Arquivo

Arquivo do autor

In Memory of Mega Drive: Um tributo musical à altura do 16-bit da Sega

É bastante comum hoje em dia encontrar projetos de fãs que, com suas habilidades musicais, conseguem homenagear suas músicas favoritas dos jogos antigos, em diferentes estilos e gerando resultados diversos. Algumas das ideias desses projetos nascem de comunidades – como a OCRemix – ou são simplesmente empreitadas individuais, onde a única motivação que se pode encontrar está na simples paixão pela Game Music que serviu de trilha sonora em algum momento da vida.

E esse é o caso de Brian Davis. Através do lançamento de Cheat Codes, em 2003, o músico se tornou um dos precursores do conceito de homenagear suas trilhas favoritas com álbuns completos em mp3 na Internet. Após o lançamento de Last Level, em 2005, Davis anunciou que iniciaria um projeto homenageando o Mega Drive e suas músicas. Cá estamos em 2011, e a difusão da Game Music é bem maior do que naquela época. E finalmente o álbum saiu, lançando a pergunta: O que In Memory of The Mega Drive tem de especial em relação a outros lançamentos semelhantes?

Leia mais…

Categories: game music, Mega Drive

O que Golden Axe, Rambo e Conan têm em comum?

Nota: Se você chegou até aqui procurando pelo factóide espalhado por aí de que as vozes do jogo são gravações de prisioneiros americanos no corredor da morte, saiba que essa história é uma bela de uma lorota. Confira abaixo de onde foram retirados os sons de verdade.

Antes que você pense que esta é apenas uma loucura conspiratória, existem sim provas concretas de que os jogos da série e esses filmes possuem algo em comum. E, apesar de não ser nenhuma novidade – principalmente para os fãs dos jogos de Mega – é bom documentar minuciosamente aqui no Passagem Secreta esta pequena curiosidade. Calma: não é nada relacionando Stallone, Schwarzenegger, Ax Battler e Death Adder não! Ou o Gillius Thunderhead e Gandalf…

A conversão de Golden Axe para Mega Drive é praticamente perfeita, com apenas uma coisa ou outra retirada para caber nas limitações do console de 16-bit. Dos elementos que não entraram nas versões domésticas, podemos citar os variados gritos de dor dos inimigos assim que morrem. Na versão de Mega, há apenas um efeito de voz para a morte de todos os personagens normais; no Arcade, são variados sons de pânico e dor. Mas o mais interessante é que esses sons são os mesmos utilizados no filme Rambo: Programado Para Matar (First Blood), de 1982. Duvida? Olha a comparação:

 

Leia mais…

Que som é esse #12 – Special Challenge

Após a última charada patética, que foi frustrada em questão de segundos pela Jejé, decidi elaborar essa coisa de uma forma um pouco diferente. Acho que vocês aqui tem uma certa ideia que ando aficcionado, hipnotizado, enfeitiçado pelas espetaculares músicas que a estonteante, incrível, maravilhosa Tamayo Kawamoto compôs para as trilhas sonoras de Rayforce, Raystorm e Raycrisis. Este último, aliás, segue uma linha mais experimental; é como se fosse o Streets of Rage 3 da série Ray, e, assim como esse game de Mega, dá uma uma certa estranheza ao ouvir as músicas, mas ainda assim é possível apreciar bastante isso tudo.

Qual não foi minha surpresa ao encontrar, em uma das faixas, um loop de baixo cuja sequência de notas é igualzinha à usada em outra música de outro jogo lançado para o Playstation! Leia mais…

Músicas excepcionais para jogos horrendos – Haunted Castle

É incrível como existem jogos onde o departamento musical se esforçava ao máximo para sonorizar uma bela de uma porcaria. É o caso dos games que pretendemos abordar nessa série esporádica, que teve sua primeira parte em Rastan Saga II, e que agora continua com Haunted Castle, um arcade da Konami lançado em 1988 que, a princípio, é um jogo da série Castlevania. Por que ele é tão esquecido e rejeitado, e como a trilha sonora sobreviveu durante todo esse tempo?

Leia mais…

Categories: artigos, game music

O “Segredo” da tela inicial de Goldeneye 007 para N64

Apesar das limitações tecnológicas, Goldeneye 007 permanece até hoje como um perfeito exemplar de adatapção filme-jogo. Além da história do filme ter sido contada e até mesmo expandida de forma infalível, há diversas homenagens no game que remetem às aventuras clássicas do agente secreto, através de acessórios e itens,  de personagens memoráveis (como Oddjob) e até da inclusão de fases secretas que utilizam o enredo dos filmes antigos. Inclusive, foi até cogitada a hipótese do jogo disponibilizar a troca do rosto de Pierce Brosnan pelo de cada ator que interpretou James Bond, através do cheat All Bonds – o que infelizmente não aconteceu na versão final do game. Mas o exemplo serve para ilustrar perfeitamente o esforço da Rare em assimilar a experiência de jogo com a cinematográfica.

O mais curioso é que essa similaridade filme-jogo pode ser percebida logo assim que o game inicia, na primeira tela. Como?

Leia mais…

Categories: artigos, curiosidades, N64, segredos

Podcast Passagem Secreta – Maratona Game Movies

E nada melhor que inaugurar a nova casa do Passagem Secreta com este projeto totalmente inédito na história! Após meticulosa análise do mercado retrogamer e conturbadas reuniões sobre o formato do programa, finalmente podemos declarar que o nosso Podcast oficial (evite a pirataria!) está no ar.

O bate-papo conta com o Flávio “Master” Cunha, Marcos “mcs” Valverde e este que vos fala, tratando de uma sessão especial do blog que repercutiu bastante entre os amigos: a Maratona Game Movies. No debate, relembramos os filmes avaliados na série de posts até agora, que começou com a análise de Mario Bros. e veio até Tomb Raider. Tudo com bom humor apropriado para a família, já que os dois amigos possuem o discurso totalmente desprovido de palavrões. Não é o meu caso, mas a ESRB deixou passar. Leia mais…

Categories: colunas, podcast

Resident Evil em estilo Sitcom

Já diziam que “oficina vazia é mente do… Digo, “vazia é a mente que o diabo… Er, também não. O que quero dizer é que surgiu essa ideia na minha cabeça que consiste em inserir efeitos sonoros de risadas e claques (como numa sitcom) em cenas que não necessariamente foram feitas com essa intenção. Baseado em alguns vídeos que andei assistindo por aí, decidi aplicar as risadinhas engraçadas em algumas cenas dos primeiros Resident Evil, que em alguns momentos pedem por um certo tom humorístico.

Temos a clássica cena da Jill Sandwich:

Leia mais…

Categories: humor, videocast

Review – Sega Dreamcast Collection (PC)

Não é surpresa para ninguém afirmar que a Sega mantém sua sobrevivência lançando e relançando diversos de seus jogos clássicos nos consoles da geração vigente. Também é quase certo dizer que isso já foi feito tantas vezes com os mesmos games de Mega Drive que o conceito já se tornou saturado, mesmo com a implementação de novidades como Leaderboards e Achievements; coisas que a gratuidade dos emuladores não possui – apesar da ausência desses extras nas versões para PC. No entanto, uma surpresa vinda da empresa de Sonic The Hedgehog alegrou os seus mais ávidos e viúvos fãs, com o lançamento de Sega Dreamcast Collection para o Xbox360 e Windows.

A coletânea possui quatro jogos que marcaram o último console da empresa: Sega Bass Fishing, Space Channel 5 Part 2, Sonic Adventure e Crazy Taxi. Enquanto não se pode contestar o quão esses jogos são considerados clássicos, apenas um deles é considerado novidade nos sistemas, enquanto que os outros já tiveram lançamentos anteriores para o PC e consoles.  Será que esse game vale a pena por este relançamento? Confira essa análise em “primeira mão” do Passagem Secreta, da versão para PC!

Leia mais…

Categories: artigos, Dreamcast, PC, reviews, sistema

Que som é esse #11

Alguém sentiu falta desse desafio encardido? Como agora começaram as aulas e o ritmo está frenético, infelizmente o meu número de posts no blog vai cair um pouco (como se alguém se importasse) o que não significa que deixarei de torturar a todos com os desafios musicais!

A música está bem mais ou menos. Até quem não conhece o jogo vai ter uma pista pela sonoridade dos instrumentos. E talvez assim os chutes sejam mais coerentes. Lembrando que é pra especificar o jogo, não sair falando: “Ah, é um jogo de Mega Drive!” Aqui ninguém vai colher maduro jogando verde não!

So, there ya go:

Lembrando que, conforme o dia passa e os chutes vão sendo feitos, lançarei dicas sobre a música. Se bem que acredito que alguém vá matar de letra isso aí!

Leia mais…

Depois de Sonic3&Knuckles, músicas de Sonic 1 e 2 recebem demake de 8-bit

Depois do sucesso da produção da trilha sonora de Sonic 3&Knuckles em 8-bit, eis que o idealizador do projeto Daniel White (ou 8BitDanooct1) decidiu fazer o mesmo com as músicas de Sonic The Hedgehog 1 e 2. Como anteriormente, ele utilizou a emulação do chip VCR6, presente em alguns cartuchos de jogos da Konami para o Nintendinho, e que permitia mais canais de som e o uso de samples pré-gravados no cartucho. Assim, Daniel conseguiu manter os mesmos sons de bateria e percussão presentes nas músicas originais do Mega Drive (como os tímpanos tirados do tema de Blade Runner na música Scrap Brain Zone):

Leia mais…

Categories: game music, notícias

Maratona Game Movies: Tomb Raider

E vamos para mais uma etapa da Via Crúcis gamer a qual o blog percorre sem desistir! Em 2001, a série  Tomb Raider já estava em seu quinto game, sendo um enorme sucesso de público e crítica; muito disso graças à popularidade de Lara Croft, a primeira musa poligonal da história, e protagonista dos games da franquia. Diante dessa aceitação, seria interessante capitalizar em cima disso através de outras mídias que não os games, certo? E por que não aproveitar-se de melhor forma para isso senão através de um filme? Foi o que pensaram os produtores que, apesar de não obterem como resultado um filme bom do ponto de vista crítico, encheram os bolsos de dinheiro com a arrecadação enorme que a aventura obteve nos cinemas. Descubra como isso aconteceu!

.

Leia mais…

Categories: Maratona Game Movies

Música de Sonic Adventure 2 é regravada para um novo projeto

Tony Harnell, conhecido por cantar os temas It Doesn’t Matter de Sonic Adventure e colaborar com as músicas cantadas de Sonic Adventure 2, abriu o bico declarou em seu Facebook que está trabalhando em uma nova versão de “Escape From The City”, um dos temas do segundo jogo do ouriço para o Dreamcast, que cantou junto com Ted Poley.

Traduzindo: “Hoje, cantei a nova versão de Escape From The City com Ted Poley para o jogo Sonic The Hedgehog. Ótimo encontrar todos os caras de novo!”

.

Leia mais…

Categories: game music, notícias