveis e credito isso ao design de fases mais que perfeito&sup3;, mas nem de longe eram a maioria. Isso mudou um pouco em Sonic 2 (que no geral se tornou menos plataforma), se manteve em Sonic 3 e achou um limiar em Sonic & Knucles, já em Sonic CD o que me parece é que o jogo correu por outro caminho e se tornou mais plataforma do que o original não por intenção, mas por tentar ser mais grandioso que o primeiro… só que essa grandiosidade refletiu proporcionalmente na perda de velocidade do game.

    Ainda assim achei magestral o vídeo, entendi perfeitamente o por que de muita gente adotar este como o seu Sonic preferido, e fiquei doido pra jogar!

    Belo trabalho véio!

    E essa voz de locutor ae… depois fica falando de mim kkkkkkkkkk

  35. 22, junho, 2011 em 04:17 | #37

    @Sabat

    É cara, mas o Sonic 1 tem um ritmo muito melhor que o CD… Acho que faltou um certo equilíbrio no design pra possibilitar tanto as partes de exploração e plataforma quanto as corridas aloks! Quando você jogar, tu vai perceber que vai ter várias partes empacando!

    E valeu por ter assistido, mas não fala da minha voz, eu fico com vergonha! kkkkkk

  36. 22, junho, 2011 em 13:35 | #38

    Review do Agente Zero-Zero, olha só! 😀

    XP

    Sonic CD me encanta principalmente pela dificuldade que o jogo traz. É isso que o faz um dos meus favoritos. Mas uma coisa que eu até então não tinha notado é que ele realmente é bem mais "plataforma/exploração" do que qualquer outro, chegando à nível de Mario. Será que isso explica o seu "sucesso de crítica"? #DramaticChipmunkFeelings

    A questão das trilhas é realmente intrigante. Mas aí entram as várias curiosidades que eu não sabia. Por exemplo saber que o compositor responsável pela versão americana teve apenas 1 semana para adaptar tudo. Foi um belo "se vira nos 30", considerando que isso leva muito tempo.

    Ainda assim, a trilha americana não é toda ruim. A versão "rápida" de Sonic Boom é bacana pelo menos… 😛

    E eu AMEI saber a "origem" do tema de Boss da trilha japonesa! A trilha de Sonic CD é uma de minhas favoritas EVER e eu não sabia dessa! Haha, muito legal!

    A questão das versões é estranha também. Eu joguei no Sonic CD e era BEM lento mesmo. Hoje eu tenho a versão do Gems Collection e ela ficou sim mais rápida, mas os bugs permanecem. Sem contar o som de qualidade bem inferior. :

    No mais AMEEEEEEEEEIIIII a edição do vídeo! Encaixou perfeitamente as músicas, cenários, trabsições, imagens e etc. Sem contar as informações muito bem explicadas e as piadas… Morri com o "versão GLS do vilão"! AHAHAHA! Afudê!! Perfeito, sem mais!

    Parabéns Rafa! Faça mais reviews em vídeo! Sei que dá trabalho, mas nossa, babei e vi várias vezes seu review! Nostalgia mandou abraços e te apoia, ahaha!

    PS.: Alguém mais conseguiu fazer o Sonic "quicar" na água? Eu consegui uma vez, igual ele faz na abertura! o/

    PS2: Cosmic Eternity, uma das mais divertidas e belas canções de Sonic. UM BEIJCHO!

  37. 22, junho, 2011 em 16:30 | #39

    @Rafael Fernandes Aí que tá, saiu DEPOIS, mas foi feito SIMULTANEAMENTE, até onde eu sei. Só que demorou mais tempo pra sair. Provavelmente os easter eggs já estavam prontos. Essa do Sonic Drift já tinha ouvido, mas eu sei lá, acho furada exatamente pelo fato dos dois jogos terem sido criados ao mesmo tempo.

    Uma provavel explicação, não contando que o Sonic 2 iria ser lançado depois, já havia alguma probabilidade do garoto já ter aparecido em mangas e por isso estaria no próximo jogo. O buggy era o carro do Tails no mangá, por isso ele está lá.

    Aqui um link maroto: http://yoritoshi.wordpress.com/2011/01/16/curiosi

  38. 22, junho, 2011 em 17:33 | #40

    @Kurt

    Haha, legal o link, essa foi boa! Mas olha, eu penso diferente, acho que a timeline foi mais ou menos assim:

    1 – Sonic 1 é lançado, sucesso total, Sonic Team começa a pensar nos conceitos de uma possível continuação

    2 – Yuji Naka rompe com a Sega japonesa e vai para os EUA

    3 – SegaCD é lançado durante esse tempo, ao mesmo tempo em que é pensada na possibilidade de desenvolver um jogo do ouriço para o acessório, a fim de vender mais unidades do hardware

    4 – Naoto Oshima comanda o projeto, e liga para Yuji Naka (nos EUA comandando a equipe de Sonic 2) para discutir ideias, principalmente as que foram descartadas

    5 – Sonic 2 sai, incluindo a versão de Master

    6 – Sonic CD sai bem mais atrasado do que deveria, quase um ano depois. Sega dos EUA muda a trilha sonora e promove o jogo de forma escrota (pelo que li numa EGM americana)

    Mas enfim, aí parte da especulação mesmo. Mas Sonic CD com certeza é um jogo que saiu tarde, e deveria ter pego as ideias já feitas do Sonic 2. Como um spindash mais decente… =X

    @Jejé

    Valeu GG Pinheiro por ter prestigiado o vídeo e tecido seus comentários aqui! Afinal de contas, fiz o vídeo pensando "vou falar bastante mal desse jogo pra entrar em um flamewar com essa garota, pra acabar com ela!" XD Brincadeira!

    Eu nunca fui muito fã de jogos de plataforma, talvez por isso que goste tanto do Sonic, porque com ele não tem muita frescura. Mas, ao meu ver, o SCD não tem muito foco na velocidade, infelizmente, e se a gente ficar procurando isso no jogo, vai se desapontar feio. É melhor encarar mesmo como algo com um ritmo menos intenso, mais, hã, digamos… Lento, não sei, a palavra me faltou agora!

    Assim, só uma ressalva: O Spencer Nielsen teve aproximadamente um mês, e não uma semana apenas para produzir uma trilha sonora nova. Acho que nem se ele fosse mágico conseguiria elaborar tanto material novo em tão pouco tempo!

    E sim, a Work That Sucker to Death tem loopado na minha cabeça aqui direto, está sendo um inferno!

    E poxa vida, assim fico avexado! Valeu mesmo pelas considerações ^^ Pode deixar que enquanto tiver tempo, vou fazendo mais!

  39. 23, junho, 2011 em 15:09 | #41

    @Kurt

    Oia, um post meu tá sendo útil pra alguma coisa. =)

  40. Isaias Ramos
    23, junho, 2011 em 21:01 | #42

    Gostei muito, parabéns Rafael! Faça mais análises. É uma preciosidade encontrar material no youtube em português para Sonic the Hedgehog. Existem excelentes matérias e reviews, mas infelizmente em sua maioria em inglês ou até mesmo em japonês. Seu trabalho é precioso para os fãs, parabéns!

    Cosmic Eternity e as cutscenes em anime são épicas. Tanto a canção de abertura quanto a de encerramento são nostálgicas em sua versão japonesa. Não entendo como aquela repetitiva e enfadonha "Sonic boom" pode soar melhor ao ouvido dos americanos do que You Can do Anything (com inglês rapidíssimo, estilo Eminem e CIA) e Cosmic Eternity, lindas canções. A letras delas, principalmente de Cosmic Eternity, são comoventes.

  41. 23, junho, 2011 em 21:37 | #43

    @Isaias Ramos

    Obrigado, Isaias! Quem sabe eu faça mais vídeos do Sonic… Eu esperava que viessem vários fãs do personagem apontar erros ou discordar das críticas… Mas parece que isso não aconteceu, todo mundo curtiu mesmo, fico muito feliz com isso 😛

    Eu também gosto muito dos clipes em anime. Dão um banho nos filmes em CG atuais do personagem, não só pela qualidade, mas pelo aspecto retrô, no traço e no desenho do personagem… É realmente muito legal. Infelizmente colocaram a Sonic Boom no meio dessas imagens na versão americana, o que ficou horroroso. Mas gente que aprendeu a gostar do jogo assim, então melhor não espinafrar muito!

  42. Flavio Master
    26, junho, 2011 em 13:24 | #44

    Fui um hã… feliz proprietário de um Sega CD e tive esse jogo. Não sei se na época não tinha senso crítico pra essas coisas, mas não liguei muito para as firulas exageradas. Só lembro que eu achava uma versão bem bacana e a melhor até então, antes de jogar Sonic 3. E ao que tudo indica, a versão que eu tinha era a "USA Sonic Boom". A trilha japonesa é realmente muito melhor. Inclusive reconheci na hora e quase achei que teria que te dar um puxão de orelha por não mencionar que era da trilha de Sonic 2 para Master System, mas nem isso escapou. Excelente.

    Aliás, aguardo o video review da serie Sonic no Master System, lembrando que são games próprios do console e não adaptações do Mega Drive.

  43. pedro12
    29, junho, 2011 em 15:30 | #45

    Nao acho a OST americana tao enfadonha… mas o chumps fez uma musica totalmente generica e horrivel para a cançao tema.Ha tambem Rafa,os PCMs das fases do passado,com tu citou no Review:nao tem nada a ver com o estilo rock arranjado da OST americana.

  44. 29, junho, 2011 em 17:21 | #46

    @Flavio Master

    Vixe, eu não aguento mais falar de Sonic, que dirá o de Master 😛

    @pedro12

    Exatamente, cara! Fica uma coisa muito esquisita, ainda mais quando a gente percebe na versão americana que a melodia das músicas do passado não só são diferentes das que tocam nas outras épocas, como também são melhores! A Sega mandou muito mal nessa…

  45. Arrout
    29, junho, 2011 em 17:59 | #47

    Isso me lembrou do Sonic Gems Collection,uma coletânea de jogos do sonic (com participação de outro personagem da sega,VectorMan)

    Nessa coletânea,vinha um monte de imagens e artes conceituais,uma trilha sonora completa de todos os jogos que estavam ali e os jogos eram,SonicCD,Sonic fighters,Sonic R,Sonic Racer 2 (ah,esse sonic racer deveria ser comentado aqui,pois pra mim pareceu uma tentativa da Sega de copiar Mario Kart,é sério,o jogo é MUIIITOO parecido com o Mario Kart)uma aventura estranha onde Tales era o personagem prinicipal (que eu acredito que seja um spin-off,pois primeiro que o personagem principal era Tales e não Sonic e segundo porque o jogo tinha um sistema diferente dos sonics originais,porque tinha um inventário,você não podia correr em alta velocidade,ritmo de jogo mais lento e outras asneiras)e os dois jogos de VectorMan (que por sinal,eram muito bons,pelo menos pra mim,que tinha 7 anos na época)

  46. 29, junho, 2011 em 19:11 | #48

    @Flavio Master

    Eu já falei, meu preferido entre os Sonic 1 é o do Master 😀

    @Arrout

    Você quis falar do Sonic Drift 2, não? O Sonic R só tem um jogo e é um jogo de corrida a pé (descontando o Eggman).

  47. Arrout
    30, junho, 2011 em 11:10 | #49

    @Talude

    Ops

    desculpa

    Confundi SonicRacer2 com Sonic Drift 2

    Faz tempo q num jogo

  48. igor
    4, julho, 2011 em 18:46 | #50

    esse jogo é o melhor do sega cd e um dos melhores do mega drive, mesmo a trilha sonora americana ser meio ''cagada'' mas é boazinha em relação a outros jogos (crazy bus)

  49. 4, julho, 2011 em 20:23 | #51

    @igor

    HUahuahuauha! Realmente, ela é sensacional se comparando com Crazy Bus…

  50. leo_jiraya
    9, julho, 2011 em 19:29 | #52

    Muito legal o video Rafael, parabéns!! Gostaria de saber de onde vc tirou aquelas partes onde aparece o criador do Sonic, foi de algum ducumentario? Fiquei curioso.

  51. leo_jiraya
    9, julho, 2011 em 19:38 | #53

    Quis dizer "documentario" rsrs

  52. 9, julho, 2011 em 19:56 | #54

    @leo_jiraya

    Fala aí, Leo! Então cara, uma parte das ibagens ali eu peguei do especial Sonic Retrospective, da Gametap. Recomendadíssimo:

  53. 16, agosto, 2011 em 22:30 | #55

    Quando você vai fazer outro videocast ? Seria legal ver um videocast falando do Sonic & Knuckles.

    • 17, agosto, 2011 em 05:34 | #56

      Ando meio enrolado com faculdade e essas coisas, mas o próximo deve sair ainda esse mês. Mas a ideia é falar de jogos meio desconhecidos ou que a galera ignora… Sonic&Knuckles é um jogo meio manjado, não acha? Todo mundo faz review ou fala dele…

      Se bem que seria legal fazer um review dele.

  54. 9, setembro, 2011 em 11:42 | #59

    E quase três meses depois do post eu chego para comentar… foi só cometer twitcídio que comecei a ter tempo para limpar minha lista de leituras pendentes, he he!

    Ficou ótimo o programa, Rafa. Você mesmo fez a edição? Tá ficando fera, ficou legal pra caramba.

    Eu tinha muita curiosidade sobre Sonic CD, porque não só nunca joguei como nunca tinha me dado ao trabalho de ver vídeos, só tinha visto fotos e lido comentários meio controversos. Era meio que um mistério para mim. Mas seus comentários parecem bem embasados, e isso é péssimo, porque quebrou o encanto e já tô achando que o jogo não é lá isso tudo.

    Mas como você disse, o jogo não é ruim e parece interessante. Vou dar uma conferida aqui no Megão depois. Parabéns, show de bola o vídeo.

  55. 9, setembro, 2011 em 14:21 | #60

    Haha, pensei que você não tivesse assistido porque não fazia seu estilo! Fui eu que fiz a edição sim, eu mexo com essas coisas… Acho! Mas valeu por ter gostado!

    Quanto ao jogo, é meio contraditório, mas, para fazer o review, ele se revelou um jogo muito melhor do que o julgava, mas também não tão fantástico como as pessoas costumam proclamar. Tá um pouquinho distante de ser o melhor da série.

    Tomara que essa versão tunada que vem aí resolva alguns dos problemas do jogo – e tenho quase certeza que isso vai acontecer mesmo, com exceção do design das fases, que aí não tem jeito! E quem sabe a galera resolva fazer competição nas Leaderboards online ^^

  56. pedro12
    11, setembro, 2011 em 16:02 | #61

    Uma pequena correção ao videocast,quendo você falou o Super Peel-Out é um novo movimento do Sonic.Mas este movimento já existia em Sonic Chaos para Master System/Game Gear só que com um outro nome,que era Strike Dash.

  57. 11, setembro, 2011 em 19:13 | #62

    Olha pedro12, eu dei uma olhada nos artigos na Wikipedia e vi que a data de lançamento de ambos os jogos coincidem, sendo que o Sonic CD saiu um ou dois meses no Japão antes do Chaos. Acho que a novidade se aplica a ambos os jogos, já que praticamente saíram ao mesmo tempo.

  58. pedro12
    12, setembro, 2011 em 18:42 | #63

    Ummm… foi mal… tinha me esquecido…(ou foi pura preguiça olhar as datas de lançamento,então começarei a olhar melhor as informações antes de dar correções erradas).Mas desculpa mesmo.
    Pergunta:Por que no Sonic CD o movimento se chama Super Peel-Out e no Sonic Chaos se chama Strike Dash?Se conseguir responder eu ficarei agradecido.

    • 12, setembro, 2011 em 19:07 | #64

      Nada, que isso! Mas olha, eu não tenho a menor ideia porque deram nomes diferentes para o mesmo movimento… Talvez tenha sido falta de comunicação entre as equipes de desenvolvimento, algo assim!

  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
%d blogueiros gostam disto: