Que som é esse? #6

Semana chata, não é? Que tal um joguinho para passar o tempo? Depois do chute absurdo do Adinan, que acabou acertando o desafio anterior, trago a vocês mais uma charada que, espero eu, seja descoberta com facilidade. Meu medo de postar uma bem difícil é que talvez a galera desencane de participar! Mas tá quase na cara. Espero que não me decepcionem!

Atualização: E o Alexei Barros criou coragem e acertou! Taí a resposta!

Até agora, os vencedores são: Eduardo Shiroma (duas vezes), Jejé Pinheiro, Old_Senpai, Adinan.

Novo vídeo animal: remake de Sonic 2!

Antes de tudo, sei que ando falando muito de Sonic ultimamente. Mas não é por menos, é uma novidade atrás da outra e algumas delas realmente são dignas de nota.

Depois do espetacular vídeo Sonic & Knuckles 3D, outro vídeo de fã apareceu recentemente na Internet. A bola da vez é um remake incrível de Sonic 2 (Mega Drive, 1992), chamado de Sonic Fan Remix. O tom mais cartunesco do jogo original dá lugar a uma ambientação mais séria e realista, deixando uma noção exata do que seria uma invasão por robôs e máquinas a um lugar antes calmo. Destaque para o Robotnik gigante voando no cenário ao fundo! Veja este vídeo da primeira fase, a Emerald Hill Act1:

Leia mais…

Categories: Mega Drive, sistema, vídeos

Retrodia das Crianças: Vídeo-análise de World of Illusion

Em contribuição ao Meme do Dia das Crianças do qual vários blogs estão aderindo, trago para vocês algo um pouco diferente. Já que todos nós temos bastante material para ler no dia de hoje, achamos interessante a ideia de fazer um review em vídeo, testando uma fórmula que estava tentando implementar a um certo tempo no blog – e que nunca foi posta em prática devido à falta de tempo decorrente da exploração proletária a qual sofremos diariamente. Mas não vamos tergiversar do assunto principal, por isso vamos direto ao tópico.

Leia mais…

Categories: artigos, videocast

Sonic The Hedgehog 4: Episode I – Primeiras impressões

N.E. (mcs) : Sonic 4 chegou primeiro para iPhone, sendo lançado dia 07/10. Meu amigo de Brasília Léo Mendes foi um dos primeiros gamers do país a pôr as mãos (via download) em Sonic 4 – e a detonar o game (no bom sentido!). Gentilmente ele escreveu um review para nós do Passagem Secreta, para que o leitor do blog saiba como ficou Sonic 4 antes mesmo do seu lançamento para Wiiware, dia 11. Segue o review:

.

16 anos. Esse foi o tempo de espera que os fãs do ouriço mais famoso do mundo tiveram que esperar para jogar um título que pode verdadeiramente ser considerado da saga “Sonic”. Desde “Sonic & Knuckles”, a série passou por uma série de altos e baixos no início da geração 3D (era Saturno/Dreamcast), para depois ter sua reputação ladeira abaixo na geração PS2 em diante (Shadow The Hedgehog e Sonic The Hedgehog 2006, anyone? E Sonic lobisomem? Meu estômago fica embrulhado só de lembrar).

A série Sonic sofria de um mal semelhante ao que a série Castlevania vinha tendo, ou seja, tinha problemas enormes em funcionar na geração atual, com predomínio dos gráficos 3D, porém, no caso de Sonic, em grau maior. A SEGA, depois de mais de uma década e meia (demorou, hein?), percebeu o óbvio: Sonic só poderia voltar a prestar se tiver a sua jogabilidade como nos jogos originais, em 2D. Assim, surgiu Sonic The Hedgehog 4: Episode I, a ser lançado para Wii, PS3 e Xbox 360 em suas respectivas redes on-line na próxima semana, mas já foi lançado nesta última quinta-feira para iPhone, que é a versão que este que vos fala testou, e que dá as suas impressões a seguir.

Leia mais…

Categories: iPhone, reviews, sistema

Imagem do dia: a fórmula ideal para Sonic 4

Enquanto vivemos a expectativa de finalmente poder jogar um dos jogos mais esperados dos últimos tempos, Sonic 4, fãs da série clássica de Mega Drive listaram alguns elementos que todo game do ouriço que se preze deve ter. Veja quais são (em Inglês, clique na imagem para ampliá-la):

.

E aí, concorda?

Categories: variedades

Incríveis filmes de Half-Life criados por fãs

Filmes baseados em games quase sempre são sinônimos de martírio cinematográfico, com péssimas produções, orçamentos milionários mal aproveitados e pouca fidelidade aos games originais. Salvo em raras exceções, os filmes parecem serem feitos por equipes sem preparo algum para adaptar um game de sucesso para as telonas, elaborando roteiros, cenários, personagens e ambientação que pouco ou em nada lembram o game original.

Parece que Hollywood ainda não descobriu uma fórmula eficaz para a criação desse tipo de filme. Mas será que há mesmo uma fórmula correta a ser seguida? Parece que sim, e quem mostra isso não é nenhum grande diretor ou roteirista de cinema, mas sim pessoas comuns, gamers como nós. Eles criaram vídeos-conceitos (ou curtas, como preferirem) do mesmo game, o incrível game da Valve, Half-Life 2. Vejamos a seguir.

. Leia mais…

Categories: artigos, PC, vídeos

00Agent na Rádio Gamerstation!

Bem galera, tive meu dia de DJ na Rádio Gamerstation. Comandando o programa “Saturday Night”, foi abordado o tema de Arcades, e dediquei uma hora apenas ao melhor da Game Music que a gente não conseguia ouvir nos fliperamas – muito provavelmente pela poluição sonora do lugar aonde íamos jogar.

O programa em si teve uma boa audiência, com mais de 2 mil ouvintes – mentira, mas os verdadeiros números foram bons! – e muitos pedidos enloquecedores, tanto por parte do do twitter quanto pelo próprio site da rádio. Só para citar alguns, rolou Rastan Saga, Growl e até Rally-X. A gravação tá aí para quem quiser ouvir!

Saturday Night: “Here Comes a New Challenger!”

Apesar de ter dado uma de Cleber Machado no início, os outros blocos foram tranquilos, apesar de alguns acidentes e do vocabulário um pouco limitado. Eu pensava que fosse fácil falar com vocês, mas com uma música no ouvido fica pior ainda! A qualidade do som também está bem razoável, mas a intenção é sempre melhorar!

Não deixe de comentar no post, e ficar ligado na programação da Rádio Gamerstation. De tempos em tempos, aparecerei por lá com outros especiais sobre diferentes temas da Game Music!

Categories: game music, notícias

Entrevista com Bruno GuitarDreamer

Nesse universo online do qual fazemos parte, encontra-se cada vez mais material de fãs que arranjam e remixam Game Music, com qualidade que varia entre o lastimável à rendiçao perfeita. É mais fácil, ao procurar no Youtube por determinada música de um jogo, encontrar diferentes versões de fãs do que encontrar a própria canção original. Dentre esses “fan-arranges”, os covers de guitarra são os mais comuns, e nosso entrevistado se enquadra nesta categoria, apesar de se destacar no assunto. Com mais de 50000 visitas em seu canal no Youtube, Bruno GuitarDreamer – como prefere ser chamado – conversa com os integrantes do blog sobre seus jogos favoritos, as melhores músicas de videogame, e de como surgiu a ideia de arranjá-las na guitarra. E muito mais!

Leia mais…

Categories: entrevistas

Maratona Passagem Secreta Game Movies – Super Mario Bros. (1993)

Começando a Maratona Passagem Secreta Game Movies, vamos falar do precussor, o primeirão, o início dessa relação de altos e baixos entre cinema e games (e que quase resulta em DIVÓRCIO de cara!), Super Mario Bros., de 1993. Se você teve coragem suficiente pra ver o filme, meus parabéns, é preciso ter peito para isso. Se não, vai assistir, pois fica feio pagar pau desse jeito para o nosso desafio! E, por favor, que ninguém reclame de SPOILERS de um filme de 17 anos atrás…

Claro que como este foi o primeiro filme baseado em game, é impossível falar qualquer coisa sem antes nos situarmos no onde, quando e como essa idéia de juntar duas máquinas de fazer dinheiro do entretenimento finalmente saiu do papel, por isso [modo Goulart de Andrade ON], vem comigo!

Leia mais…

Que som é esse? #5

E lá vamos nós para mais uma charada no PS! Acredito que essa música seja um pouco mais difícil de matar, já que ela soa mais “moderna”. De qualquer forma, andei mandando várias pistas através do meu twitter nos últimos dias. Quem se ligou, vai saber ;D

Outra dica é que, no início do vídeo, há algumas seqüências um pouco loucas.  Elas foram retiradas de um clipe da canção. Por isso, se você já viu o vídeo em algum lugar, ela deve estar no seu subconsciente!

Até agora, os vencedores são: Eduardo Shiroma (duas vezes)Jejé PinheiroOld_Senpai

Update: E o amigo Adinan acertou essa pedreira! Veja o chute descarado dele aqui!

H. e Jun Senoue no Tokyo Game Show 2010

Quem acordou, viu; e quem dormiu, ainda pode ver! Confira aqui no Passagem Secreta os vídeos e comentários de uma das apresentações mais esperadas do evento. Será que valeu a pena madrugar para assistir aos berros de Takenobu Mitsuyoshi, e as novas canções-tema de Sonic Colors?

Antes de começarmos, convém ressaltar: A Sega of Japan e a Sega of America são empresas distintas. Enquanto que esta última é obrigada a viver de passado, a matriz japonesa detém algumas franquias de grande sucesso atual, tais como Sonic, Phantasy Star, Yakuza, Project Diva, dentre outras. Esta edição da Tokyo Game Show, para a empresa, teve como objetivo divulgar os novos lançamentos envolvendo essas marcas; conceito esse que se estendeu para esta apresentação de encerramento. Com isso em mente, dá pra evitar algumas surpresas desagradáveis durante essa matéria. Vamos lá então.

Leia mais…

Categories: artigos

Vídeo do dia: Cool Spot – Pac-Man [1982]

Cool Spot

.

Lembra daquele game de plataforma, lançado para vários sistemas entre 93 e 94, chamado Cool Spot? Pra quem não conhece, foi um game de razoável sucesso, divertido, com bons gráficos e com uma trilha sonora elogiada, criada por Tommy Tallarico. Aliás, mais um para a lista de bons games que sumiram do mapa sem ganhar uma mísera continuação à altura do original.

Cool Spot é o nome do mascote do refrigerante 7-UP, criado no início da segunda metade da década de 80. Ele nada mais é que a bolinha vermelha do logotipo da 7-UP antropomorfizada (ganhou braços, pernas e feições humanas). O curioso vídeo a seguir, um comercial inglês, é anterior à criação de Cool Spot. Nele, a bolinha do logotipo ganha vida e substitui Pac-Man no seu game:

.

Tudo indica que após o sucesso do comercial, a idéia de dar vida a Cool Spot tomou forma.

Antes que me perguntem, a música, hit na época, é uma versão adaptada de Kim CarnesBette Davis Eyes“.